SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.10 issue2Relevance of business archives to the historical research on management in Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Article

Indicators

Related links

  • On index processCited by Google
  • Have no similar articlesSimilars in SciELO
  • On index processSimilars in Google

Share


Cadernos EBAPE.BR

On-line version ISSN 1679-3951

Cad. EBAPE.BR vol.10 no.2 Rio de Janeiro June 2012

http://dx.doi.org/10.1590/S1679-39512012000200001 

EDITORIAL

 

 

Retomamos neste número 2, de junho de 2012, o debate que iniciamos na seção Opinião em dezembro de 2011 a respeito das necessárias reflexões sobre ensino e pesquisa em Administração. No ensaio "O produtivismo e suas anomalias", Christiane Kleinubing Godoi e Wlamir Gonçalves Xavier destacam a importância do III Encontro de Ensino e Pesquisa como espaço indutor do debate e de reflexões críticas sobre problemas específicos considerados relevantes para a área. E com base nos textos dos painelistas, publicados na seção Opinião (v. 9, n. 4 de 2011), Maria Ester de Freitas, Alexandre Faria e Rafael Alcadipani discutem o que significa ensinar e pesquisar no Brasil, e o que pode ser considerado trabalho de qualidade. Convidamos a comunidade acadêmica a contribuir para a continuidade deste debate.

Em paralelo, estamos abertos às submissões para as chamadas de trabalhos que organizamos para o número de setembro de 2012, que será focado nos debates e implicações da Rio+20, bem como para o número de junho de 2013, com o tema Desenvolvimento-Gestão/Desenvolvimento & Gestão; Development-Management/Development & Management.

Ainda na seção "Opinião", publicamos um ensaio de autoria de Katarzyna Kosmala e Miguel Imas, intitulado "Favela is Painting. An UrbansparkZ/Art Installation of Social Commitment and Organizational Change". Os autores destacam os desdobramentos sociais e organizacionais do projeto Favela Painting, no Brasil, com base no conceito de UrbansparkZ.

Este número está organizado em dez artigos. No primeiro, "Importância dos arquivos empresariais para a pesquisa histórica em Administração no Brasil", Diego Maganhotto Coraiola destaca a necessidade de discussão e avaliação da atual situação dos arquivos empresariais brasileiros a fim de promover o desenvolvimento de ações e projetos de melhoria voltados à preservação e disponibilização de arquivos empresariais para a pesquisa na área de Organizações. Na opinião do autor, trata-se de etapa necessária e fundamental para garantir a disponibilidade de matéria-prima para pesquisas dedicadas a desvendar a história das empresas e do desenvolvimento da Administração no Brasil.

Em "Pós-modernidade nos estudos organizacionais: equívocos, antagonismos e dilemas", Eloisio Moulin de Souza analisa aspectos ontológicos e epistemológicos relacionados à Pós-modernidade para entender se esta é ontologia, epistemologia ou ambos, e os possíveis equívocos existentes em sua utilização nos estudos organizacionais.

Elisa Zwick; Marília Paula dos Reis Teixeira; José Roberto Pereira e Ana Alice Vilas Boas, no artigo "Administração pública tupiniquim: reflexões a partir da Teoria N e da Teoria P de Guerreiro Ramos", promovem uma reflexão sobre a administração pública brasileira contemporânea valendo-se do enfoque da Teoria N e da Teoria P de Guerreiro Ramos. Afirmam que a hibridização institui um novo modelo de gerir a coisa pública, formando o que se denomina "administração pública tupiniquim" e se apresenta como uma administração pública flexibilizada, que absorve elementos de vários modelos e experiências ao longo da história no Brasil e no exterior.

No artigo "Interdisciplinaridade e complexidade no curso de graduação em Administração", de autoria de Nério Amboni; Rui Otávio Bernardes de Andrade; Arnaldo Jose de Lima e Isabela Regina Fornari Muller, são discutidos as bases, a metodologia de operacionalização e os resultados do programa de integração horizontal e vertical de conteúdos programáticos implantados no 2º semestre de 2009, no curso de graduação em Administração em uma universidade pública estadual da região Sul do Brasil.

Gelson Silva Junquilho; Roberta Alvarenga de Almeida e Alfredo Leite da Silva, no artigo "As 'artes do fazer' gestão na escola pública: uma proposta de estudo", apresentam uma proposta teórico-epistemológica de estudo das 'artes do fazer' gestão na escola pública. A ideia é compreender como se re/constroem as 'artes do fazer' gestão no cotidiano das práticas sociais do diretor escolar e de sua comunidade escolar. Esperam contribuir para o avanço dos estudos sobre a gestão como prática, tratada como 'artes do fazer' na vida cotidiana das organizações.

Em "A alavanca que move o mundo: o discurso da mídia de negócios sobre o capitalismo empreendedor", Alessandra Mello Costa; Denise Franca Barros e Paulo Emílio Matos Martins, com base na perspectiva da teoria social do discurso de Norman Fairclough (2001), objetivam identificar e discutir possíveis implicações nas relações de trabalho contemporâneas da criação e disseminação do conceito de "empreendedorismo" pelas revistas de negócios. Os resultados da pesquisa permitiram a identificação e a seleção de três objetos discursivos - capitalismo empreendedor, ascensão econômica no livre mercado e herói global - vinculados ao tema "empreendedorismo".

Amon Narciso de Barros; Wescley Silva Xavier; Rafaela Costa Cruz; Alexandre de Pádua Carrieri e Gusttavo Cesar Lima, no artigo "O ethos capitalista weberiano e a afetividade no comércio mineiro", questionam o ethos capitalista weberiano no contexto do comércio mineiro de meados do século XX. Verificam neste trabalho que os comerciantes estudados caracterizam-se como um tipo híbrido, em que aspectos afetivos, morais e racionais se entrecruzam, entre um "moderno" e um "tradicional" conforme definidos por Weber.

O artigo "Sob as sombras do discurso colonial: subalternidade e configurações de gênero em uma lavanderia do interior de Minas Gerais", da autoria de Alexandre Reis Rosa, Cintia Rodrigues de Oliveira Medeiros e Valdir Machado Valadão Júnior, surpreende-nos pelo tema e abordagem. Os autores analisam as configurações de gênero em uma lavanderia comunitária, na qual trabalham apenas mulheres sob a liderança de uma mulher negra e pobre. O artigo está fundamentado nas reflexões sobre a subalternidade feminina para compreender a dinâmica de gênero. Traz à tona questões pouco observadas pelas teorias tradicionais, principalmente as de caráter dual que abordam gênero como uma simples relação entre sexos.

Em "Motivações e significados do abandono de categoria: aprendizados a partir da investigação com ex-fumantes e ex-proprietários de automóveis", as autoras Maribel Carvalho Suarez; Marie Agnes Chauvel e Leticia Moreira Casotti investigam por que os indivíduos tomam a decisão de abandono de categoria, tendo em vista diferentes contextos de estímulo e questionamento ao consumo.

Carla Madalena Alves Fernandes; Rodrigo Bandeira-de-Mello e Pedro Pinto Zanni, em "O papel dos fatores políticos no processo de internacionalização de empresas", analisam o papel dos fatores políticos e sua relação com os fatores mercadológicos no processo de internacionalização de empresas multinacionais. Concluem que a posse de capacidades e recursos técnicos e de know-how necessários à entrada e consolidação da empresa no Brasil foram condições necessárias, mas não suficientes para viabilizar o processo de internacionalização da Energias de Portugal (EDP) no Brasil.

Desejo uma boa leitura!

 

Ana Lucia Guedes
Editora

Creative Commons License