SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.12 issue4EditorialCommunicative profile of children with language impairment: longitudinal characterization of pragmatic abilities author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia

On-line version ISSN 1982-0232

Rev. soc. bras. fonoaudiol. vol.12 no.4 São Paulo Oct./Dec. 2007

http://dx.doi.org/10.1590/S1516-80342007000400002 

EDITORIAL

 

 

Dra. Ana Luiza G. P. Navas; Dra. Beatriz de Castro A. Mendes

 

 

É uma satisfação enorme ver o resultado de mais um Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia promovido pela SBFa. Todos os anos, toda a diretoria se dedica a organizar o maior congresso de fonoaudiologia da América Latina e o segundo maior do mundo cuidando de todos os detalhes desde a escolha do local do evento, seleção de palestrantes e trabalhos a serem apresentados, até detalhes como a festa de abertura e encerramento para os participantes do evento.

O 15º Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia ocorreu em Gramado – RS, de 16 a 20 de outubro de 2007. Foram 1400 inscritos no congresso e quase 500 inscritos nos mini-cursos que ocorreram após o congresso. Ao todo, o congresso teve aproximadamente 160 palestras distribuídas em mesas redondas e simpósios interdepartamentais, além de mais de 1000 pôsteres e 216 temas livres apresentados ao longo dos três dias do evento. Como já ocorre há alguns anos, o congresso deste ano concedeu o prêmio "Excelência em Fonoaudiologia" a dez trabalhos de pôster e outras 15 menções honrosas.

A cada quatro anos, a SBFa promove o Congresso Internacional de Fonoaudiologia e este ano, tivemos a honra de receber três convidados internacionais. Cláudio Milstein, Diana Laurnagaray e Hugh Catts estiveram presentes no 7º Congresso Internacional em Gramado e contribuíram de maneira excepcional para a qualidade do evento.

Terminar um evento de sucesso é uma vitória sem tamanho para os organizadores e receber o carinho e reconhecimento de nossos colegas fonoaudiólogos é fundamental para recuperarmos a energia e disposição para recomeçar a programar o congresso seguinte. Nem bem terminamos o congresso em Gramado e já estamos nos preparando para oferecer aos fonoaudiólogos um novo local bonito e adequado para que possamos nos encontrar, mostrar toda a produção científica nacional, trocar informações e novas idéias, e fazer a nossa profissão crescer e alcançar novos horizontes.

Iniciaremos em 2008 uma nova gestão; mais dois anos de trabalho dedicados à diretoria científica da SBFa. Há dois anos, nossa ação nessa diretoria tem se voltado principalmente à divulgação da produção científica da Fonoaudiologia, seja pela Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, listas de discussão eletrônicas, o aprimoramento de nosso site e realização de eventos de temática específica em parceria com os departamentos, comitês e outras Instituições. Mas, o congresso anual é sempre a atividade mais trabalhosa e importante da diretoria científica, que toma grande parte de nosso tempo.

Apenas uma semana após o término do evento em Gramado, nós da diretoria científica já preparamos a estrutura da grade científica do evento de 2008. A partir da avaliação das atividades realizadas, sugestões de colegas e análise de dados dos trabalhos apresentados, a cada ano a grade científica é modificada, incorporando novas idéias que propiciem melhor tempo, espaço e estrutura para a apresentação de trabalhos inovadores, discussões e exposição de casos. Com a grade em mãos, inicia-se o contato com os departamentos e palestrantes; são meses que antecedem o evento, mas é necessário tempo para que os resumos, avaliações, confirmações e dúvidas sejam recebidos e esclarecidos. Isso torna o contato da diretoria científica próximo o suficiente aos palestrantes e autores de trabalhos visando sempre a boa organização e sucesso do evento.

Temos estado muito atentas às sugestões de cursos de Fonoaudiologia, mensagens recebidas em nossa caixa postal e comentários de professores, graduandos e fonoaudiólogos. Cada detalhe é sempre discutido e analisado entre nós. Observar outros eventos, copiar idéias interessantes, criar ações inovadoras e repetir aquilo que teve bom resultado tem sido nossa estratégia. O congresso é uma enorme oportunidade de nos encontrarmos e conhecermos a Fonoaudiologia do Brasil; sair de grandes centros, da academia e buscar o contato com todos os fonoaudiólogos e estudantes tem nos possibilitado estudar novas ações que serão incorporadas à nossa nova gestão, ampliando cada vez mais o trabalho da diretoria científica.

As repercussões do congresso tem sido tema de diversas discussões em nossas reuniões interdepartamentais. Programar o congresso é importantíssimo, mas avaliar o resultado é também uma tarefa de igual importância, pois acreditamos que só assim poderemos melhorar e aprimorar nossas ações.

Agradecemos a todos que de alguma forma nos auxiliaram a realizar o 15º Congresso Brasileiro de Fonoaudiologia e contamos com todos os fonoaudiólogos e estudantes para continuarmos a divulgar cada vez mais a produção científica de nossa área.

Aproveitamos para parabenizar a todos pelo Dia do FONOAUDIÓLOGO !

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License