SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.11 issue3Writing in science classesSoil in science teaching at the Elementary School author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Ciência & Educação (Bauru)

Print version ISSN 1516-7313On-line version ISSN 1980-850X

Ciênc. educ. (Bauru) vol.11 no.3 Bauru Sept./Dec. 2005

http://dx.doi.org/10.1590/S1516-73132005000300003 

Escrita no ensino de ciências: autores do ensino fundamental

 

Writing in Science class: Elementary School writers

 

 

Suzani Cassiani de SouzaI; Maria José Pereira Monteiro de AlmeidaII

IProfessora Adjunta do Departamento de Metodologia de Ensino, Centro de Ciências da Educação, Universidade Federal de Santa
Catarina (UFSC). E-mail: scsouza@ced.ufsc.br
IIProfessora Associada da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). E-mail: mjpma@unicamp.br

 

 


RESUMO

Apresentamos resultados de uma pesquisa sobre a escrita como possibilidade de expressão do pensamento dos alunos em aulas de ciências, no final de uma proposta de ensino com o tema Fotossíntese. O referencial de apoio é a análise do discurso em trabalhos de Eni Orlandi, com ênfase na noção de autoria. Analisamos nove produções escritas na forma de ficção científica, carta ou diário de bordo. Os resultados evidenciam a não ocorrência da repetição empírica, e na produção de significados pelos estudantes notamos várias manifestações de repetição histórica. Fazemos considerações sobre as potencialidades da escrita no ensino de Ciências em condições semelhantes às do estudo aqui apresentado.

Palavras-chave: escrita. Ensino de Ciências. análise do discurso.


ABSTRACT

We present the results of research on writing as a possibility of expression for pupils thinking in science classes, during a study of Photosynthesis.. The support framework is discourse analysis as presented by Eni Orlandi, with an emphasis on the notion of authorship. We analyze nine productions, written in the form of scientific fiction, letter or logbook. The results show the nonoccurrence of empirical repetition, and in the meaning production by the students there were many manifestations of historic repetition. Considerations of the potential for writing in science teaching with similar conditions to the ones of the study presented here are made.

Keywords: writing. Science Education. discourse analysis.


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

Referências

ALMEIDA, M. J. P. M. Mediation by texts and teacher's representation in physics education. In: BERNARDINI, C. et al. (org.) Thinking Physics For Teaching. New York: Plenum Press, 1995, p. 97-105.         [ Links ]

______.; RICON, A. E. Divulgação científica e texto literário: uma perspectiva cultural em aulas de Física. Caderno Catarinense de Ensino de Física, v. 10, n. 1, 1993.         [ Links ]

______.; SILVA, H. C.; MICHINEL, J. L. Condições de Produção da Leitura na Educação em Física. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, v. 1, n. 1, 2001.         [ Links ]

GLYN, S.; MUTH, K. Reading and Writing to learn science: achieving scientific literacy. Journal of Research in Science Teaching, v. 31, n. 9, 1994.         [ Links ]

GOOD, R. Note from former Editor. Journal of Research in Science Teaching, v. 31, n. 9, 1994.         [ Links ]

HOLLIDAY, W. G.; YORE, L. D.; ALVERMAN, D. E. The reading-Science Learning- Writing Connection: Breakthroughs, Barriers, and Promises. Journal of Research in Science Teaching, v. 31, n. 9, p. 877-893, 1994.         [ Links ]

MOORE, R. Writing to learn Biology. Journal of College Science Teaching, v. 23, n. 5, p. 289- 295, march/apr 1994.         [ Links ]

OLIVEIRA, O. B. Possibilidades da escrita no avanço do senso comum para o saber científico na 8a série do Ensino Fundamental. Campinas, 2001. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Estadual de Campinas, 2001.         [ Links ]

ORLANDI, E. P. Discurso e texto: formulação e circulação dos sentidos. Campinas: Pontes, 2001.         [ Links ]

______. Reflexões sobre escrita. Escritos. n. 5. Labeurb, p. 7-21, 1999.         [ Links ]

______. Paráfrase e Polissemia: a fluidez nos limites do simbólico. Rua, n. 4, p. 9-19. 1998.         [ Links ]

______. Interpretação: autoria, leitura e efeitos do trabalho simbólico. Petrópolis: Vozes, 1996.         [ Links ]

PRAIN, V.; HAND, B.; KAY, S. Writing for Learning in Physics. The Physics Teacher, v. 35, jan. 1997.         [ Links ]

RIVARD, L. P. A review of writing to learn in science: Implications for practice and research. Journal of Research in Science Teaching, v. 31, n. 9, p. 969-983, 1994.         [ Links ]

ROWELL, P. M. Learning in School Science: the promises and pratices of writing. Studies in Science Education, v. 30, p. 19-56, 1997.         [ Links ]

SILVA, H. C. Como, quando e o que se lê em aulas de Física no Ensino Médio: elementos para uma proposta de mudança. Campinas, 1997. Dissertação (Mestrado em Educação) - Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, 1997.         [ Links ]

SNYDERS, G. A alegria na escola. São Paulo: Manole, 1988.         [ Links ]

SOUZA, S. C. Leitura e fotossíntese: Proposta de Ensino numa abordagem cultural. Campinas, 2000. Tese (Doutorado em Educação) - Faculdade de Educação. Universidade Estadual de Campinas, 2000.         [ Links ]

______.; ALMEIDA, M. J. P. M. Leituras na ediação escolar em aulas de Ciências: a fotossíntese em textos originais de cientistas. Pro-Posições, v. 12, n. 1, 2001.         [ Links ]

VYGOTSKY, L. S. Pensamento e linguagem. São Paulo: Martins Fontes, 1993.         [ Links ]

 

 

Artigo recebido em maio de 2005 e selecionado para publicação em novembro de 2005.

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License