SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 número3DIVERTIFYING TEACHING STRATEGIES FOR THE TEACHING OF SCIENCE IN THE DIALOGICAL RECONSTRUCTION OF TEACHING ACTION/REFLECTIONTHE TREATMENT OF PROCESS PLURALISM AND EVO-DEVO IN EVOLUTIONARY BIOLOGY AND VERTEBRATE ZOOLOGY TEXTBOOKS índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

Compartir


Ensaio Pesquisa em Educação em Ciências (Belo Horizonte)

versión impresa ISSN 1415-2150versión On-line ISSN 1983-2117

Ens. Pesqui. Educ. Ciênc. (Belo Horizonte) vol.15 no.3 Belo Horizonte sept./dic. 2013

http://dx.doi.org/10.1590/1983-21172011150311 

Artigos

A RECEPÇÃO DA EPISTEMOLOGIA DE FLECK PELA PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS NO

THE RECEPTION OF THE EPISTEMOLOGY OF FLECK FOR THE RESEARCH IN SCIENCE EDUCATION

Leonir Lorenzetti 1  

Cristiane Muenchen 2  

Iône Inês Pinsson Slongo 3  

1Universidade do Alto Vale do Rio do Peixe-UNIARP, Caçador-SC.

2Departamento de Física e Programa de Pós-Graduação em Ciências: Química da Vida e Saúde da Universidade Federal de Santa Maria. Santa Maria-RS

3Universidade Federal da Fronteira Sul, Chapecó-SC.


RESUMO

Este artigo apresenta um estudo que investigou a recepção da epistemologia de Ludwik Fleck pela pesquisa em Educação em Ciências. Foram analisadas teses e dissertações produzidas no período de 1995 a 2010, em programas nacionais de pós-graduação. Os dados apontam que na década de 1990 surgiram os primeiros estudos e que há uma concentração de trabalhos em instituições do Sul do Brasil, notadamente na UFSC, especialmente na área da Educação em Ciências, estando o maior volume de estudos concentrados nos eixos "emergência de um fato científico", "formação de professores" e "análise da produção acadêmica". Destaca-se a significativa contribuição das categorias epistemológicas "estilo de pensamento", "coletivo de pensamento" e "circulação intra e intercoletiva de ideias" no processo de produção do conhecimento.

Palavras-Chave: Ludwik Fleck; Produção Acadêmica; Educação em Ciências.

ABSTRACT

This article presents a study that investigated the reception of the epistemology of Ludwik Fleck for the inquiry in Science Education. Theses and dissertations produced in the period from 1995 to 2010, in national programs of post graduation, were analyzed. The data point that the first studies appeared in the decade of 1990 and that they were concentrated in institutions of the Southern Brazil, particularly in UFSC, especially in the area of the Science Education. The largest volume of studies are concentrated around the themes "emergence of a scientific fact", "teachers' formation" and "analysis of the academic production". It stands out that there was a significant contribution of the epistemological categories "style of thought", "collective of thought" and "circulation of intra and inter-collective ideas" in the process of knowledge production.

Key words: Ludwik Fleck; Academic Production, Education in Science.

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

REFERÊNCIAS

AMORIM, M. A. L. Parâmetros curriculares nacionais para o ensino médio e professores de biologia: dificuldades de interlocução. 2004. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis- SC, 2004. [ Links ]

ARAÚJO, R. L. C. da C. Doenças construção e realidade na formação dos médicos. Objeto Fronteira como instrumento de interação entre diferentes estilos de pensamento. 2002. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis- SC, 2002. [ Links ]

BACKES, V. M. S. Estilo de pensamento e práxis na enfermagem: a contribuição do estágio pré-profissional. 1999. Tese (Doutorado em Enfermagem) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis- SC, 1999. [ Links ]

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Portugal: Edições 70, 2008. [ Links ]

BERTONI, D. Um estudo dos estilos de pensamento biológico sobre o fenômeno vida. 2007. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Paraná, Curitiba- PR, 2007. [ Links ]

BISCHOFF, H. F. O estilo de pensamento em medicina estética: reflexões sobre as bases epistemológicas da formação médica. 2009. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Criciúma- SC, 2009. [ Links ]

CAVALLI, C. Reflexões sobre a educação física no SUS: uma análise a partir das dissertações e teses. 2009. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis- SC, 2009. [ Links ]

COSTA, N. L. Estilos de pensamento em acupuntura: uma análise epistemológica. 2009. Dissertação (Mestrado Profissionalizante em Saúde) - Universidade do Vale do Itajaí, Itajaí-SC, 2009. [ Links ]

CUTOLO, L. R. A. Estilo de pensamento em educação médica um estudo do currículo do curso de graduação em Medicina da UFSC. 2001. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis- SC, 2001. [ Links ]

DA ROS, M. A. Estilo de pensamento em educação médica: um estudo da produção da FSP-USP e ENSPFIOCRUZ entre 1948 e 1994, a partir de epistemologia de Ludwik Fleck. 2000. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis- SC, 2000. [ Links ]

DELIZOICOV, D. et al. Sociogênese do conhecimento e pesquisa em ensino: contribuições a partir do referencial fleckiano. Caderno Brasileiro do Ensino de Física. Florianópolis, SC, v. 19, número especial, p. 52-69, jun. 2002. [ Links ]

DELIZOICOV, D.; ANGOTTI, J. A.; PERNAMBUCO, M.M. Ensino de Ciências: fundamentos e métodos. São Paulo: Cortez, 2002. [ Links ]

DELIZOICOV, N. C. O professor de ciências naturais e o livro didático. 1995. Dissertação (Mestrado em Educação) -Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis- SC, 1995. [ Links ]

DELIZOICOV, N. C. O movimento do sangue no corpo humano: história e ensino. 2002. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis- SC, 2002. [ Links ]

FLECK, L. La génesis y el desarrollo de um hecho científico. Madrid: Alianza Editorial, 1986. [ Links ]

FLECK, L. Gênese e desenvolvimento de um fato científico. Belo Horizonte: Fabrefactum. 2010. [ Links ]

GOMES, D. Etiologia da cárie uma construção do estilo de pensamento. 2002. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis- SC, 2002. [ Links ]

GUEDES, C. R. A subjetividade como anomalia: estratégias médicas para lidar com os sintomas vagos e difusos em Biomedicina. 2007. Tese (Doutorado em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro - RJ, 2007. [ Links ]

KOIFMAN, L. A crítica do modelo biomédico na reformulação curricular do curso de Medicina da Universidade Federal Fluminense. 1996. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro - RJ, 1996. [ Links ]

KOSLOWSKI, A. A. Nas origens da estrutura das revoluções científicas: a influência de Fleck, Polanyi e Quine na filosofia da ciência de Thomas Samuel Kuhn. 2004. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis- SC, 2004. [ Links ]

LAMBACH, M. Atuação e formação dos professores de química na EJA: características dos estilos de pensamento - um olhar a partir de Fleck. 2007. Dissertação (Mestrado em Educação Científica e Tecnológica) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis- SC, 2007. [ Links ]

LEITE, R. C. M. A produção coletiva do conhecimento científico: um exemplo no ensino de genética. 2004. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis- SC, 2004. [ Links ]

LEITE, R. C. M.; FERRARI, N; DELIZOICOV, D. A história das leis de Mendel na perspectiva fleckiana. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, São Paulo-SP, v.1, n.2, p. 97-108, maio/ago. 2001. [ Links ]

LIMA, A. M. C. Estilo de pensar no ensino de medicina homeopática. 2003. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis- SC, 2003. [ Links ]

LIMA, L. C. de. A formação dos professores de ciências: uma abordagem epistemológica. 1999. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis - SC, 1999. [ Links ]

LIMA, L. C. de. Processo de planejamento e implantação do Parque Natural Municipal de Lages-SC com ênfase na conservação de bacias hidrográficas e na percepção da comunidade do entorno. 2007. Tese (Doutorado em Engenharia Ambiental) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis- SC, 2007. [ Links ]

LORENZETTI, L. Estilos de pensamento em educação ambiental: uma análise a partir das dissertações e teses. 2008. Tese (Doutorado em Educação Científica e Tecnológica) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis- SC, 2008. [ Links ]

LÖWY, I. Ludwik Fleck e a presente história das ciências. In: MANGUINHOS - HISTÓRIA, CIÊNCIAS, SAÚDE. Rio de Janeiro: Fiocruz, v. 1, n. 1, 1994a. [ Links ]

LÖWY, I. Fleck e a historiografia recente da pesquisa biomédica. In: PORTOCARRERO, V. (Org.) Filosofia, história e sociologia das ciências: abordagens contemporâneas. Rio de Janeiro: Fiocruz, 1994b. [ Links ]

LÖWY, I. Introduction: Ludwik Fleck's epistemology of medicine and biomedical sciences. Stud. Hist. Phil. Biol & Biomed. Sc., n. 35, p. 437-445, 2004. [ Links ]

LÜDKE, L. Formação de docentes para o SUS: um desafio sanitário e pedagógico. 2009. Dissertação (Mestrado Profissionalizante em Saúde) - Universidade do Vale do Itajaí, Itajaí- SC, 2009. [ Links ]

MACHADO, N. H. S. O ensinar e o aprender a fazer pesquisa. O real e o desejado. 2008. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade de Brasília, Brasília- DF, 2008. [ Links ]

MAEYAMA, M. A. Estilos de pensamento em odontologia social e preventiva: um estudo da disciplina de odontologia social e preventiva do curso de odontologia da UNIVALI. 2006. Dissertação (Mestrado Profissionalizante em Saúde) - Universidade do Vale do Itajaí, Itajaí- SC, 2006. [ Links ]

MEZALIRA, S. M. Enfoque CTS no ensino de ciências naturais a partir de publicações em eventos científicos no Brasil. 2008. Dissertação (Mestrado em Educação nas Ciências) - Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul, Ijuí- RS, 2008. [ Links ]

MUENCHEN, C. Disseminação dos três momentos pedagógicos: um estudo sobre práticas docentes na região de Santa Maria - RS. 2010. (Doutorado em Educação Científica e Tecnológica) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis- SC, 2010. [ Links ]

NEDER, C. J. Comunidade científica e natureza no pensamento de T. S. Kuhn. 2001. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro - RJ, 2001. [ Links ]

NOGUEIRA, M. I. Entre a conversão e o ecletismo: de como médicos brasileiros tornam-se "chineses". 2003. Tese (Doutorado em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro - RJ, 2003. [ Links ]

PARREIRAS, M. M. M. Ludwik Fleck e a historiografia da ciência: diagnóstico de um estilo de pensamento segundo as ciências da vida. 2006. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte - MG, 2006. [ Links ]

PFUETZENREITER, M. R. O ensino da medicina veterinária preventiva e saúde pública nos cursos de medicina veterinária: estudo de caso realizado na Universidade do Estado de Santa Catarina. 2003. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis- SC, 2003. [ Links ]

QUARESMA, S. J. L. A percepção do médico clínico em relação aos pacientes hipocondríacos e poliqueixosos que são atendidos no ambulatório do Hospital Universitário Professor Polydoro Ernani de São Thiago. 2005. Dissertação. (Mestrado em Sociologia Política) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis- SC, 2005. [ Links ]

QUEIRÓS, E. P. de; NARDI, R. Um panorama da epistemologia de Ludwik Fleck na pesquisa em ensino de ciências. In: ENCONTRO DE PESQUISA EM ENSINO DE FÍSICA, 11, 2008, Curitiba. Anais... Curitiba: SBF, 2008. p. 1-11. [ Links ]

SALLES, A. C. de. Nem gênios, nem heróis: a história da ciência em Ludwik Fleck. 2007. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte - MG, 2007. [ Links ]

SANTOS, A. L. G. dos. Uma Construção dos saberes sobre a epidemia de AIDS - os formulários de notificação de casos em perspectiva (1982-98). 1999. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro - RJ, 1999. [ Links ]

SANTOS, M. A. M. As diretrizes curriculares e o currículo de graduação em medicina da UNIVALI: construindo a interdisciplinaridade através dos objetos fronteiriços e da epistemologia de Fleck. 2005. Dissertação (Mestrado Profissionalizante em Saúde) - Universidade do Vale do Itajaí, Itajaí- SC, 2005. [ Links ]

SCHÄFER, L.; SCHNELLE, T.Los fundamentos de la visión sociológica de Ludwik Fleck de la teoria de la ciência. In: FLECK, L. La gênesis y el desarrollo de um hecho científico. Madrid: Alianza Editorial, 1986. [ Links ]

SCHEID, N. M. J. A contribuição da história da biologia na formação inicial de professores de ciências biológicas. 2006. Orientador: Nadir Ferrari. 2006. 215 f. Tese (Doutorado em Educação Científica e Tecnológica) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis- SC, 2006. [ Links ]

SILVA, W. B. da. A emergência da atenção farmacêutica: um olhar epistemológico e contribuições para o seu ensino. Orientador: Demétrio Delizoicov Neto. 2009. 305 f. Tese (Doutorado em Educação Científica e Tecnológica) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis- SC, 2009. [ Links ]

SKALINSKI, L. M. Epidemiologia e epidemiologia crítica: considerações sobre diferentes estilos de pensamento. 2008. 141 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis- SC, 2008. [ Links ]

SLONGO, Iône. Inês. Pinsson. A produção acadêmica em ensino de biologia: um estudo a partir de teses e dissertações. Orientador: Demétrio Delizoicov Neto. 2004. 364 f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis- SC, 2004. [ Links ]

TAVARES, A. L. C. O ensino de patologia humana e suas relações históricas com o estilo de pensamento a partir da análise de livros-texto. 2008. 112 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade de Brasília, Brasília- DF, 2008. [ Links ]

TESSER, Charles Dalcanale. Epistemologia contemporânea e saúde: a luta pela verdade e as práticas terapêuticas. Orientador: Gastão W. de S. Campos2004. 392 f. Tese (Doutorado em Saúde Coletiva) - Universidade Estadual de Campinas, Campinas- SP, 2004. [ Links ]

UCHÔA, Severina Alice da Costa. Os protocolos e a decisão médica: evidências e ou vivências? Orientador: Kenneth Rochel de Camargo. 2003. 135 f.Tese (Doutorado em Saúde Coletiva) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro - RJ, 2003. [ Links ]

*Leonir Lorenzetti - Doutor em Educação Científica e Tecnológica pela Universidade Federal de Santa Catarina. Professor da Universidade do Alto Vale do Rio do Peixe-UNIARP. E-mail: leonirlorenzetti22@gmail.com

**Cristiane Muenchen - Doutora em Educação Científica e Tecnológica pela Universidade Federal de Santa Catarina. Professora do Departamento de Física e do Programa de Pós-Graduação em Ciências: Química da Vida e Saúde da Universidade Federal de Santa Maria. E-mail: crismuenchen@yahoo.com.br

***Iône Inês Pinsson Slongo - Doutora em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina. Professora da Universidade Federal da Fronteira Sul. E-mail: ione.slongo@uffs.edu.br.

Recebido: 18 de Julho de 2011; Aceito: 20 de Julho de 2012

Creative Commons License This is an open-access article distributed under the terms of the Creative Commons Attribution License