SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.9 issue3Factors that contribute to early weaningUnit of chemotherapy in the perspective of customers: indicative for the nurses in the management of the environment author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Article

Indicators

Related links

Share


Escola Anna Nery

Print version ISSN 1414-8145

Esc. Anna Nery vol.9 no.3 Rio de Janeiro Dec. 2005

http://dx.doi.org/10.1590/S1414-81452005000300005 

ARTIGOS DE PESQUISA

 

Cuidados com os bebês: o conhecimento das primíparas adolescentes

 

The care with babies: the knowledge of the teenagers primiparas

 

Cuidados con los bebés: el conocimiento de las primíparas adolescentes

 

 

Dayane Cristina de Sousa RochaI; Maria Gorette Andrade BezerraII; Antonia do Carmo Soares CamposIII

IEnfermeira graduada pela Universidade de Fortaleza-UNIFOR
IIEnfermeira da Maternidade-Escola Assis Chateaubriand-MEAC/UFC. Mestra em Enfermagem. Docente do Curso de Enfermagem da Universidade de Fortaleza-UNIFOR. Membro integrante do Projeto de Saúde do Binômio Mãe-Filho/UFC
IIIEnfermeira da UTI-Neonatal da MEAC/UFC. Doutora em Enfermagem. Docente do Curso de Enfermagem da Universidade de Fortaleza-UNIFOR. Membro integrante do Projeto de Saúde do Binômio Mãe-Filho/UFC. E:mail: ankardagostinho@terra.com.br

 

 


RESUMO

O bem-estar dos bebês nascidos de mães adolescentes foi o incentivo para a realização desta pesquisa que objetivou investigar se as gestantes adolescentes primíparas estão recebendo orientações acerca do cuidado com seus bebês. Estudo descritivo, com abordagem quantitativa, no qual se utilizou como técnica para a coleta de dados a entrevista estruturada, nos meses de setembro e outubro de 2004. Teve como cenário o Alojamento Conjunto de uma maternidade na cidade de Fortaleza, considerada de referência terciária no Estado do Ceará. A amostra ficou constituída de 30 adolescentes primíparas, com idade entre 13 e 19 anos, baixo grau de escolaridade e evasão escolar; baixa renda familiar; união estável e que não realizaram o número de consultas de pré-natal preconizadas pelo Ministério da Saúde. Teve-se como resultado o baixo déficit de orientação das primíparas adolescentes acerca de como cuidar do bebê, que esperam contar com a ajuda dos pais e familiares. Constatou-se ainda que, apesar de realizarem o pré-natal, faltou interesse em participar das palestras oferecidas.

Palavras-chave: Cuidado da Criança. Conhecimento. Gravidez na Adolescência.


ABSTRACT

The well-being of babies born from adolescent mothers was the motivation to carry out this research that aimed to investigate if primipara pregnant adolescents are receiving orientations about the care with their babies. Descriptive study with quantitative approach, in which one used as technique for data collection the semi-structured interview, in the months of September and October, 2004. Had as a scenario the shared accommodation of a public maternity ward in the city of Fortaleza, considered as a tertiary reference in the state of Ceará. The sample was composed of thirty primipara adolescents between 13 and 19 years of age, low education and school evasion; low family income; stable union and that did not carry out the number of prenatal consultations recommended by the Ministry of Health.We had as a result the low deficit of orientation of the primipara adolescents about how to take care of the baby and what they hope to count on the help of parents and relatives. We still found out that, in spite of doing the pre-natal, they did not show interest in participating in the lectures offered.

Keywords: Child Care. Knowledge. Pregnancy in Adolescence.


RESUMEN

El bienestar de los bebés nacidos de madres adolescentes fue el incentivo para la realización de esta investigación que objetivó investigar si las embarazadas adolescentes primíparas están recibiendo orientaciones acerca del cuidado con sus bebés. Estudio descriptivo, con abordaje cuantitativo, en lo cual se utilizó como técnica para la colecta de datos la entrevista estructurada, en los meses de septiembre y octubre de 2004. Tuvo como escenario el Alojamiento Conjunto de una maternidad en la ciudad de Fortaleza, considerada de referencia terciaria en el Estado de Ceará - Brasil. La muestra se quedó constituida de 30 adolescentes primíparas, con edad entre 13 y 19 años, bajo grado de escolaridad y evasión escolar; baja renta familiar; unión estable y que no realizaron el número de consultas de prenatal preconizadas por el Ministerio de la Salud. Se hube como resultado el bajo déficit de orientación de las primíparas adolescentes acerca de como cuidar del bebé, estas esperan contar con la ayuda de los padres y familiares. Seconstató aunque, a pesar de que realicen el prenatal, faltó interés en participar de las charlas ofrecidas.

Palabras clave: Cuidado del Niño. Conocimiento. Embarazo en Adolescencie.


 

 

Referências

1. Organização Mundial da Saúde- OMS. Maternidade segura. Assistência ao parto normal: um guia prático. Genebra: 1996.         [ Links ]

2. Cavalcanti SMOC, Amorin MMR, Santos, LC. O significado da gravidez para a adolescente. Revista Feminina 2001 abr; 29 (5) 311 - 314.         [ Links ]

3. Polit DF, Hungler BP. Fundamentos de Pesquisa Social. São Paulo: Atlas; 1999.         [ Links ]

4. Gil AC. Métodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo (SP): Atlas; 1999.         [ Links ]

5. Wood GL, Habeer Pesquisa em enfermagem: métodos, avaliação crítica e utilização. 4ª ed . Rio de Janeiro (RJ): Guanabara Koogan; 2001.         [ Links ]

6. Brandem OS. Enfermagem materno-infantil. 2ª ed. Rio de Janeiro (RJ): Reichamnn & Affonso ; 2000.         [ Links ]

7. Boruchovitch E. Fatores associados à não utilização de anticoncepcionais na adolescência.[on line] [Citado em: 01 jun 2004]. Disponível em: URL: http//www.scielo.br/scielo        [ Links ]

8. Hirata MC. Proposta de intervenção sobre o problema de gravidez na adolescência: uma contribuição do enfoque estratégico-situacional do planejamento. Rev Baiana Enferm 1994 abr / out; 7 (1/2): 133-52.         [ Links ]

9. Martins RM, Pessoa SM, Sousa RA. Perfil de um grupo de adolescentes que já experenciaram a maternidade. Rev RENE 2002 jul/dez; 3 (2): 65-70.         [ Links ]

10. Mello M, Lima J V. Humanização do parto em adolescentes: aspectos emocionais. RECCS 2002 abr-jun; 15 (2): 11-15.         [ Links ]

11. Makuch M, Dias M, Oliveira J, Cabral F. Grupo de apoio para adolescentes arávidas: uma estratégia para melhorar a atenção pré-natal. Rev Femina 2001; 29 (8): 545-49         [ Links ]

12. Sofier R. Psicologia da gravidez, parto e puerpério. Porto Alegre (RS): Artes Médicas; 1991.         [ Links ]

13. Machado FN,Madeira AM. Percepções da família sobre a forma como a adolescente cuida do filho. Rev Esc Enferm USP 2003; 37(1):11-18.         [ Links ]

14. Barroso L MM, Victor JF. Qualidade dos serviços ap cliente e dos serviços de apoio em unidade básica de saúde da família. Rev RENE2003 jan/jun; 4 (1): 24-29.         [ Links ]

15. Jácomo AJD, Marinice C, Midlej J, Lisboa AMJ. Assistência ao recém-nascido, normas e rotinas. 3ª ed. São Paulo (SP): Atheneu; 1996.         [ Links ]

16. Tyrrel MAR, Santos FRP. A asssistência à mulher no pré-parto e parto na perspectiva da maternidade segura. Esc Ana Nery Revista Enferm 2005 abr; 9(1): 46-53.         [ Links ]

17. Pizzato, M,Da Poian, VRL. Enfermagem neonatológica. Porto Alegre(SP): Luzato; 1998.         [ Links ]

18. Vaz FAC, Gualda DMR. Alojamento conjunto.In: Leone CR, Tronchin DMR .Assistência integrada ao recém-nascido. São Paulo (SP): Atheneu; 2001. p.43-49.         [ Links ]

19. Figueira B, Costa H, Casanova L, Lippi U. Considerações sobre alojamento conjunto. Rev Pediatria Atual 1998;11(10): 13-18.         [ Links ]

20. Ministério da Saúde (BR). Secretaria de Políticas de Saúde.Área Técnica de Saúde da Mulher. Parto, Aborto e Puérperio: assistência humanizada à mulher. Brasília (DF): O Ministério: 2001.        [ Links ]

 

 

Recebido em 15/07/2005
Reapresentado em 03/11/2005
Aprovado em 10/11/2005