SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.9 issue3The care with babies: the knowledge of the teenagers primiparasFrequence of surgical site infection in gastrectomy author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Escola Anna Nery

Print version ISSN 1414-8145

Esc. Anna Nery vol.9 no.3 Rio de Janeiro Dec. 2005

http://dx.doi.org/10.1590/S1414-81452005000300006 

ARTIGOS DE PESQUISA

 

A unidade de quimioterapia na perspectiva dos clientes - indicativos para gestão do ambiente na enfermagem oncológica

 

Unit of chemotherapy in the perspective of customers - indicative for the nurses in the management of the environment

 

La unidad de quimioterapía en la perspectiva de los clientes - indicativos para gestión del ambiente en la enfermería oncológica

 

 

Andréa de Carvalho Fernandes MouraI; Marléa Chagas MoreiraII

IEnfermeira do Hospital Pró-cardíaco Rio de Janeiro. Mestre e Membro do Núcleo de Pesquisa em Educação, Gerência e Exercício Profissional da Enfermagem - Escola de Enfermagem Anna Nery /UFRJ. e-mail: andreamoura3@hotmail.com
IIDoutora em Enfermagem. Profª Adjunta e Membro Núcleo de Pesquisa em Educação, Gerência e Exercício Profissional da Enfermagem - Escola de Enfermagem Anna Nery /UFRJ. e-mail: marlea@eean.ufrj.br

 

 


RESUMO

Estudo de caso descritivo, qualitativo, acerca da perspectiva de clientes quanto ao ambiente da unidade de quimioterapia. Os objetivos: descrever os fatores ambientais considerados como determinantes de bem/mal estar da unidade de quimioterapia na perspectiva dos clientes e analisar os fatores ambientais considerados pelos clientes como determinantes de bem/mal-estar, como indicativos para o enfermeiro na gestão do ambiente. A pesquisa foi realizada no Hospital Geral de Bonsucesso, na cidade do Rio de Janeiro, no período de janeiro a março de 2005. Participaram do estudo vinte clientes em tratamento na referida unidade. Os resultados revelaram como fatores de bem estar: atitude carinhosa da equipe e, conforto da sala de aplicação de quimioterapia; como fator de mal-estar: desconforto da sala de espera. Conclui-se que a perspectiva dos clientes indica que a gestão desse ambiente deve contemplar os aspectos físico, psicológico e social. Além disso, o enfermeiro deve incluir, no planejamento da sua assistência, o momento que antecede a aplicação da quimioterapia na sala de espera.

Palavras-chave: Enfermagem Oncológica. Quimioterapia. Ambiente de Instituição de Saúde. Administração Hospitalar.


ABSTRACT

Study of descriptive case, qualitative, concerning the perspective of customers about the environment of the Unit of chemotherapy. The objectives are to analyze the vision of customers concerning the Unit of Chemotherapy of the Bonsucesso General Hospital and to discuss the environment factors considered by the customers as determiners of well being and discomfort in the Unit of Chemotherapy, as indicative for the nurse in the management of the environment. Twenty adult customers in treatment in the related unit had participated of the study. The results have disclosed that the customers consider that the determining factors of well being are related to the loving attitude of the team and to the comfort of the room of chemotherapy application. The factor pointed as generators of discomfort were the uncomfortable area used as waiting room. It is conclude that the perspective of the customers indicates a philosophy of management that contemplates the physical, psychological and social aspects of the environment. And that it is up to the nurse to include the planning of his/her assistance the moment that precedes the application of the chemotherapy.

Keywords: Oncologic Nursing. Drug Therapy. Health Facility Environment. Hospital Administration.


RESUMEN

Estudio de caso descriptivo, cualitativo, acerca de la perspectiva de clientes cuanto al ambiente de la unidad de la quimioterapia. Los objetivos: descrbir los factores ambientales considerados como determinantes del bienestar y del malestar en la unidad de la quimioterapia en la perspectiva de los clientes y analizar esos factores ambientales así considerados como indicativos para el enfermero en la gestión del ambiente. La pesquisa fue cumplida en el Hospital General de Bonsucesso, en la ciudad de Rio de Janeiro - Brasil, en el período de enero a marzo de 2005. Participaram del estudio 20 clientes en tratamiento en la dicha unidad. Los resultados revelaron como factores de bienestar: actitud cariñosa del equipo y conforto de la sala de aplicación de quimioterapía; como factor de malestar: incomodidad de la sala de espera. Concluyese que la perspectiva de los clientes indica que la gestión de ese ambiente debe contemplar los aspectos físico, psicológico y social. Además de eso, el enfermero debe incluir, en el planeamiento de su asistencia, el momento que, en la sala de espera, precede la aplicación de la quimioterapía.

Palabras clave: Enfermería Oncológica. Quimioterapía. Ambiente de Instituciones de Salud. Administración Hospitalaria.


 

 

Referências

1. Nightingale F. Notas sobre Enfermagem - O que é, e o que não é. Tradução de Amália Correa de Carvalho. São Paulo (SP): Cortez; 1989         [ Links ]

2. ________ Notes on hospitals. Londres (UK): [s.n.]; 1859.         [ Links ]

3. George JB. Teorias de Enfermagem. Os fundamentos para a prática profissional. Porto Alegre (RS): Artes Médicas; 1993.         [ Links ]

4. Marx L, Morita LC. Manual de gerenciamento de enfermagem . 2ª ed. São Paulo (SP): EPUB; 2003.         [ Links ]

5. Camargo TC. O ex-sistir feminino enfrentando a quimioterapia para o câncer de mama: um estudo de enfermagem na ótica de Martin Heidegger. [tese de doutorado] Rio de Janeiro (RJ): Escola de Enfermagem Anna Nery/ UFRJ; 2000.         [ Links ]

6. ________Enfermagem à mulher em tratamento quimioterápico: uma análise compreensiva do assistir . Rev Bras Enferm 1998 jul/set; 51(3): 357- 68.         [ Links ]

7. Moreira MC. O cuidado de ajuda no alívio da ansiedade de clientes com câncer em tratamento quimioterápico paliativo: contribuição ao conhecimento de enfermagem. [tese de doutorado] Rio de Janeiro (RJ): Escola de Enfermagem Anna Nery/ UFRJ; 2002.         [ Links ]

8. Villadiego Chamorro MA. A enfermeira em serviços de quimioterapia: uma questão de saúde do trabalhador.[dissertação de mestrado] Rio de Janeiro (RJ): Escola de Enfermagem Anna Nery / UFRJ; 1999.         [ Links ]

9. __________Morbidade da equipe de enfermagem de um Serviço de Quimioterapia. [tese de doutorado] Rio de Janeiro (RJ): Escola de Enfermagem Anna Nery/ UFRJ; 2003.         [ Links ]

10. Freitas LCM, Raposo C, Finóquio RA. Instalação, manutenção e manuseio de cateter venoso central de inserção periférica em pacientes submetidos a tratamento quimioterápico . Rev Bras Cancerol 2001 jan/mar; 45(1): 19-29.         [ Links ]

11. Ramos CMH. Biossegurança na aplicação de medicações citostáticas . Rev Baiana Enferm 1988 ;4 (2): 148-71.         [ Links ]

12. Rocha FLR. Perigos potenciais a que estão expostos os trabalhadores de enfermagem na manipulação de quimioterápicos antineoplásicos: conhecê-los para preveni-los . Rev Latino-Am Enfermagem 2004 maio/jun; 12(3): 511-17.         [ Links ]

13. Yin RK. Estudo de Caso: planejamento e métodos. 3ª ed. Porto Alegre (RS): Bookman; 2005.         [ Links ]

14. Ministério da Saúde (BR) Lei nº 3535 de 02 de setembro de 1998. Dispõe sobre a reorganização, reorientação e acompanhamento da assistência oncológica no Brasil. Brasília (BR); 1998.         [ Links ]

15. Ministério da Saúde (BR). Agência Nacional de Vigilância Sanitária-ANVISA. RDC nº 50 de 21 de fevereiro de 2002. Dispõe sobre o regulamento técnico para planejamento, programação, elaboração e avaliação de projetos físicos de estabelecimentos assistenciais de saúde. Brasília (BR); 2002.         [ Links ]

16. Minayo MCS. O desafio do conhecimento. 6ª ed. São Paulo (SP): HUCITEC; 1999.         [ Links ]

17. Maturana HR, Verden-Zoller G. Amar e brincar: fundamentos esquecidos do humano. São Paulo (SP): Palas Athena; 2004.         [ Links ]

18. Silva MJP. Comunicação tem remédio. A comunicação nas relações interpessoais em saúde. São Paulo (SP): Loyola; 2003.         [ Links ]

19. ________ O amor é o caminho: maneiras de cuidar. São Paulo (SP): Loyola; 2004.         [ Links ]

20. Silva MSA. A pessoa enferma e a hospitalização. Rio de Janeiro (RJ): EEAN/UFRJ; 2001.         [ Links ]

21. Almeida JRJMG. Um novo paradigma de desenvolvimento sustentável Consultoria Legislativa. Brasília (DF): Câmara dos Deputados; 2000.         [ Links ]

22. Boff L. Princípio de compaixão e cuidado. Petrópolis (RJ): Vozes; 2000         [ Links ]

23. ______ Saber cuidar: ética do humano-compaixão pela terra. 10ª ed. Petrópolis (RJ): Vozes; 2004.        [ Links ]

 

 

Recebido em 24/05/2005
Reapresentado em 26/10/2005
Aprovado em 10/11/2005

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License