SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.6 número2Rumo à indexação plena índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Jornal Vascular Brasileiro

versão impressa ISSN 1677-5449versão On-line ISSN 1677-7301

J. vasc. bras. v.6 n.2 Porto Alegre jun. 2007

http://dx.doi.org/10.1590/S1677-54492007000200001 

EDITORIAL

 

Jornal Vascular Brasileiro: 5 anos de sucesso

 

 

Airton Delduque Frankini

Presidente, SBACV

 

 

Os principais meios de sustentação de uma Sociedade Científica se baseiam na existência de sócios, na realização de eventos e nas suas publicações. A SBACV, nascida Sociedade Brasileira de Angiologia (SBAng) em novembro de 1952, criava sua primeira revista científica em 1965 — a Revista Brasileira Cardiovascular, cujos editores foram também os mentores da criação de nossa Sociedade, os doutores Mário Degni e Rubens Carlos Mayall. Durante 15 anos, a Revista Brasileira Cardiovascular foi o órgão oficial da SBAng e reunia as escassas publicações brasileiras em nossas especialidades naquele período.

Com a evolução técnica e científica da Cirurgia Vascular e da Angiologia, surgiram no Brasil alguns eventos, especialmente na década de 1980, onde se destaca o Encontro Paulista de Cirurgia Vascular. Um marco dentro de nossa especialidade, pois trouxe diversas inovações, entre as quais os Temas Livres Correlatos, apresentados junto às Mesas Redondas e que despertavam novo interesse, pois eram apresentados às vezes por colegas ainda pouco conhecidos, mas que tinham boa experiência em algum setor de nossas especialidades. Estes trabalhos geravam discussões interessantes e ricas do ponto de vista científico, já que eram apresentados para um grande público e em geral assistidos pelos convidados estrangeiros que participavam dos debates. Observou-se, assim, a possibilidade de se publicar tais trabalhos, porém à época carecíamos de um periódico específico em nossa área, já que a antiga revista se encontrava irregular em suas edições. Além disso, começavam a surgir as teses de mestrado e de doutorado nos cursos de pós-graduação que necessitavam espaço para serem divulgadas. Estes foram os ingredientes para que surgisse outro periódico, em março de 1985, denominado Cirurgia Vascular & Angiologia, editada pelos colegas Antonio Carlos Simi, Adib S. Bouabci e Bonno van Bellen. Embora fosse originalmente um periódico particular, propunha-se a ser órgão de divulgação das atividades científicas da Regional São Paulo da Sociedade Brasileira de Angiologia. A partir de 1991 passa a ser também órgão divulgador da Regional Rio Grande do Sul da SBACV. Editada trimestralmente perdurou, até dezembro de 2001, como o único periódico nacional direcionado exclusivamente para a Angiologia e a Cirurgia Vascular.

Com a modernização, crescimento e amadurecimento de nossa Sociedade veio a necessidade de termos uma revista de propriedade da SBACV. Afinal, estávamos no século XXI e a SBACV às vésperas de completar 50 anos. Era um verdadeiro desafio, cujo Presidente da época, Dr. Márcio Leal de Meirelles, decidiu enfrentar, entregando a responsabilidade da criação da revista a seu Diretor de Publicações, Dr. Telmo Bonamigo. A escolha não poderia ter sido melhor. Acreditando desde início no projeto, o Dr. Bonamigo se dedicou integralmente à criação de um periódico que ao mesmo tempo pudesse bem representar a SBACV e reunir publicações à altura das exigências científicas do momento que vivíamos. A tarefa não era fácil, porém graças à dedicação, competência e obstinação do Dr. Bonamigo, aliada à plena confiança depositada pelo Dr. Márcio e pelos demais membros da SBACV nascia, em junho de 2002, o Jornal Vascular Brasileiro. E já nascia ousado, acompanhado de uma versão eletrônica e, a cada seis meses, de uma compilação dos artigos em uma versão em inglês, o Brazilian Vascular Journal. Em pouco tempo o Jornal Vascular Brasileiro se tornou conhecido, confiável e auto-sustentável para a Sociedade. Também em pouco tempo, graças ao trabalho do editor, do conselho editorial, dos revisores e dos autores que acreditaram na revista ela se tornou indexada, a ponto de em pouco mais de três anos ter recebido a indexação no SciELO. Em conseqüência dessa indexação alguns ajustes foram necessários, tais como a suspensão da versão em inglês pelo fato da concomitância de referências, devidamente explicadas em editorial anterior (J Vasc Bras. 2006;5(3):165-6), embora a versão eletrônica possa ser acessada através do site da SBACV, da própria revista (www.jvascbr.com.br) ou através do site da SciELO, simultaneamente com a edição em papel,

Mantendo a regularidade trimestral, a quantidade de artigos e a proporção das diferentes categorias de publicações, entre outras exigências, permitiram que o Jornal Vascular Brasileiro atualmente esteja indexado em seis órgãos internacionais que permitem uma maior visibilidade de nossa produção científica. O grande objetivo atual do Editor-Chefe, Dr. Winston B. Yoshida, embora reconhecidamente de difícil obtenção, é a indexação no MEDLINE. No entanto, conhecendo a força dos editores da revista, a importância que representa para a nossa Sociedade, além da credibilidade alcançada em tão pouco tempo, confirmada pelas diversas indexações obtidas, e especialmente pelo potencial dos membros de nossa Sociedade, não tenho dúvida de que este objetivo também será alcançado em tempo menor ao que habitualmente tem ocorrido.

Enquanto esperamos por este momento, registro o reconhecimento da SBACV a todos aqueles que se envolveram direta e indiretamente nesse projeto, ao mesmo instante em que os convido para brindarmos pela passagem do quinto ano de sua existência de sucesso e para prepararmos nossos artigos para enviar à genuína revista da SBACV — o Jornal Vascular Brasileiro.

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons