SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 issue1A new cycleNurses' perception of the management of chronic non-malignant pain with opioids author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Dor

Print version ISSN 1806-0013

Rev. dor vol.14 no.1 São Paulo Jan./Mar. 2013

https://doi.org/10.1590/S1806-00132013000100002 

EDITORIAL

 

Ano mundial contra a dor visceral

 

 

A Sociedade Brasileira para o Estudo da Dor, como uma das federadas da Associação Internacional para o Estudo da Dor está engajada na campanha global contra a dor visceral que iniciou na metade de outubro de 2012 e termina em outubro de 2013.

O objetivo é reunir forças em todo o mundo para esclarecer os profissionais da área da saúde e os doentes sobre a DOR VISCERAL, doença que de modo sub-reptício inferniza a vida de milhões de pessoas, incapacitando-as para a vida social e laboral.

A dor visceral é uma das razões mais comuns para busca de tratamento ambulatorial ou hospitalar e está associada a diversos tipos de dor crônica, especialmente no tórax e abdômen, e os custos do sistema de saúde associados à dor visceral, especialmente à dor abdominal são elevados.

Apresenta alta prevalência uma vez que em torno de 25% da população relata alguma algia visceral durante sua vida. Vamos nos unir nessa campanha para disseminar informações sobre a fisiopatologia e tratamento da dor visceral em todos os recantos de nosso pais; educando os profissionais da saúde para que observem os problemas associados à dor visceral em suas interações com os pacientes, aumentando a conscientização sobre a necessidade de controlar a dor visceral entre autoridades governamentais, profissionais da mídia e o público em geral.

Juntem-se a nós nessa meritória campanha, vamos dizer NÃO a DOR VISCERAL!

 

Irimar de Paula Posso
Diretor Administrativo

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License