SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.4 issue1Water exercise for the elderlyAtividade física e saúde em crianças das Américas author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Medicina do Esporte

Print version ISSN 1517-8692

Rev Bras Med Esporte vol.4 no.1 Niterói Jan./Feb. 1998

http://dx.doi.org/10.1590/S1517-86921998000100008 

Fédération Internationale de Médecine Sportive

 

Posicionamento Oficial

 

Doping nos esportes

 

Aprovado pelo Comitê Executivo da FIMS em Porto Rico, em 2 de abril de 1993. Traduzido com permissão do original Statement on doping in sport.

 

 

Doping nos esportes é o uso proposital ou não intencional por um atleta de uma substância ou método proibidos pelo Comitê Olímpico Internacional (COI).

A FIMS apóia a proibição do doping para proteger os atletas de:

1) Uma vantagem desleal que pode ser obtida pelos atletas que utilizam substâncias ou métodos proibidos para melhorar o desempenho.

2) Os possíveis efeitos colaterais prejudiciais à saúde que algumas substâncias e métodos podem produzir.

Além das conseqüências em termos éticos e de saúde que estão envolvidas com o doping, reconhecem-se as potenciais implicações legais. A distribuição de várias substâncias proibidas (p.ex., esteróides anabolizantes), se não por uma razão medicamente justificável, é contra a lei em vários países.

Estimular ou auxiliar atletas a utilizar tais substâncias ou métodos é antiético e, portanto, igualmente proibido.