SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 issue16Society, social participation, and public policies author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Article

Indicators

Related links

Share


Sociologias

Print version ISSN 1517-4522

Sociologias  no.16 Porto Alegre July/Dec. 2006

http://dx.doi.org/10.1590/S1517-45222006000200001 

EDITORIAL

 

 

Pleno de contribuições multidimensionais, este número apresenta o dossiê "Sociedade e Políticas Públicas", organizado pela Professora Soraya Vargas Cortes, Coordenadora do PPG – Sociologia. Composto por artigos que tratam do atual debate no campo da sociologia política e das políticas públicas, reúne trabalhos sobre as políticas públicas e artigos que analisam a questão da participação social. Os autores Celina Souza, Túlia Falleti, Cátia W. Lubambo, Monika Zulauf, Marcelo Kunrath Silva e Carlos R. S. Milani têm reconhecida experiência no tema.

Na seção de Artigos, trazemos o texto de Pablo Forni e Lucimeire Vergilio Leite sobre o Terceiro Setor na Argentina, o qual, ao realizar uma análise da literatura recente, na perspectiva neo-institucional, revela a existência de forças isomórficas resultantes dos diferentes atores envolvidos no processo de constituição do terceiro setor na sociedade rio-platense.

A questão da Violência é abordada mediante o artigo de Maria Stela Grossi Porto, que, de modo esmerado, explicita a utilização da noção de representações sociais enquanto possibilidade de compreensão do fenômeno da violência contemporânea, interrogando os sentidos, os valores e as crenças que estruturam e presidem a vida social.

Nessa temática situa-se, ainda, o atualíssimo trabalho de Fernando Salla acerca das rebeliões no sistema carcerário do Brasil, desde a década de 70, recuperando a reflexão internacional assim como a constatação de que as rebeliões nas prisões brasileiras resultam tanto das condições degradadas de encarceramento como das deficiências do Estado em exercer o controle social.

A seção de Interfaces volta-se ao debate sobre o Continente. Alberto Rocha, da Universidade de Guadalajara, analisa a geopolítica do México na América Central, indagando como este pode definir um papel sub-hegemônico, tendo uma posição estrutural semi-periférica no mundo atual, em suas relações geopolíticas e geoeconômicas.

A resenha de "Os Anormais", de Michel Foucault, feita por Francis Moraes de Almeida, expõe a análise de Foucault acerca do exame psiquiátrico e sua relação com o direito penal, partindo dos grandes casos de monstruosidade criminal até a construção do diagnóstico dos delinqüentes "anormais", no final do século XIX.

Revelam-se, assim, alguns dos dilemas das sociedades contemporâneas: políticas públicas e participação social; terceiro setor; integração regional; e a difícil análise da violência, em suas faces de norma e castigo, representações sociais e atos de rebeldia. Dimensões das novas questões sociais mundiais a exigir a imaginação sociológica, e o diálogo com nossos leitores, arguto e provocante.

 

José Vicente Tavares dos Santos
Maíra Baumgarten