SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 issue3Negative synergy: hearing loss and agingAnálise do conhecimento de professores acerca da conceituação de letramento author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia

On-line version ISSN 1982-0232

Rev. soc. bras. fonoaudiol. vol.14 no.3 São Paulo  2009

http://dx.doi.org/10.1590/S1516-80342009000300025 

RESUMO

 

Educação escolar e letramento de surdos: reflexões a partir da visão de pais e professores

 

 

Simone Schemberg

Mestre, Professora das Faculdades Opet - Curitiba (PR), Brasil; Professora do Centro de Atendimento Especializado em Surdez da Secretaria do Estado de Educação do Paraná - CAES/SEED - Curitiba (PR), Brasil

Endereço para correspondência

 

 

Schemberg S. Educação escolar e letramento de surdos: reflexões a partir da visão dos pais e professores [dissertação]. Curitiba, Faculdade de Ciências Biológicas da Saúde da Universidade Tuiuti do Paraná; 2008.

Ao considerar que a inclusão do surdo no ensino regular já vem sendo discutida há algum tempo, torna-se relevante levantar alguns questionamentos acerca de como este processo tem se concretizado do ponto de vista de alguns sujeitos envolvidos. O objetivo desta pesquisa é analisar e discutir a visão dos pais e professores acerca da educação escolar e do letramento de um grupo de crianças surdas que frequentam o Centro de Atendimento Especializado na Área da Surdez (CAES), em horário contrário ao do ensino regular. Para isto, foram abordados referenciais teóricos, enfatizando a inclusão do surdo no ensino regular, bem como aspectos históricos relacionados à sua educação. Buscou-se, também, uma fundamentação acerca do letramento, a fim de embasar discussões referentes à leitura e à escrita no contexto da surdez. Foram desenvolvidas entrevistas com os pais das crianças que frequentam o CAES e aplicados questionários aos respectivos professores do ensino regular. Os resultados deste trabalho demonstram que muitos são os fatores a serem considerados para que se possa concretizar a inclusão do surdo no ensino regular. Entre os quais, foi possível constatar, a partir dos discursos dos pais e professores, que há uma constante exclusão do surdo dos contextos linguísticos, tanto na família, quanto na escola. Diante disso, as crianças surdas se encontram em desvantagem, sobretudo, no que diz respeito ao seu letramento. O CAES acaba por ser o único espaço em que as mesmas podem ter acesso a conceitos e constituir-se como sujeitos a partir da sua condição bilíngue.

 

 

Endereço para correspondência:
Simone Schemberg. R. Goiânia, 1597/58, Cajuru
Curitiba (PR), Brasil, CEP: 82940-150
E-mail: simoneschemberg@hotmail.com

 

 

Trabalho realizado na Universidade Tuiuti do Paraná para obtenção do título de Mestre em Distúrbios da Comunicação, sob orientação da Profa. Dra. Ana Cristina Guarinello.