SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.11 issue2Argumentation around scientific and technological issues: disputes, values and world ideals author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Interações (Campo Grande)

Print version ISSN 1518-7012

Interações (Campo Grande) vol.11 no.2 Campo Grande July/Dec. 2010

http://dx.doi.org/10.1590/S1518-70122010000200001 

Editorial

 

 

A Interações - Revista Internacional de Desenvolvimento Local é uma revista do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Desenvolvimento Local da Universidade Católica Dom Bosco, Estado de Mato Grosso do Sul – Brasil.

Esta edição é composta de vários artigos e de um estudo sobre teoria e prática, contando com a colaboração de autores nacionais e internacionais, realizando, assim, um intercâmbio de experiências e práticas, promovendo e ampliando a produção de conhecimento e garantindo de forma impulsionadora os processos inovadores.

O primeiro trabalho intitulado Argumentações acerca de questões técnico-científicas: disputas, valores e ideais de mundo, tem a autoria de: Luciana da Silva Peixoto Perry e France Maria Gontijo Coelho, no qual as autoras enfatizam discussões relativas aos processos argumentativos e opiniões na esfera pública, principalmente no contexto da ciência e tecnologia.

Jandir Ferrera de Lima e Giomar Viana, ao focalizarem O capital humano e crescimento econômico, explicam o diferencial existente entre quantidade e qualidade da educação, uma vez que, mesmo com um possível aumento contínuo da educação, ela pode não refletir um nível qualitativo suficiente para dinamizar a produtividade e o progresso econômico e social da população.

A seguir, tem-se a pesquisa denominada Les processus d'innovation territoriale dans la región de Los Lagos: une analyse à travers la proximité géographique et organisationnelle de ses acteurs, cujo autor, Guillermo Díaz L., assinala que os fatores proximidade geográfica e organização facilitam a interação e a transferência de conhecimentos entre os atores públicos e privados em um território.

O artigo de Luiz Fernandes da Costa, Luís Carlos Vinhas Ítavo, Cláudia Muniz Soares, Marney Pascoli Cereda, Josemar de Campos Maciel e Camila Celeste Brandão Ferreira Ítavo: Democracia e desenvolvimento local em assentamentos rurais trata sobre a importância da democracia nos processos geradores do desenvolvimento local nos assentamentos rurais. Os autores basearam-se no núcleo conceitual de desenvolvimento, em concordância com instituições como Universidade de Quebec, Canadá, apontando o projeto de assentamento Andalúcia, estado de Mato Grosso do Sul.

O artigo Cooperação, interação e aprendizagem no Arranjo Produtivo Local de equipamentos e implementos agrícolas do Paraná, dos autores: Antonio Iacono e Marcelo Seido Nagano apresenta uma análise sobre as relações de cooperação, interação e aprendizagem entre os diversos tipos de atores conformados em um Arranjo Produtivo Local.

Mirlei Fachini Vicente Pereira, em seu artigo A inserção recente da cana-de-açúcar no sudoeste da Amazônia: novos indícios da instabilidade do território em Rondônia e Acre, avalia algumas experiências de inserção recente do cultivo da cana-de-açúcar nos estados de Rondônia e Acre, porção sudoeste da Amazônia, reconhecendo fragilidades e novas instabilidades territoriais advindas desse cultivo e da instalação de usinas por grupos externos.

O artigo de Maria Corette Pasa e Gabriela de Ávila, nominado Ribeirinhos e recursos vegetais: a etnobotânica em Rondonópolis, Mato Grosso, Brasil, mostrou o conhecimento dos moradores locais quanto ao uso dos recursos vegetais nas hortas, quintais e matas de galeria do rio Arareau em Rondonópolis, MT.

O estudo sobre Inovação tecnológica e inovação narrativa: caminhos para o design no polo moveleiro de Ubá, de autoria de Maria Luiza A. C. de Castro e Juliana Cardoso, assinala que o polo moveleiro de Ubá tem apresentado um grande desenvolvimento econômico nos últimos anos.

Na seção teoria e prática, há um estudo baseado nos dados relativos à Agricultura Familiar no Brasil: um retrato do desequilíbrio regional, de autoria de Arlindo Kamimura, Aline de Oliveira e Geraldo F. Burani, destacando os desequilíbrios econômicos e pobreza endêmica em algumas regiões brasileiras. A pesquisa identifica que, a partir da promulgação da Constituição Brasileira de 1988, inicia-se uma série de ações direcionadas de forma assimétrica para algumas regiões do Brasil.

O Conselho de Redação da Revista Internacional de Desenvolvimento Local - Interações agradece a todos os que colaboraram para essa edição: autores, pareceristas, revisores, membros do Conselho Editorial, coordenação de editoração e, mais uma vez, se coloca à disposição para receber contribuições que se proponham a alimentar o debate científico e o intercâmbio de experiências exitosas, objetivando a ampliação do conhecimento no âmbito principalmente local e regional.

 

Maria Augusta Castilho
Editora