SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.6 issue1Responses of blood lactate and heart rate on two different car race events author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Medicina do Esporte

Print version ISSN 1517-8692

Rev Bras Med Esporte vol.6 no.1 Niterói Jan./Feb. 2000

http://dx.doi.org/10.1590/S1517-86922000000100008 

Edital para a prova do título de especialista em Medicina do Esporte

 

A Sociedade Brasileira de Medicina do Esporte (SBME) informa que estarão abertas no período de 1 de fevereiro a 30 de março de 2000 as inscrições para a prova de Título de Especialista em Medicina do Esporte emitido pela SBME e Associação Médica Brasileira (AMB).

O Título de Especialista em Medicina do Esporte (TEME) emitido pela SBME/AMB identifica o profissional médico com formação acadêmico-científica adequada e apto a exercer a especialidade com ética, responsabilidade e competência. Os critérios aqui estabelecidos estão de acordo com a Normatização da Concessão do Título de Especialista em Medicina do Esporte e do Reconhecimento de Cursos de Especialização em Medicina do Esporte da SBME publicada em janeiro de 2000 e obedecem às exigências estabelecidas no convênio firmado pela AMB e Conselho Federal de Medicina em 10/2/89 e na Normativa de Regulamentação para Obtenção de Títulos de Especialista da AMB, datada de 27/3/98.

A prova para obtenção do título inclui a realização de um teste escrito de caráter eliminatório e uma avaliação de títulos (análise do curriculum vitae). O teste escrito será realizado no Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia, em sala a ser definida no local, no dia 13 de abril de 2000, das 16 às 19 horas.

I – Documentos necessários para inscrição:

  1. Solicitação de inscrição encaminhada à SBME constando nome completo, endereço residencial, endereço comercial, endereço de e-mail, telefones/fax de contato e indicação de uma das duas subáreas de interesse (fisiologia/clínica do esporte ou ortopedia/traumatologia do esporte);
  2. Cópia do documento de identidade do CRM;
  3. Certidão de nada-consta emitida pelo CRM;
  4. Curriculum vitae comprovado com documentos apropriados;
  5. Cheque nominal à SOCIEDADE DE MEDICINA DESPORTIVA DO RIO DE JANEIRO referente à taxa de inscrição no valor de R$ 100,00 (cem reais).

OBS1: A documentação deverá ser encaminhada em envelope claramente identificado "Prova de Titulo de Especialista em Medicina do Esporte" e endereçada à SBME a/c SMS-Eventos, Rua Estero Belaco, nº 186/43, Saúde, São Paulo, SP – CEP 04145-020;

OBS2: Os solicitantes que enviarem todos os documentos necessários receberão uma confirmação de inscrição via fax ou correio;

OBS3: As remessas recebidas que não contiverem um ou mais itens não serão processadas e, portanto, o solicitante não estará inscrito para a prova. Nesses casos, o cheque não será depositado, mas somente será devolvido ao próprio emitente em pessoa ou caso seja fornecido envelope previamente endereçado e selado. A devolução da documentação recebida estará submetida às mesmas condições;

OBS4: Somente poderão fazer a prova os candidatos que também estiverem inscritos no evento que abrigará a prova (IV Congresso Paulista e IV Jornada Internacional de Medicina do Esporte – II Simpósio Dante Pazzanese de Cardiologia do Esporte – I Simpósio de Traumatologia do Esporte). Informações sobre a inscrição no evento podem ser obtidas através da Empresa SMS-Eventos no telefone (11)275-3969. A INSCRIÇÃO NO EVENTO PODERÁ SER FEITA A QUALQUER MOMENTO, OU SEJA, EXISTE PRAZO APENAS PARA INSCRIÇÃO NA PROVA DO TÍTULO DE ESPECIALISTA.

II – Critérios para concessão do TEME

  1. Ser formado há pelo menos 2 (dois) anos em Faculdade de Medicina reconhecida pelo órgão governamental competente;
  2. Estar regularmente inscrito no CRM;
  3. Não possuir processo como acusado no CRM;
  4. Atuar profissionalmente e/ou estagiar formalmente na área pelo período mínimo de 1 (um) ano;
  5. Obter no mínimo 50% de acerto na prova escrita; o candidato que não atender este critério será eliminado independente da pontuação total;
  6. Obter no mínimo 60% do total de pontos possíveis, que corresponde ao somatório dos pontos da prova escrita e de títulos.

III – Pontuação da prova escrita

A prova escrita totaliza 65 pontos, dos quais 50 pontos correspondem a questões de múltipla escolha (30 pontos da parte geral e 20 pontos da parte específica) e 15 pontos referentes a questões discursivas específicas da subárea escolhida;

IV – Dispensados da prova escrita

Estarão dispensados da prova escrita os profissionais que se encontram nas seguintes situações:

  1. Portadores de certificado de curso de especialização em Medicina do Esporte concluídos até 1996 inclusive;
  2. Médicos formados até 1984, que mesmo sem possuir certificado de curso de especialização em Medicina do Esporte, pratiquem rotineira e continuamente a Medicina do Exercício e do Esporte por pelo menos 5 (cinco) anos.

Nestes casos, a concessão do TEME estará condicionada à aprovação na prova de títulos, que significa obter no mínimo 20 (vinte) pontos conforme discriminado abaixo.

V – Pontuação da avaliação de provas e títulos

1.Cada um dos candidatos que obtiver ao menos 50% de acerto na prova escrita (critério eliminatório) receberá uma pontuação dentro do total de 100, sendo 65 pontos correspondentes à prova escrita e 35 pontos referentes à avaliação de títulos (curriculum vitae);

2.A pontuação da avaliação de títulos (35 pontos) corresponde a 15 pontos para formação profissional, 10 pontos para experiência profissional e 10 pontos para produção didático-científica, conforme estabelecido abaixo:

 

a)formação profissional (até 15 pontos):

-estágios formais................................................................... 2 pontos

-especialização ou residência médica......................................... 3 pontos

-mestrado............................................................................ 4 pontos

-doutorado........................................................................... 6 pontos

b)experiência profissional (até 10 pontos):

-até 5 anos.......................................................................... 5 pontos

-de 5 a 10 anos..................................................................... 8 pontos

-mais de 10 anos.................................................................. 10 pontos

c)produção didático-científica (até 10 pontos):
-publicação de artigos originais:

nacional............................................................................... 2 pontos

internacional......................................................................... 3 pontos

-publicação de artigos de revisão:

nacional................................................................................ 1 ponto

internacional......................................................................... 2 pontos

-de livro ou capítulo de livro:

nacional............................................................................... 2 pontos

internacional......................................................................... 3 pontos

-publicação de resumos em eventos científicos:

nacional.............................................................................. 0,5 ponto

internacional........................................................................... 1 ponto

-outras publicações (relatos de caso, cartas ao editor, editoriais, etc.):

nacional ............................................................................. 0,5 ponto

internacional........................................................................... 1 ponto

-atividades didáticas:

aulas em cursos até............................................................... 2 pontos

participações em eventos como convidado até............................ 2 pontos

OBS1: Todos os itens dizem respeito a atividades relacionadas à Medicina do Esporte ou áreas afins;

OBS2: Em cada item (formação profissional, experiência profissional e produção didático-científica) a pontuação indicada representa o máximo possível. Caso o somatório ultrapasse o máximo no item, não haverá aproveitamento dos pontos em outro item.

VI – Conteúdo programático da prova escrita

  1. Fisiologia do exercício: bioenergética, fisiologia muscular esquelética, efeitos agudos e crônicos sobre órgãos e sistemas, princípios da avaliação funcional e prescrição de exercícios;
  2. Avaliação e condutas clínicas direcionadas a indivíduos que participam da prática desportiva: indivíduos aparentemente saudáveis, desportistas e atletas;
  3. Avaliação e condutas clínicas direcionadas a indivíduos que fazem parte de grupos especiais: crianças, idosos, portadores de doenças crônico-degenerativas (hipertensos, coronariopatas, diabéticos, pneumopatas crônicos, etc.) e portadores de deficiências;
  4. Ortopedia e traumatologia desportiva, com ênfase nas medidas de prevenção e reabilitação de lesões;
  5. Cineantropometria
  6. Nutrição aplicada à atividade física;
  7. Doping e controle anti-doping.

VII – Recursos de candidatos reprovados

Os candidatos reprovados que desejarem poderão submeter, por escrito, um recurso à Comissão, que decidirá, em caráter irrevogável dentro do âmbito da SBME, sobre a manutenção ou não do resultado.

VIII – Emissão do Título de Especialista em Medicina do Esporte

Os candidatos aprovados receberão uma declaração emitida pela SBME constando a data de aprovação, com a qual deverão solicitar a emissão do TEME à AMB através da entidade federada do Estado. A emissão do título pela AMB estará condicionada ao repasse da taxa de confecção recolhida ao candidato pela SBME.

 

Niterói, 20 de dezembro de 1999.
Prof. Dr. Antonio Claudio Lucas da Nóbrega
Diretor Científico e Presidente da Comissão do Título de Especialista
Sociedade Brasileira de Medicina do Esporte