SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.22 número2CRESCIMENTO INICIAL DE Tabebuia aurea SOB TRÊS INTENSIDADES LUMINOSASEFEITO DO SOMBREAMENTO E DO SUBSTRATO SOBRE A GERMINAÇÃO E O CRESCIMENTO DE PLÂNTULAS DE Acacia mangium E Acacia mearnsii índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ciência Florestal

versão impressa ISSN 0103-9954versão On-line ISSN 1980-5098

Ciênc. Florest. vol.22 no.2 Santa Maria abr./jun. 2012

https://doi.org/10.5902/198050985734 

Artigo

SELEÇÃO PRECOCE DE PROGÊNIES DE Pinus radiata A Sphaeropsis sapinea

EARLY SELECTION OF Pinus radiata PROGENIES TO Sphaeropsis sapinea

Paula Rachel Rabelo Corrêa1 

Celso Garcia Auer2 

Alvaro Figueredo dos Santos3 

Antonio Rioyei Higa4 

1. Bióloga, Doutoranda do Programa de Pós-graduação em Engenharia Florestal, Centro de Ciências Florestais e da Madeira, Universidade Federal do Paraná, Av Lothário Meissner, 900, CEP 80210-170, Curitiba (PR). Bolsista Capes. rabelocorrea@hotmail.com

2. Engenheiro Florestal, Dr, Pesquisador da Embrapa Florestas, Estrada da Ribeira Km 111, s/n, Caixa Postal 319, CEP 83411-000, Colombo (PR). auer@cnpf.embrapa.br

3. Engenheiro Agrônomo, Dr, Pesquisador da Embrapa Florestas, Estrada da Ribeira Km 111, s/n, Caixa Postal 319, CEP 83411-000, Colombo (PR). alvaro@cnpf.embrapa.br

4. Engenheiro Florestal, PhD., Professor Adjunto de Engenharia Florestal, Centro de Ciências Florestais e da Madeira, Universidade Federal do Paraná, Av Lothário Meissner, 900, CEP 80210-170, Curitiba (PR). higa@ufpr.br


RESUMO

Sphaeropsis sapinea é um importante patógeno para Pinus radiata, causando seca de ponteiros e morte de árvores, em plantios comerciais. Este estudo teve como objetivo selecionar progênies de Pinus radiata resistentes ao patógeno. Mudas de 16 progênies de Pinus radiata foram inoculadas com três isolados monospóricos do patógeno, em condição de casa de vegetação. Foram avaliados o comprimento das lesões e o grau de secamento dos ponteiros. Os resultados indicaram que a metodologia de seleção precoce foi adequada para selecionar progênies de Pinus radiata resistentes ao Sphaeropsis sapinea. A herdabilidade média das progênies variou de acordo com o isolado testado e o critério de seleção utilizado.

Palavras-chave: Pinus; resistência; seleção

ABSTRACT

Sphaeropsis sapinea is an important pathogen for some Pinus radiata causing tip blight and death of trees, in commercial plantings. This study was developed to select Pinus radiata progenies resistant to the pathogen, for new plantings in Brazil. Seedlings tips of 16 Pinus radiata progenies were inoculated with three pathogen monosporic isolates of Sphaeropsis sapinea, under greenhouse conditions. Lesions length and tip blight degree were evaluated. Responses of progenies to the pathogen varied according to tested isolate. The results indicated that early selection methodology was adequate to select Pinus radiata progenies resistant against Sphaeropsis sapinea. Average heritability of the progenies varied according to tested isolate and the selection criterion used.

Keywords :  pine; resistance; selection

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

ABRAF. Anuário estatístico da ABRAF. 2010. Ano Base 2009. Brasília, 2010. 140p. [ Links ]

AUER, C. G. et al. Doenças em Pinus: identificação e controle. Colombo: Embrapa Florestas, 2001. 28p. (Circular Técnica, 48). [ Links ]

AUER, C. G. et al. Doenças presentes em pinus. Revista da Madeira, Curitiba, v. 16, n. 99, p.78-80, 2006. [ Links ]

AUER, C. G. et al. Metodologia para esporulação e produção de culturas monospóricas de Sphaeropsis sapinea. Pesquisa Florestal Brasileira, Colombo, v. 54, p. 145-147, 2007. [ Links ]

BASÍLIO, P. R. R. C. Caracterização de isolados de Sphaeropsis sapinea e avaliação da resistência em progênies de Pinus radiata. 2008. 100 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal)- Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2008. [ Links ]

BLODGETT, J. T.; BONELLO, P. The aggressiveness of Sphaeropsis sapinea on Austrian pine varies with isolate group and site of infection. Forest Pathology, Berlin, v. 33, n.1, p.15-19, 2003. [ Links ]

BLODGETT, J. T.; STANOSZ, G. R. Differences in aggressiveness of Sphaeropsis sapinea RAPD marker group isolates on several conifers. Plant Disease, Saint Paul, v. 83, n.9, p.853-856, 1999. [ Links ]

BURDON, R. D. et al. Responses to inoculation with Diplodia pinea in progenies of apparently resistant trees of Pinus radiata. Australian Journal of Plant Pathology, Melbourne, v.11, n. 4, p.37-39, 1982. [ Links ]

CAMERON, R. J. The propagation of Pinus radiata by cuttings: influences affecting the rooting of cuttings. New Zealand Journal of Forestry, Rotorua, v. 13, n.1, p.78-89, 1968. [ Links ]

CORRÊA, P. R. R. et al. Metodologia de avaliação da agressividade de isolados de Sphaeropsis sapinea em Pinus taeda. Floresta, Curitiba, v. 41, n. 2, p. 347-354, jun. 2011. (no prelo) [ Links ]

CRUZ, C. D. Princípios de Genética Quantitativa. Viçosa: UFV, 2005. 394p. [ Links ]

DE WET, J. et al. Characterization of Sphaeropsis sapinea isolates from South Africa, Mexico and Indonesia. Plant Disease , Saint Paul, v. 84, n. 2, p. 151-156, 2000. [ Links ]

FURLAN, R. A. et al. Estrutura genética de populações de melhoramento de Pinus caribaea var. hondurensis por meio de marcadores microssatélites. Bragantia, Campinas, v. 66, n. 4, p.553-563, 2007. [ Links ]

NEW ZEALAND TRADE AND ENTERPRISE. Chile Country Brief. 2005. Disponível em: <Disponível em: https://www.nzte.govt.nz/ >. Acesso em: 20 de dezembro de 2010. [ Links ]

RESENDE, M. D. V. Genética biométrica e estatística no melhoramento de plantas perenes. Brasilia: Embrapa Informação Tecnológica, 2002, 975p. [ Links ]

SHIMIZU, J. Y. Pinus na silvicultura brasileira. Colombo: Embrapa Florestas . 2008. 223p. [ Links ]

STANOSZ, G. R. Evaluation, distribution and structure of epidemic populations of Sphaeropsis sapinea. Project NC-EM-03-04. Disponível em: <Disponível em: http://fhm.fs.fed.us/em/funded/04/eval_sphaeropsis_sapinea.pdf > Acesso em: 25 de fevereiro de 2011. [ Links ]

SWART, W. J.; WINGFIELD, M. J. Biology and control of Sphaeropsis sapinea on Pinus species in South Africa. Plant Disease , St. Paul, v.75, n. 8, p.761-766, 1991. [ Links ]

TORO, J.; GESSEL, S.P. Radiata pine plantations in Chile. New Forests, Dordrecht, v. 18, n. 1, p. 33- 44, 1999. [ Links ]

TURNER, J.; LAMBERT, M. J. Nutrition and nutritional relationships of Pinus radiata. Annual Review of Ecology and Systematics, Palo Alto, v.17, n.11 p. 325-350, Nov. 1986. [ Links ]

Creative Commons License Este é um artigo publicado em acesso aberto sob uma licença Creative Commons