SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 número2Conformação de regime de informação: a experiência do arranjo produtivo local de eletrônica de Santa Rita do Sapucaí - MGTaxonomias corporativas: um estudo sobre definições e etapas de construção fundamentado na literatura publicada índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Perspectivas em Ciência da Informação

versão impressa ISSN 1413-9936

Perspect. ciênc. inf. vol.15 no.2 Belo Horizonte maio/ago. 2010

http://dx.doi.org/10.1590/S1413-99362010000200015 

TESES E DISSERTAÇÕES

 

 

DIAS, Célia da Consolação. Análise de domínio organizacional na perspectiva arquivística: potencialidade no uso da metodologia DIRKS - Designing and Implementing Recordkeeping Systems. 333f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) - Escola de Ciência da Informação, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2010

A presente pesquisa tem como objeto de estudo formulários da Metodologia DIRKS – Designing and Implementing Redordkeeping Systems, visando ao delineamento do domínio organizacional. Os pressupostos teóricos desta pesquisa são: o levantamento dos elementos do domínio organizacional antecede à sua estruturação e tem como objetivo subsidiar a implementação de um sistema de gestão de documentos; os elementos constantes do domínio organizacional são essenciais para nortear a construção de instrumentos necessários à gestão de documentos; o levantamento dos elementos do domínio organizacional, pela abordagem funcional proposta pela metodologia DIRKS, propicia sua contextualização; a implementação da metodologia DIRKS fornece as garantias necessárias para validar os instrumentos de gestão de documentos. Este trabalho tem como objetivo mapear entidades presentes nos instrumentos de coleta de dados da Metodologia DIRKS, utilizados para a elaboração dos instrumentos de gestão. O referencial teórico que deu suporte à elaboração desta pesquisa aborda as temáticas: análise de domínio, arquivologia, a gestão de documentos, a norma ISO 15.489 e a Metodologia DIRKS, a representação e as ontologias. Para realização desta pesquisa foram analisados 8 instrumentos de coleta de dados utilizados na implantação do projeto de elaboração dos instrumentos de gestão de documentos do governo do Estado de Minas Gerais. A metodologia desta tese é formada por 12 etapas compreendeu desde a separação das entidades de cada formulário até a elaboração de um novo agrupamento usando categorias, subcategorias e subdivisões de subcategorias que partiram das categorias fundamentais de Ranganathan. Foi usado para diagramação do sistema categorial o software Protégé . Obteve-se como resultado um sistema categorial que permitiu retratar o domínio organizacional. Os resultados foram analisados no contexto da gestão de documentos e permitiram conhecer uma proposta para o design da modelagem do domínio organizacional do ponto de vista arquivístico.