SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 issue6Editorial: missão cumprida!Effects of running on treadmill in soleus muscles of rats shortened by immobilization author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Medicina do Esporte

Print version ISSN 1517-8692

Rev Bras Med Esporte vol.14 no.6 Niterói Nov./Dec. 2008

http://dx.doi.org/10.1590/S1517-86922008000600002 

EDITORIAL

 

Momento de transição

 

 

Dr. José Kawazoe Lazzoli

Editor-Chefe, Revista Brasileira de Medicina do Esporte

 

 

Fomos convocados pela atual Diretoria da Sociedade Brasileira de Medicina do Esporte (SBME) para conduzir a Revista Brasileira de Medicina do Esporte (RBME) durante um período de transição até maio de 2009, quando assumiremos a Presidência da SBME.

É gratificante retornar como Editor-Chefe da RBME após sete anos e observar como manteve a sua trajetória de crescimento. Entretanto, é fundamental lembrar que o início dessa história de sucesso ocorreu há 34 anos. O primeiro periódico científico brasileiro na nossa especialidade (Revista Medicina do Esporte, antecessora da nossa atual RBME) foi criado em 1974 pelo Dr. Eduardo De Rose, então Presidente da SBME, juntamente com o CEDIME (Centro de Documentação em Medicina do Esporte); este órgão era vinculado à rede mundial de Centros de Documentação em Medicina do Esporte e era dirigido pela bibliotecária Renata Sindermann. O primeiro Editor da Revista foi o Dr. Cláudio Allgayer.

Após um período de irregularidade na sua publicação, foi na gestão do Dr. João Carazzato como Presidente da SBME que ela voltou a ser editada como Revista Brasileira de Medicina Esportiva, nessa ocasião com um perfil de revista de divulgação técnico-científica, destinada a publicar as experiências profissionais e a produção científica dos nossos colegas de especialidade, função que foi cumprida com bastante competência nessa e na gestão seguinte, que teve como Presidente o Dr. João Ricardo Turra Magni.

Assumimos como Editor-Chefe em 1997, tendo como presidente da SBME o Dr. Marcelo Salazar; nossa missão foi a de redirecionar o perfil da agora Revista Brasileira de Medicina do Esporte (RBME) para que se tornasse um periódico científico de referência na América Latina nas áreas de Medicina do Esporte e Ciências do Esporte. Em um primeiro momento, contamos com a colaboração de várias das principais autoridades da nossa especialidade em âmbito nacional e internacional. O fluxo de artigos, embora numericamente modesto no início, primava pela qualidade. Em 1999, continuamos como Editor-Chefe na gestão do Dr. Marcos Brazão como Presidente da SBME e convidamos o Dr. Antonio Claudio Lucas da Nóbrega (ACLN) como Editor Associado. Nosso objetivo era preparar uma transição para uma mudança de editoria a partir de 2001. Nesse período, obtivemos a primeira indexação da RBME na base de dados LILACS e foi implantada a revisão pelos pares.

Em 2001, na gestão do Dr. Tales de Carvalho, ao passarmos ao cargo de Diretor Científico da SBME assumiu como Editor-Chefe o Dr. Antonio Claudio Lucas da Nóbrega, que "passou o bastão" em 2005 para a Dra. Renata Castro, ocasião na qual passou ao cargo de Editor Sênior. Nesses sete anos, a RBME manteve a sua trajetória de crescimento, com realizações que foram detalhadas no outro Editorial publicado nesta edição.

Com este relato sucinto, o nosso objetivo foi o de realizar uma retrospectiva bastante objetiva e justa da trajetória ascendente da RBME desde o seu surgimento. Novos desafios se impõem continuamente e o nosso objetivo – e certamente do Editor-Chefe que assumirá a partir de maio de 2009 – será o de aprimorar a agilidade no processo de avaliação e revisão dos artigos submetidos e o de aumentar progressivamente a visibilidade da RBME, tanto na sua versão em papel quanto na sua versão eletrônica. Para que essa tarefa seja cumprida de forma eficiente, é fundamental o manter o altíssimo grau de comprometimento dos membros do Conselho Editorial e dos revisores, que tão gentilmente disponibilizam o seu precioso tempo para ajudar a construir o altíssimo grau de qualidade da RBME, hoje certamente um periódico de referência dentro da nossa especialidade na América Latina.