SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 número4Análise do ruído de impacto na audição de integrantes do batalhão de operações especiais da polícia militar do Paraná: uma proposta de prevençãoPerfil de escolares do 3º ao 5º ano do ensino fundamental I em compreensão de leitura: elaboração de um instrumento avaliativo índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia

versão On-line ISSN 1982-0232

Rev. soc. bras. fonoaudiol. vol.17 no.4 São Paulo dez. 2012

https://doi.org/10.1590/S1516-80342012000400027 

RESUMO

 

YouTube e surdez: análise de discursos de surdos no ambiente virtual

 

 

Priscila Soares Vidal Festa

Faculdade de Ciências Biológicas da Saúde, Universidade Tuiuti do Paraná - UTP - Curitiba (PR), Brasil

Endereço para correspondência

 

 

Festa PSV. YouTube e surdez: análise de discursos de surdos no ambiente virtual [Dissertação]. Curitiba: Universidade Tuiuti do Paraná - Programa de Pós-Graduação em Distúrbios da Comunicação; 2012.

 

Atualmente, o YouTube tem dominado o segmento de vídeos online no mundo, não sendo diferente no Brasil. Devido à visualidade do site, o YouTube pode ser encarado como uma possibilidade de expressão para o sujeito surdo,na medida em que possibilita o registro e a circulação de discursos produzidos em língua de sinais. Esta pesquisa apresenta como objetivo analisar os discursos produzidos por surdos em vídeos postados no YouTube a respeito da cultura surda, aspectos de convivência na sociedade entre surdos e ouvintes e movimentos políticos. O material de pesquisa foi composto por 25 vídeos nos quais pessoas surdas discorriam a respeito da surdez. A pesquisa nos ofereceu dados e condições para considerar que a ferramenta YouTube proporciona ao sujeito surdo um novo espaço interativo em sua produção discursiva pelo estabelecimento de interações. À luz da teoria da linguagem de Bakhtin, foi possível identificar as vozes sociais presentes nos discursos dos surdos, assim como os movimentos de alteridade, dialogia, enunciação, heteroglossia e responsividade. Mediante esta pesquisa, foi possível concluir que, através do YouTube, os surdos conseguiram estabelecer motivos para uma valorização do "ser surdo", o que representa possibilidade de reconstrução de um novo olhar sobre a surdez por meio da língua de sinais.

 

 

Endereço para correspondência:
Priscila Soares Vidal Festa
R. João Bettega, 696/201, bloco 03, Portão
Curitiba (PR), Brasil, CEP: 81070-000
E-mail: priscila.festa@yahoo.com

 

 

Dissertação apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Distúrbios da Comunicação, Universidade Tuiuti do Paraná - UTP - Curitiba (PR), Brasil, como requisito parcial para obtenção do título de Mestre em Distúrbios da Comunicação, sob orientação da Profa. Dra. Ana Cristina Guarinello.

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons