SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 issue4The re-orientation of the Mental Health attention: about the quality and the humanization of the assistance author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Psicologia: Ciência e Profissão

Print version ISSN 1414-9893

Psicol. cienc. prof. vol.24 no.4 Brasília Dec. 2004

http://dx.doi.org/10.1590/S1414-98932004000400014 

HOMENAGEADO

 

 

Durval Marcondes

 

Fundador do movimento psicanalítico brasileiro, Durval Bellegarde Marcondes, nasceu em São Paulo, no dia 27 de novembro de 1899. Em 1924, formou-se psiquiatra pela Faculdade de Medicina de São Paulo. No ano seguinte introduz as idéias da Psicanálise de Sigmund Freud na atividade clínica brasileira. Em 1927, escreve a Freud, comunicando a fundação, junto com Franco da Rocha, da Sociedade Brasileira de Psicanálise, a primeira da América Latina, que renasce como Grupo Psicanalítico de São Paulo em junho de 1944 e, em 1951, no Congresso da International Psychoanalytical Association - IPA, em Amsterdã, torna-se a Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo - SBPSP, presidida por Durval nas gestões 1944/1949, 1955/1956 e 1967/1969.

O lançamento da Revista Brasileira de Psychanalyse, em 1928, marcou o início das atividades da sociedade. Freud chegou a receber um exemplar da publicação e a responder por carta, incentivando sua continuidade. Em 1951, constituiu-se oficialmente a Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo e, em 1967, a Revista foi relançada por Marcondes, Virgínia Bicudo, Luiz Almeida Prado Galvão, Laertes Ferrão e Armando Ferrari. Desde então vem sendo publicada trimestralmente.

Em 1927, Durval Marcondes funda o serviço de higiene mental nas instituições escolares. Nos anos seguintes, empenha-se na formação da Universidade de São Paulo como universidade modelo, onde cria as primeiras cátedras brasileiras de Psicologia, de Psicanálise e de Higiene Mental. Organizou um grupo de "educadoras sanitárias", que trabalhavam com atendimento clínico infantil e, de forma inovadora, em moldes interdisciplinares.

Em 1954, organizou o primeiro curso de especialização em Psicologia Clínica, na Faculdade de Filosofia da Universidade de São Paulo. Foi assistente de Psicologia Social (1934-38) e professor de Psicanálise e de Higiene (1934-37) no então Instituto de Higiene, hoje Faculdade de Higiene e Saúde Pública da Universidade de São Paulo USP.

Durval Bellegarde Marcondes faleceu em 27 de setembro de 1981.

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License