SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.12 issue2Effect of the sequence of aerobic and resistance exercise on physical fitness in women over the age of 50 yearsHome advantage in the Brazilian soccer championship: effect of game location and team quality author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano

On-line version ISSN 1980-0037

Rev. bras. cineantropom. desempenho hum. vol.12 no.2 Florianópolis Mar./Apr. 2010

http://dx.doi.org/10.5007/1980-0037.2010v12n2p140 

ARTIGO ORIGINAL

 

Atividades Físicas em instituições de ensino infantil: uma abordagem bioecológica

 

Games and playthings in a child day care center: a bioecological approach

 

 

Rute Estanislava Tolocka; Ana Lucia Brollo

Universidade Metodista de Piracicaba. Programa de Pós-Gradução em Educação Física. Piracicaba, SP. Brasil.

Correspondencia para

 

 


RESUMO

Mudanças sociais têm contribuído para a diminuição de oportunidades para as crianças praticarem atividades físicas; crianças têm sido levadas para instituições de ensino infantil, onde as oportunidades de brincar são insuficientes, perdendo benefícios que tal prática pode trazer. O objetivo deste estudo foi analisar a relação entre atividades físicas  lúdicas e o  desenvolvimento infantil. Trata-se de um estudo descritivo que observou 68 crianças de ambos os sexos, entre 4 e 6 anos de idade, de uma Instituição de Ensino Infantil em uma cidade do interior de São Paulo.  Um programa com jogos e brincadeiras foi oferecido duas vezes por semana e foi realizado um evento com outras crianças. Foram analisadas atividades, papéis sociais, relações interpessoais, emoções e características pessoais. Houve evolução nas relações interpessoais e desenvolvimento de relações sociais, bem como, do controle emocional. As principais emoções básicas foram expressas e também diversas características das crianças. Assim, introduzir jogos e brincadeiras na escola pode contribuir para o desenvolvimento e engajamento infantil  em atividades físicas.

Palavras-chave: Jogos e Brinquedos; Desenvolvimento Infantil; Meio Ambiente; Creches


ABSTRACT

Social changes have contributed to decreased opportunities for children to perform physical activities. Children have been introduced in preschools where the opportunities of playing are insufficient, thus being deprived of the benefits of such activity. The aim of this study was to analyze the relationship between ludic physical activities and child development. A descriptive study was conducted on 68 children of both genders, aged 4 to 6 years, from a public child day care center. A physical education program was offered twice per week and an event involving other children was carried out. Activities, social roles, interpersonal relations, emotions, and personal characteristics were analyzed. Improvement was observed in interpersonal relations and social relationships, as well as in emotional control. Basic emotions and different child characteristics were expressed. Thus, the introduction of games and playthings at school may contribute to child development and to the engagement of children in physical activities.

Keywords: Games and Playthings; Child Development; Environment; Child Day Care Centers


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Silva JVP, Tolocka RE, Marcellino NC. Lazer Infantil: direitos legais, transformações sociais e implicações ao crescimento e habilidades motoras básicas. Licere 2006;9(1):81-96.         [ Links ]

Batista R. A rotina no dia-a-dia da creche: entre o proposto e o vivido. [Dissertação de Mestrado – Programa de Pós Graduação em Educação]. Florianópolis: Universidade Federal de Santa Catarina, 1998.         [ Links ]

Ozer EJ, The effects of school gardens on students and schools: conceptualization and considerations for maximizing healthy development. Health Educ Behav 2007;34(6):846-863.         [ Links ]

Lima AB, Bhering E. Um estudo sobre creches como ambiente de desenvolvimento. Cad Pesqu 2006;36(129):573-596.         [ Links ]

Bronfenbrenner U, Evans GW. Developmental science in the 21 century: Emerging questions, theoretical models, research designs and empirical findings. Social Development 2000;9(1):115-125.         [ Links ]

Bronfenbrenner U; Morris, P. A. The Ecology of Developmental Process. In: Pedro, J. G. editor. Stress and Violence in Childhood and Youth. Faculdade de Medicina, Universidade de Lisboa, Lisboa, 1999. p.21-95.         [ Links ]

Bronfenbrenner U. The bioecological theory of human development. In: Bronfenbrenner, U. editor Making human beings human: Bioecological perspectives on human development. Sage Publication, Inc, 2005.         [ Links ]

Bronfenbrenner U, Morris PA. The Bioecological Model of Human Development. In: Damon W, Lerner RM. Editors. Handbook of Child Psychology: Theoretical Models of Human Development. 2006. p.793-825.         [ Links ]

Krebs RJ. Proximal processes as the primary engines of development. Int J Sport Psychol 2009;40(1):219-228.         [ Links ]

Krebs RJ, Copetti F, Serpa S, Araújo D. Disposições pessoais de tenistas jovens: um estudo fundamentado na teoria Bioecológica de Bronfenbrenner. Rev Bras Psicol Esporte 2008;2(2):1-24.         [ Links ]

Krebs RJ. Bronfenbrenner's Bioecological Theory of Human Development and the process of development of sports talent. Int J Sport Psychol 2009;40(1):108-135.         [ Links ]

Ramalho MHS. O recreio pré-escolar e a motricidade infantil na perspectiva da teoria da ecologia do desenvolvimento humano. [Tese de Doutorado - Programa de Pós-Graduação em Ciência do Movimento Humano]. Santa Maria (RS): Universidade Federal de Santa Maria; 1996.         [ Links ]

De Marco M. Manifestações emocionais em atividades motoras de crianças de 5 a 6 anos de idade da Educação Infantil. [Dissertação de Mestrado – Programa de Pós Graduação em Educação Física]. Piracicaba (SP): Universidade Metodista de Piracicaba; 2006.         [ Links ]

Eisenmann JC, Gentile DA, Welk GJ, Callahan R, Strickland S, Walsh M, et al. Switch: rationale, design, and implementation of a community, school, and family-based intervention to modify behaviors related to childhood obesity. BMC Public Health 2008;29(8):223-243.         [ Links ]

Mendoza JA, Zimmerman FJ, Christakis DA. Television viewing, computer use, obesity, and adiposity in US preschool children. Int J Behav Nutr Phys Act 2007; 25(4):44-54.         [ Links ]

Berleze A, Haeffner LSB, Valentini NC. Desempenho motor de crianças obesas: uma investigação do processo e produto de habilidades motoras fundamentais. Rev Bras Cineantropom Desempenho Hum 2007; 9(2):134-144.         [ Links ]

Bigotti S, Tolocka RE. Desenvolvimento motor, gênero e medidas antropométricas em crianças na infância avançada. Temas Desenvolv 2005;14(84):49-56.         [ Links ]

Gomes R. A análise de dados em pesquisa qualitativa. In: Minayo Mcs, Cruz Neto O, Gomes R. Organizador. Pesquisa social: teoria, método e criatividade. 21 ed. Petrópolis-RJ: Vozes, 2002.p. 45-60.         [ Links ]

Freire JB, Goda C. Fabricando: as oficinas do jogo como proposta educacional nas séries iniciais do ensino fundamental. Movimento 2008;14(1):111-134.         [ Links ]

Machado Z, Krebs RJ. Crescimento físico de escolares da Ilha de Santa Catarina. Rev Bras Cineantropom Desempenho Hum 2001;3(1): 7-17.         [ Links ]

 

 

Endereço para correspondência:
Rute Estanislava Tolocka
Universidade Metodista de Piracicaba. Curso de Mestrado em Educação Física.
Caixa Postal 68; Campus Taquaral – Rodovia do Açúcar Km 156. 
CEP: 13400-911- Piracicaba. SP. Brasil.
Email: tkiva05@yahoo.com.br

Recebido em 07/02/09
Revisado em 11/05/09
Aprovado em 23/06/09

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License