SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.9 issue3Educative action for the pregnant women based upon health promotion: a reflection author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Escola Anna Nery

Print version ISSN 1414-8145

Esc. Anna Nery vol.9 no.3 Rio de Janeiro Dec. 2005

http://dx.doi.org/10.1590/S1414-81452005000300014 

ARTIGOS DE REFLEXÃO

 

Consulta de enfermagem: estratégia de abordagem à gestante na perspectiva de gênero

 

Nursing appointment: a strategy of approaching to the pregnant woman in the perspective of the gender

 

Consulta de enfermería: estrategia de abordaje a la mujer embarazada en la perspectiva de género

 

 

Fernanda Beheregaray CabralI; Lúcia Beatriz ResselII; Maria Celeste LanderdahlIII

IEnfermeira Especialista em Enfermagem Obstétrica. Mestranda do Programa de Pós-Graduação Mestrado em Enfermagem da Universidade Federal do Rio Grande do Sul UFRGS. Docente do Curso de Graduação em Enfermagem da Universidade Regional Integrada URI Santiago/RS. E-mail: fb.cabral@terra.com.br
IIDoutora em Enfermagem. Docente do Departamento de Enfermagem da Universidade Federal de Santa Maria - UFSM. Membro do Grupo de Pesquisa Cuidado, Saúde e Enfermagem
IIIEnfermeira, Mestre em Assistência de Enfermagem. Docente do Departamento de Enfermagem da Universidade Federal de Santa Maria UFSM. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas em Enfermagem e Saúde - GEPES

 

 


RESUMO

Relato de uma prática assistencial desenvolvida no ambulatório de um hospital geral, de caráter filantrópico, no interior do Rio Grande do Sul, no período de 1999 a 2001. Esta prática foi implementada por meio de consultas de enfermagem às mulheres gestantes, sendo subsidiada por referenciais de gênero. Ressalta-se a importância dos profissionais da saúde ampliarem a abordagem à mulher, além da gestação. E se confirma a influência dos referenciais de gênero, como um dos determinantes da condição de vida e de saúde das mulheres assistidas, apontando o pré-natal como um espaço que pode viabilizar o empoderamento e a promoção da autonomia e cidadania femininas.

Palavras-chave: Consulta de Enfermagem. Mulheres Grávidas. Gênero. Saúde da mulher.


ABSTRACT

An assistance practice developed in the emergency department of a general hospital has been reported in the article. The general hospital is a philanthropic one, located in the interior of Rio Grande do Sul estate and this practice happened from 1999 to 2001 and wad implemented by means for nursing appointments for pregnant women. It was subsidied by references of gender. The importance of health professionals are broadering the approach for women after pregnancy was confirmed as a one of the determinat factors in life conditions and health of those assisted women, showing that the pre-birth examination is something that makes possible the empowerment and the promotion of women's autonomy and citizenship.

Keywords: Nursing Consultation. Pregnant Women. Gender Identity. Women's health.


RESUMEN

Se relata una prática asistencial desarrollada en el ambulatorio de un hospital general, de caracter filantropico, en el interior de Rio Grande del Sur, en el período de 1999 a 2001. Esta práctica fue implementada por medio de consultas de enfermería a las mujeres embarazadas, siendo subsidiada por referenciales de genero. Ressaltó la importancia de que los professionales de salud amplíen el abordaje a la mujer más alla de la gestación, y confirmó la influencia de referenciales de género como uno de los determinantes de la condición de vida y de salud de las mujeres asistidas, apuntando el prenatal como un espacio que puede viabilizar el empoderamiento y la promoción de la autonomía y de la ciudadanía femeninas.

Palabras clave: Consulta de Enfermería. Mujer Embarazadas. Identidade de Género. Salud de las Mujeres.


 

 

Referências

1. Shallat L. Conceitos de gênero no planejamento do desenvolvimento: uma abordagem básica. Brasília (DF): Conselho dos Direitos da Mulher; 1995.         [ Links ]

2. Cabral FB. Tangenciando questões de gênero na abordagem à saúde da mulher: um desafio para a enfermagem. [monografia do Curso de Especialização em Enfermagem Obstétrica]. Santa Maria (RS): UFSM; 2002         [ Links ]

3. Tyrrel MAR, Santos FRP. Assistência à mulher no pré-parto e parto na perspectiva da maternidade segura. Rev Esc Enferm Anna Nery, 2005 abr; 9 (1): 46-53.         [ Links ]

4. Ministério da Saúde (BR) Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres. Plano Nacional de Políticas para as Mulheres. Brasília (DF); 2004.         [ Links ]

5. Saffiotti HIB. O estatuto teórico da violência de gênero. São Paulo (SP); 1997 (cópia xerox do documento).         [ Links ]

6. Guzmán YER. Violência conjugal contra a mulher: bases para o aconselhamento em enfermagem. [tese de doutorado] Rio de Janeiro (RJ): Escola de Enfermagem Ana Nery /UFRJ; 2003.         [ Links ]

7. Nascimento E. Assistência de enfermagem na perspectiva de gênero: concepções de mulheres em um centro de saúde-Salvador (BH). [tese de doutorado] Rio de Janeiro (RJ); Escola de Enfermagem Ana Nery /UFRJ; 2000.         [ Links ]

8. Johnson Allan G. Dicionário de Sociologia. Guia prático da linguagem sociológica. Rio de Janeiro (RJ): Jorge Zahar ; 1997.         [ Links ]

9. Ministério da Saúde (BR).Secretaria de Atenção a Saúde. Departamento de Ações Programáticas Estratégicas. Área Técnica de Saúde da Mulher. Pré-natal e Puerpério: atenção qualificada e humanizada. Série A . Normas e Manuais Técnicos nº 5. Brasília (DF); 2005.         [ Links ]

10. Saffioti HIB. O poder do macho. São Paulo (SP): Moderna; 1987.         [ Links ]

11. Muraro RM, Boff L. Feminino e masculino: uma nova consciência para o encontro das diferenças. 3ª ed. Rio de Janeiro (RJ): Sextante; 2002.        [ Links ]

 

 

Recebido em 07/06/2005
Reapresentado em 31/10/2005
Aprovado em 04/11/2005

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License