SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.7 número2Angioplastia infrapoplítea: quanto mais artérias tratar, melhor?Trauma vascular índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Jornal Vascular Brasileiro

versão impressa ISSN 1677-5449

J. vasc. bras. v.7 n.2 Porto Alegre jun. 2008

http://dx.doi.org/10.1590/S1677-54492008000200017 

RESUMO DE TESE

 

Avaliação do acometimento arterial por ultra-sonografia Doppler em pacientes com esclerose sistêmica no Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco

 

 

Emmanuelle Tenório Albuquerque Madruga Godoi

Especialista em Angiologia e Ultra-Sonografia Doppler, Universidade Paul Sabatier, Toulouse, França. Especialista em Angiologia, SBACV. Sócia efetiva, SBACV

 

 


RESUMO

INTRODUÇÃO: A esclerose sistêmica é uma doença difusa do tecido conjuntivo. Apesar de as alterações na microcirculação serem um dos marcadores da esclerose sistêmica, o acometimento das artérias de grande e médio calibre também pode estar presente e não tem sido largamente reconhecido.
OBJETIVO: Avaliar a ocorrência e distribuição das alterações das artérias de grande e médio calibre nos pacientes com esclerose sistêmica através da ultra-sonografia Doppler e do índice tornozelo-braço, além da associação desses achados com forma clínica, características demográficas, tempo de evolução da doença, fenômeno de Raynaud, alterações digitais, ulcerações de membros, reabsorção de falange e amputação, bem como fatores de risco da doença ateromatosa (tabagismo, hipertensão arterial sistêmica, diabetes melito e dislipidemia) e antecedentes da doença ateromatosa.
MÉTODOS: Estudo prospectivo, tipo série de casos, constituído de 20 pacientes, sendo 19 do sexo feminino, com idade média de 46,30 anos. Todos os pacientes apresentaram fenômeno de Raynaud objetivo; 85%, a forma clínica difusa da esclerose sistêmica; 55%, alteração de polpa digital; 15%, úlcera atual de membros; 25%, reabsorção de falange; e 70%, de um a quatro fatores de risco da doença ateromatosa. Foram estudadas, pela ultra-sonografia Doppler, as artérias aorta e carótida dos membros inferiores e superiores, para a avaliação de espessamento do complexo intimal-medial, presença de placas e aneurismas. Também foi realizado o índice tornozelo-braço.
RESULTADOS: O índice tornozelo-braço foi normal em todos os pacientes, e 12 (60%) destes apresentaram alterações nas artérias de grande e médio calibre pela ultra-sonografia Doppler: nove pacientes (45%) apresentaram alterações na aorta, seis (30%) nas carótidas, uma (5%) nas artérias dos membros superiores e sete (35%) nas dos membros inferiores. Observou-se associação entre as alterações nas artérias de grande e médio calibre e alterações de polpas digitais (p = 0,0045). Verificou-se associação significante entre as alterações nas artérias de grande e médio calibre e as alterações atuais de polpas digitais.
CONCLUSÕES: As alterações nas artérias de grande e médio calibre foram identificadas em 60% dos pacientes através da ultra-sonografia Doppler, mas não pelo índice tornozelo-braço, que foi normal em todos. Verificou-se associação significante da doença macrovascular com as alterações atuais de polpas digitais, o que não ocorreu com as demais variáveis estudadas.

Palavras-chave: Esclerose sistêmica, aterosclerose, arterioesclerose, ultra-sonografia, ultra-som Doppler.

 

 

Resumo submetido em 13.12.07, aceito em 25.02.08.

 

 

Dissertação apresentada ao colegiado do Programa de Pós-Graduação em Saúde do Adulto e do Idoso, Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), em 09/03/07, para a obtenção do título de Mestre. Trabalho realizado no Hospital das Clínicas da UFPE e no Hospital Agamenon Magalhães.
Orientadora: Profa. Dra. Ângela Luzia Branco Pinto Duarte
Co-orientadora: Profa. Dra. Jocelene Tenório Albuquerque Madruga Godoi
Banca: Prof. Dr. Edgar Guimarães Victor, Prof. Dr. Silvio Romero de Barros Marques, Prof. Dr. Samuel Kosminsky
Não foram declarados conflitos de interesse associados à publicação deste resumo de tese.
E-mail: godoiemmanuelle@hotmail.com