SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.11 issue21 author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Interface - Comunicação, Saúde, Educação

On-line version ISSN 1807-5762

Interface (Botucatu) vol.11 no.21 Botucatu Jan./Apr. 2007

http://dx.doi.org/10.1590/S1414-32832007000100020 

CRIAÇÃO

 

Exposição de fotografias: o hospital pelo olhar da criança

 

Photographic exhibition: the hospital, as seen through the eyes of a child

 

 

Aide Mitie KudoI; Priscila Bagio MariaII

ITerapeuta ocupacional, supervisora de Seção Hospitalar, Instituto da Criança, Hospital das Clínicas, Faculdade de Medicina, Universidade de São Paulo, SP. <aidemk@icr.hcnet.usp.br>
IITerapeuta ocupacional, Instituto da Criança, Hospital das Clínicas, Faculdade de Medicina, Universidade de São Paulo. <pbagio@icr.hcnet.usp.br>

 

 

 

Visando resgatar uma prática de saúde baseada no respeito às necessidades individuais da criança, o Serviço de Terapia Ocupacional do Instituto da Criança do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC/FMUSP) abriu espaço para atividades expressivas e lúdicas comuns na infância.

Com o intuito de divulgar as habilidades e criatividade dos pequenos pacientes surgiu o projeto "Exposição Talentos Mirins". Em sua primeira edição, a iniciativa trabalhou com desenhos e gravuras das crianças. Em dezembro de 2005, ganhou uma nova versão, com a realização de um concurso de fotografias tiradas pelas crianças internadas ou em tratamento no Instituto da Criança (ICr) e Instituto de Tratamento do Câncer Infantil (ITACI), evento que contou com a parceria da Unidade de Dor e Medicina Paliativa do ICr.

Durante duas semanas, os pacientes, maiores de dois anos, percorreram diversas áreas do hospital munidos de máquinas fotográficas e registrando cenas. Pôde-se, então, conhecer a percepção da criança sobre o hospital e seu ponto de vista sobre os processos de tratamento. A experiência foi inovadora para as crianças, que experimentaram uma atividade diferente no cotidiano hospitalar.

 

 

 

 

Foram organizadas duas exposições em que profissionais da instituição puderam apreciar e refletir sobre a produção das crianças, que mostrou detalhes imperceptíveis e ângulos diferentes dos da visão do adulto.

Os visitantes votaram nas melhores imagens, compondo um calendário, parte do Programa Plantão Contra a Dor - "Quando a dor rima com o amor - pelos olhos da criança".

Das mais de mil fotos analisadas, a comissão julgadora escolheu 46, que mais caracterizavam a percepção da criança do ambiente hospitalar.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Instituto da Criança, Hospital das Clínicas, FMUSP
Av. Dr. Enéas Carvalho de Aguiar, 647
São Paulo, SP
05.403-900