SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 issue2Quilombolas group and medicinal forest resources in southern Bahia, Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Interações (Campo Grande)

Print version ISSN 1518-7012

Interações (Campo Grande) vol.13 no.2 Campo Grande July/Dec. 2012

http://dx.doi.org/10.1590/S1518-70122012000200001 

Editorial

 

 

No ano em curso, a INTERAÇÕES - Revista Internacional de Desenvolvimento Local - parabeniza a Universidade Católica Dom Bosco, pela comemoração dos 50 anos de Educação Salesiana em Mato Grosso do Sul, com o propósito dos salesianos em se fazerem presentes com a Universidade em meio à juventude sul-mato-grossense e brasileira. Objetiva assim conviver cada vez mais com a riqueza sociocultural, política e religiosa, à luz das orientações da Igreja Católica e da doutrina do educador Dom Bosco, para contribuir no desenvolvimento pleno do homem, em todas suas potencialidades, como sujeito e objeto da história e sua persecução futura, em atendimento à missão institucional de promover, por meio de atividades de ensino, de pesquisa e de extensão, a formação integral, fundamentada nos princípios éticos, cristãos e salesianos, de pessoas comprometidas com a justiça social para que contribuam no desenvolvimento sustentável.

A Revista Interações conta neste número com o auxílio financeiro do CNPq1 e comunica aos seus leitores que os exemplares serão distribuídos gratuitamente e por meio de permutas.

As temáticas abordadas no presente exemplar contemplam as especificidades do desenvolvimento local, enquanto processo interativo no contexto dos territórios e territorialidades por meio da promoção contínua de gerenciamento e soluções criativas e sustentáveis na localidade.

O artigo de Renata dos Santos Mota e Henrique Machado Dias, intitulado Quilombolas e recursos florestais medicinais no sul da Bahia, Brasil, busca interpretar o conhecimento tradicional de uma comunidade quilombola acerca do uso de espécies vegetais com fins terapêuticos, o que é realizado por via de entrevistas e análise de discurso na própria comunidade tradicional local; os autores Adriana Zanirato Contini, Maria Augusta de Castilho e Reginaldo Brito da Costa, no artigo A erva-mate e os Kaiowá e Guarani: da abordagem etnobotânica à promoção do desenvolvimento local, estabelecem uma relação histórico-cultural entre os Kaiowá e Guarani e a erva-mate nativa, com alternativas para a promoção do desenvolvimento local, por meio do conhecimento tradicional indígena; Gabriel Stecher e Sabastián Valverde, oferecem o artigo Os projetos de desenvolvimento rural e florestal em contexto da pluriculturalidade. As comunidades indígenas na jurisdição da Corporación Interestadual Pulmarí - Província de Neuquén, Argentina, visando analisar os efeitos das políticas sociais e dos projetos de desenvolvimento rural, particularmente aqueles que incorporam a atividade florestal comercial, em comunidades do povo indígena Mapuche, no sul da Argentina (Província de Neuquén).

O artigo de Heloísa Rodrigues Nascimento e Yolanda Vieira de Abreu, com o título Geração de informações sobre a agricultura de energia por meio das geotecnologias, apresenta a importância de se utilizar as ferramentas desenvolvidas pelas geotecnologias voltadas ao monitoramento e planejamento das culturas agrícolas. O artigo objetiva ainda mostrar como as geotecnologias podem ser úteis via instrumentos para ações de planejamento, gestão e controle da agricultura de energia e do uso da terra.

O artigo de Artêmio Ferreira Picanço Filho e Joel Orlando Bevilaqua Marin, intitulado Contratos de fornecimento de cana-de-açúcar: as assimetrias de poder entre os agentes, analisa os contratos firmados entre as agroindústrias canavieiras e agricultores fornecedores de cana para a obtenção de matéria-prima, a partir de um estudo de caso realizado em Goiás; Daniel Jeffery Contini, Dario de Oliveira Lima-Filho e Leonardo de Oliveira Dresch, no artigo nominado Perfil da produção agrícola para autoconsumo em territórios rurais de Mato Grosso do Sul, objetivam relacionar o impacto dessa produção com a Segurança Alimentar e Nutricional nas comunidades locais; Bruna Ranção Conti e Diogo de Carvalho Antunes, no artigo denominado Conflitos na gestão do Parque Nacional da Serra da Bocaina: entraves ao desenvolvimento local na Vila de Trindade (Paraty, RJ), assinalam o objetivo do estudo em evidenciar os conflitos socioambientais presentes na gestão do Parque Nacional da Serra da Bocaina, na área da Trindade, e destacar as contradições entre as lógicas de desenvolvimento implícitas nesse processo.

Os autores Lohan Cláudio Abreu Valadares e Maria Corette Pasa, no artigo O uso das plantas e animais pela população ribeirinha da comunidade Rio Vermelho - Centro-Oeste brasileiro, abordam a comunidade do Rio Vermelho, no estado de Mato Grosso, mostrando que os recursos naturais utilizados estão mais relacionados à fonte de renda do que ao consumo próprio e que a percepção da natureza está em um sentido de admiração e beleza, não considerando importantes organismos que indiretamente afetam suas plantações ou criações; Adriane Vieira Ferrarini, em seu artigo Desenvolvimento local integrado e sustentável, destaca que as ações dispersas e tuteladas ainda predominam nos programas de superação da pobreza. O desenvolvimento local integrado e sustentável, segundo a autora, é utilizado na política pública como fundamento e metodologia, oportunizando o fortalecimento da participação da população como cogestora das articulações na localidade; Mário Vasconcellos e Ana Maria Vasconcellos, no artigo Movimento social, mudanças na política pública e construção de parcerias para o desenvolvimento local, assinalam a influência do movimento social rural sobre as mudanças na política de apoio ao pequeno produtor rural e para a criação de parcerias entre o Governo e as Organizações Locais para o desenvolvimento local na Amazônia, em particular no estado do Pará.

Na seção Teoria e Prática, as autoras Daiana Panciera Casagrande, Giovana Ilka Jacinto Salvaro e Dimas de Oliveira Estevan apresentam Projetos profissionais de jovens universitários/ as que residem no meio rural: estudo de caso dos/as jovens do município de Meleiro, SC, buscando descrever a situação real dos jovens universitários que residem em meio rural, e buscam conhecimento para a concretização de suas atividades profissionais.

 

Maria Augusta Castilho
Editora

 

 

1 Processo 402500/2011-3 Linha de Fomento/Chamada - Programa Editorial / Chamada MCTI/ CNPq/ MEC/CAPES N. 15/2011 - Editoração e Publicação de Periódicos Científicos Brasileiros.