SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 issue3Editorial - Fonoaudiologia: reabertas as discussões sobre especialidades author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia

On-line version ISSN 1982-0232

Rev. soc. bras. fonoaudiol. vol.14 no.3 São Paulo  2009

http://dx.doi.org/10.1590/S1516-80342009000300001 

EDITORIAL

 

 

Profa. Dra. Fernanda Dreux M. Fernandes

 

 

Pela primeira vez, a Revista da sociedade Brasileira de Fonoaudiologia está disponível no site da SciELO antes de sua data de publicação. Isso evidencia concretamente o aumento do número de artigos submetidos para publicação, a dedicação e presteza com que os pareceristas da revista têm avaliado os originais enviados e a agilidade possibilitada pelo novo sistema de submissão e revisão dos originais. Por outro lado, isso também nos apresenta o desafio de aumentar a agilidade dos processos de editoração para que o material aprovado seja eficientemente disponibilizado aos leitores.

Mais uma vez, agradecemos a confiança dos autores, a dedicação dos pareceristas e a eficiência das secretárias da Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia.

A edição de setembro de 2009 da Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia conta com 15 Artigos Originais, três Relatos de Caso, dois Artigos de Revisão, um Refletindo sobre o Novo, uma Resenha e dois Resumos.

A pesquisa intitulada "O papel das variáveis extralinguísticas idade e sexo no desenvolvimento da coda silábica" é apresentada por Athaydee colaboradores. As autoras investigaram a influencia dos fatores extralinguísticos no desenvolvimento fonológico e concluíram que a idade e o gênero foram elementos significativos nesse processo.

Murphy e colaboradores estudaram a "Análise acústica de características temporais de consoantes no Português Brasileiro" e obtiveram resultados que serão úteis para a elaboração de instrumentos de avaliação e treinamento utilizando o Português Brasileiro.

Berti, Pagliuso e Lacava apresentam o estudo "Instrumento de avaliação de fala para análise acústica (IAFAC) baseado em critérios linguísticos", cujo objetivo foi elaborar um instrumento de avaliação da fala de crianças que contemplasse todos os fonemas consonantais do Português Brasileiro.

A "Relação entre achados em neuroimagem, habilidades auditivas e metafonológicas em escolares com dislexia do desenvolvimento" foi estudada por Germano e seus colegas, que compararam crianças com dislexia e crianças com bom desempenho acadêmico.

Oliveira e colaboradores descrevem o estudo "Análise de parâmetros perceptivo-auditivos e acústicos em indivíduos gagos". As autoras analisaram 15 homens gagos entre 21 e 41 anos de idade e concluíram alterações na tensão vocal, gama tonal e na coordenação pneumofônica tiveram frequência significativa na população estudada.

Silva e colaboradores estudaram a "Prevalência de sequelas auditivas pós meningite piogênica em crianças" e concluíram que há necessidade de monitoramento audiológico e acompanhamento neurológico nas crianças com história de meningite piogênica para possibilitar a detecção das possíveis alterações auditivas e a intervenção precoce.

De Rosis e colaboradores apresentam a pesquisa "Questionário Hearing Handicap Inventory for the Elderly - Screening version (HHIE-S): estudo da sensibilidade e especificidade" que avaliou a audição de 78 idosos e identificou uma associação positiva entre o grau de perda auditiva e o handicap referido. As autoras concluem que o questionário HHIE-S é um instrumento de triagem auditiva com alta especificidade e sensibilidade na identificação de perdas auditivas em idosos.

Vieira e Behlau descrevem a "Análise de voz e comunicação oral de professores de curso pré-vestibular" que realizou auto-avaliação e análise dos aspectos de características da voz, fala e recursos corporais utilizados por 40 professores.

Mello e colaboradores descrevem o estudo intitulado "Voz do cantor lírico e coordenação motora: uma intervenção baseada em Piret e Béziers" que investigou os efeitos da aplicação de um Programa de Desenvolvimento da Coordenação Motora na voz do cantor lírico.

Stechman Neto e colaboradores investigaram a "Ocorrência de sinais e sintomas de disfunção temporomandibular em músicos" estudando 92 músicos intérpretes de instrumentos de sopro. Os autores concluem que esse é um m grupo suscetível a apresentar sinais e sintomas de Disfunção Temporomandibular.

Bassi, Franco e Motta estudaram a "Eficácia do emprego do espelho de Glatzel na avaliação da permeabilidade nasal" comparando a medida do escape aéreo nasal, realizada por meio espelho de Glatzel, entre crianças com e sem obstrução de via aérea superior e concluindo que esse não foi um instrumento confiável para a avaliação da permeabilidade nasal na amostra investigada.

Guedes e colaboradores pesquisaram o "Conhecimento dos profissionais da enfermagem que assistem pacientes com alterações da deglutição em um Hospital Universitário de Belo Horizonte" entrevistando 130 profissionais e concluindo que de forma geral esses profissionais realizam uma intervenção adequada diante das alterações da deglutição em pacientes internados.

Silvério e Henrique apresentam a pesquisa "Indicadores da evolução do paciente com paralisia cerebral e disfagia orofaríngea após intervenção terapêutica" que estudou 36 crianças com paralisia cerebral tetraparética espástica antes e após intervenção terapêutica.

Silva e colaboradores estudaram "A alimentação do prematuro por meio do copo" com o objetivo de quantificar a proporção de leite perdido na oferta da dieta com copo e o tempo de oferta em 20 recém-nascidos prematuros e concluíram que, quanto menor a exposição aos fatores estressantes, maior o aceite da dieta.

A "Avaliação da qualidade de vida de cuidadores de afásicos" é o estudo apresentado por Panhoca e Rodrigues, que analisou 30 cuidadores de pacientes afásicos de ambos os gêneros. As autoras concluem que os aspectos emocionais foram os que apresentaram maiores diferenças em relação ao grupo controle.

O Relato de Caso descrito por Marcolino, Oliveira e Deliberato refere-se à "Introdução da comunicação suplementar e alternativa na terapia com afásicos" e descreve o processo de intervenção em dois casos de afasia.

Pagliarin, Ceron e Keske-Soares descrevem o processo terapêutico de um menino de seis anos no Relato de Caso "Modelo de Oposições Múltiplas Modificado: abordagem baseada em traços distintivos".

Machado, Dezani e Chiari apresentam a "Avaliação dinâmica e interdisciplinar na deficiência auditiva em ambulatório público: Relato de Caso" que descreve o atendimento a uma mulher de 26 anos portadora da síndrome de Cogan.

Bevilacqua, Melo, Morettin e Lopes apresentam o Artigo de Revisão intitulado "A avaliação de serviços em Audiologia: concepções e perspectivas"

Outro Artigo de Revisão foi realizado por Fernandes e aborda "Famílias com crianças autistas na literatura internacional".

O artigo Refletindo Sobre o Novo é escrito por Machado, Cunha e Palladino e aborda o artigo "Feeding and eating behaviors in children with autism and typically developing children" publicado em 2008 no Journal of Autism and Developmental Disorders.

A Resenha preparada por Miranda e Durante aborda o artigo "Negative synergy: hearing loss and aging" publicado no jornal Audiology On Line em 2008.

Por fim, os Resumos são apresentados por Schemberg, com o título "Educação escolar e letramento de surdos: reflexões a partir da visão de pais e professores" e por Souza, com o título "Conhecimento de professores acerca da conceituação de letramento", e ambos referem-se a dissertações de mestrado defendidas na Universidade Tuiuti do Paraná.

Mais uma vez temos um panorama do vigor e da qualidade da produção científica da Fonoaudiologia brasileira.