SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.9 número1The science text book in the elementary education – a proposal for zoology contents analysisScience education and the “state of the world”: a programme of activities to enhance teacher’s perception of global problems and possible remedies índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Ciência & Educação (Bauru)

versión impresa ISSN 1516-7313

Ciênc. educ. (Bauru) vol.9 no.1 Bauru  2003

http://dx.doi.org/10.1590/S1516-73132003000100009 

ARTIGOS

 

A sociologia de Gilberto Freyre e a educação para a saúde(*)

 

Gilberto Freyre’s sociology and the health education

 

 

Claudio Bertolli Filho

Docente da Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação e do Programa de Pós-Graduação em Educação para a Ciência da Faculdade de Ciências da Universidade Estadual Paulista (UNESP), câmpus de Bauru (e-mail: cbertolli@uol.com.br)

 

 


RESUMO

No contexto reavaliador dos escritos de Gilberto Freyre, pouco tem sido abordado das idéias deste autor no referente à compreensão do Homem como uma entidade ao mesmo tempo biológica e cultural. Este artigo tem como objetivo apresentar as principais propostas freyrianas no campo da sociologia da medicina e, na sequência, avaliar as possibilidades de aplicação dessas idéias nas iniciativas voltadas para a educação para a saúde.

Unitermos: Gilberto Freyre; sociologia da medicina, educação para a saúde.


ABSTRACT

In re-evaluating Gilberto Freyre’s writings, few have said about the ideas of this author related to the comprehension of the Man as a bilogical and cultural entity, at the same time. This article has as aim to present the main freyrian proposals in the field of sociology of medicine and, afterwards, to evaluate the possibilities to apply these ideas in initiatives towards to the health education.

Keywords: Gilberto Freyre; Sociology of Medicine, health education.


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

Referências bibliográficas:

ANDRADE, O. "Manifesto antropófago", In: Idem Do Pau-Brasil à antropofagia e às outras utopias. 2ª ed., Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1978, p. 13-19.         [ Links ]

BASTIDE, R. Sociologie des malades mentales. Paris: Flammarion, 1965.         [ Links ]

BASTIDE, R. Sociologie et psychanalyse. Paris: PUF, 1950.         [ Links ]

BENEDICT, R. Patterns of culture. Boston: Haughton & Mifflin Company, 1934.         [ Links ]

BERTOLLI FILHO, C. & Obregon, R.L. "Corpo, comunicação e educação". Ciência & Educação 6(1): 55-63, 2000.         [ Links ]

BLOCH, M. Les Rois thaumaturges. Paris: Gallimard, 1983.         [ Links ]

BOSI, A. Dialética da colonização. São Paulo: Companhia das Letras, 1992.         [ Links ]

Brasil. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais: apresentação dos temas transversais. Brasília: MEC/SEF, 1997.         [ Links ]

CANESQUI, A.M. "Ciências Sociais, a saúde e a saúde coletiva". In: Idem (org.) Dilemas e desafios das Ciências Sociais na saúde coletiva. São Paulo: Hucitec/Abrasco, 1995, p.19-35.         [ Links ]

CANESQUI, A.M. Ciências sociais e saúde. São Paulo: Hucitec/Abrasco, 1997.         [ Links ]

CARVALHO, A.D. de. A educação como  projecto antropológico. Porto: Afrontamento, 1992.         [ Links ]

CARVALHO, D.L. de S. Ciência, educação e representação: a tuberculose. Dissertação (Mestrado em Educação para a Ciência), Faculdade de Ciências, Universidade Estadual Paulista, 2002.         [ Links ]

FERNANDES, K. "Uso da cultura local melhora a saúde dos cearenses". Folha de S. Paulo, 17 de julho de 2000, p. C6.         [ Links ]

FREIRE, P. Pedagogia do oprimido. 17ª ed., Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.         [ Links ]

FREYRE, G. Casa-Grande & Senzala. São Paulo: Círculo do Livro, 1988.         [ Links ]

FREYRE, G. Como e porque sou e não sou sociólogo. Brasília: Editora da Universidade de Brasília, 1968.         [ Links ]

FREYRE, G. Médicos, doentes e contextos sociais: uma abordagem sociológica. Rio de Janeiro: Globo, 1983.         [ Links ]

FREYRE, G. New world in the tropics: the culture of modern Brazil. New York: A. Knopf, 1959.         [ Links ]

FREYRE, G. Sociologia da medicina: breve introdução ao estudo dos seus princípios, dos seus métodos e das suas relações com outras sociologias e com outras ciências. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 1967.         [ Links ]

FREYRE, G. Sociologia della medicina. Milano: Rizzolli, 1975.         [ Links ]

JESÚS, J.C. de M. Socialização da medicina. Pôrto Alegre: Mundo Livre, 1944.         [ Links ]

LE ROY LADURIE, E. "Un concepte: l'unification microbienne du monde (XIVe. XVIIe. Siècles). In: Idem Le territoire de l'historien. Paris: Gallimard, 1978, Vol. II, p. 37-97 (artigo originalmente publicado em 1966).         [ Links ]

LEAVELL, H. R. & CLARK, E.G. Preventive medicine for the doctors and the community. New York: Mc Graw-Hill, 1953.         [ Links ]

LIMA, L.C. "A versão solar do patriarcalismo". In: - Aguarrás do tempo. Rio de Janeiro: Rocco, 1989.         [ Links ]

LOBATO, M. Socialização da medicina. Rio de Janeiro: A Noite, 1957.         [ Links ]

LOBATO, M. Urupês. 11ª ed., São Paulo: Brasiliense, 1961.         [ Links ]

MERTON, R. The student physician: introductory studies in the sociology of medical education. Cambridge: Harvard University Press, 1957.         [ Links ]

MOURA, D. "A medicina social, substituída pela sociologia da medicina". Jornal da Tarde, 31 de novembro de 1987. Infelizmente se perdeu a indicação da página em que a matéria foi estampada.         [ Links ]

NÓBREGA, L. da. "Doentes ou vagabundos?" O Repórter, n.18, p. 7, abril de 1966.         [ Links ]

NUNES, E.D. "As ciências sociais em saúde: reflexões sobre as origens e a construção de um campo de conhecimento" Saúde e Sociedade 1(1): 59-84, 1992.         [ Links ]

NUNES, E.D. Sobre a sociologia da saúde. São Paulo: Hucitec, 1999.         [ Links ]

OPS/OMS. "Aspectos teóricos de las ciencias sociales aplicadas a la medicina". Educación Médica y Salud 8(4): 354-359, 1974.         [ Links ]

PARSONS, T. The social system. London: Routledge & Kegan Paul, 1951.         [ Links ]

PAULA, A. de. Dispensário antituberculoso. Rio de Janeiro: José Olympio, 1944.         [ Links ]

QUEEN, S.A.. & Martin, D. Social patology. New York: Thomas Y. Crowell Company, 1925.         [ Links ]

REIS, J.C. As identidades do Brasil: de Varnhagen a FHC. Rio de Janeiro: Editora FGV, 1999.         [ Links ]

RONY, F.T. The third eye: race, cinema and ethnographic spetacle. Durham: Duke University Press, 1996.         [ Links ]

ROSEN, G. Da polícia médica à medicina social. Rio de Janeiro: Graal, 1980.         [ Links ]

SANTOS, L. A. de C. "O espírito de aldeia: orgulho ferido e vaidade na trajetória intelectual de G. Freyre". Novos Estudos Cebrap, 27, 1993.         [ Links ]

SIGERIST, H. A.; Conus, E. & Zeno, L.O. A proteção à maternidade e à infância na União Soviética e a medicina na Rússia. Rio de Janeiro: Calvino, 1944.         [ Links ]

SIGERIST, H.A. Socialized medicine in The Soviet Union. New York: W.W. Norton, 1937.         [ Links ]

SUSSER, M.W. & Watson, W. Sociology in medicine. New York: Oxford University Press, 1963.         [ Links ]

VALADARES, C. do P. "Gilberto Freyre: sua influência sôbre a formação dos médicos brasileiros". In: - Gilberto Freyre: sua ciência, sua filosofia, sua arte. Rio de Janeiro: José Olympio, 1962, p. 515-523.         [ Links ]

VASCONCELOS, G.F. O Xará de Apipucos. São Paulo: Max Limonad, 1987.         [ Links ]

World Health Organization Health and disease. Geneve: WHO, 1951.         [ Links ]

 

 

Artigo recebido em junho de 2002 e selecionado para publicação em junho de 2003.

 

 

* As idéias apresentadas neste texto foram anteriormente expostas  no Seminário Internacional Multidisciplinar Relendo Gilberto Freyre, patrocinado pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, em outubro de 2000 e aprofundadas na palestra proferida no âmbito do XIII Ciclo de Seminários em Ensino de Ciências, Matemática e Educação Ambiental promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Educação para a Ciência da Faculdade de Ciências da Universidade Estadual Paulista, câmpus de Bauru, em maio de 2002.