SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 issue2A sobrevivência em oncologia: uma vivência paradoxal author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Psicologia: Ciência e Profissão

Print version ISSN 1414-9893

Psicol. cienc. prof. vol.18 no.2 Brasília  1998

http://dx.doi.org/10.1590/S1414-98931998000200001 

EDITORIAL

 

 

Este número da Revista Psicologia, Ciência e Profissão nos possibilitará dois tipos de leitura sobre áreas importantes de atuação do psicólogo. Uma, a do trabalho, pela emergência imposta pela crise mundial do capitalismo e que exige do psicólogo uma compreensão da dimensão política do momento, além de criatividade para encontrar saídas que viabilizem uma existência humana digna e ética. Maria Elizabeth Antunes nos convida a uma reflexão dentro do campo da saúde mental e trabalho, retomando um breve histórico sobre a Psicopatologia do Trabalho na França. Zelia Miranda Kilimnik nos apresenta uma pesquisa das vivências de profissionais de Recursos Humanos diante do seu próprio desemprego, levando-nos a uma reflexão sobre a crise de desemprego mundial e suas repercussões na vida dos trabalhadores.

Três outros artigos nos colocam diante do trabalho do psicólogo numa área nova, onde sua inserção já vem há algum tempo se fazendo presente e demonstrando sua importância na atividade hospitalar. Teresa Cristina Cavalcanti F. de Araújo e Alessandra Rocha Arraes propõem uma revisão crítica e análise das vivências dos sujeitos implicados no trabalho e na problemática da sobrevivência de pacientes portadores de neoplasias. Aderson L. Costa Júnior e Silvia M. G. Coutinho nos possibilitam conhecer as atividades desenvolvidas pelos profissionais da Psicologia junto a Unidade de Onco-Hematologia pediátrica de um hospital público. Claudia Osório discute o processo de trabalho dentro de um hospital público evidenciando-o como produtor de individualismo e corporativismo que acabam por se conflitar com o ideal do trabalho em equipe. Reforçando o caráter social dessas leituras, fechamos o número com uma reflexão sobre o trabalho de supervisão psicanalítica para educadores sociais e outros profissionais no trabalho com meninos e meninas com experiência de rua.

Enfim, poderá ser encontrado neste número uma errata sobre um artigo publicado no número 17(3) onde o descuido implicou na omissão de informações importantes sobre a autoria do artigo e dados fundamentais para sua compreensão. Estaremos apresentando ainda um texto do Psicólogo Marcus do Rio Teixeira onde este localiza elementos importantes de texto de sua autoria, já publicado anteriormente, e que foram publicados em nossa revista sem o devido cuidado no que tange a citação da fonte e extensão da possibilidade de uso de idéia alheia. Esperamos com isto estar reparando as falhas cometidas e abrindo espaço democrático para a discussão sobre os trabalhos publicados. Convidamos a todos à leitura e ao envio de seus artigos para publicação.

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License