SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 número51Incubação de redes locais de economia solidária: lições e aprendizados a partir da experiência do projeto Eco-Luzia e da metodologia da ITES/UFBA índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Organizações & Sociedade

versão On-line ISSN 1984-9230

Organ. Soc. vol.16 no.51 Salvador out./dez. 2009

http://dx.doi.org/10.1590/S1984-92302009000400008 

ARTIGOS

 

Empresas familiares do setor moveleiro e desenvolvimento local em Guarapuava - PR

 

Family business in the furniture sector and local development in Guarapuava, Parana State

 

 

Geverson GrzeszczeszynI; Hilka Vier MachadoII

IMestre em Administração pela Universidade Estadual de Maringá. Professor e pesquisador da Universidade Estadual do CentroOeste – Paraná, UNICENTRO. Endereço: Rua Salvatore Renna – Padre Salvador, 875, Bairro Santa Cruz. Guarapuava – PR. CEP: 85015430. Email: geverson@ymail.com
IIDoutora em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina. Pesquisadora do CNPq. Professora do Programa de Pós Graduação em Administração da Universidade Estadual de Maringá. Email: hilkavier@yahoo.com

 

 


RESUMO

Este estudo analisa a participação de empresas familiares no desenvolvimento local, especificamente empresas familiares moveleiras da cidade de Guarapuava – PR. Para a realização deste estudo qualitativo, buscaramse interpretações de sujeitos que atuam no poder público, de empresários e exempresários da indústria de móveis, e coleta de dados secundários. Os resultados mostram que a participação de empresas familiares da indústria de móveis no desenvolvimento local em Guarapuava ocorre por meio de: constituição de redes sociais informais de cooperação entre empresários moveleiros; participação em parcerias de negócios entre empresários moveleiros e com outras categorias empresariais; articulações de empresários moveleiros com representantes do poder público; dentre outras contribuições, como: geração de empregos, doações diversas e auxílios a pessoas e entidades. Não obstante, constataramse inúmeras dificuldades enfrentadas pelo poder público municipal quando da estruturação e efetivação de iniciativas públicas inovadoras de estímulo e apoio ao desenvolvimento do setor moveleiro, desde a década de 1980.

Palavras-chave: Empresas familiares. Desenvolvimento local. Empreendedorismo. Pequenas empresas. Políticas para desenvolvimento local.


ABSTRACT

This study analyzes the participation of family businesses in the local development, specifically furniture family businesses of the city of Guarapuava – PR, Brazil. For the accomplishment of this qualitative study, it was looked for interpretations of subjects that act in the public power; of entrepreneurs and formerentrepreneurs of the industry of pieces of furniture; and it collects of secondary data. The results show that the participation of family companies of the industry of pieces of furniture in the local development inGuarapuava happens through: constitution of informal social nets of cooperation among cabinetmakers entrepreneurs; participation in partnerships of businesses among cabinetmakers entrepreneurs and with other managerial categories; articulations of cabinetmakers entrepreneurs with representatives of the public power; among other contributions, as: generation of employments, several donations and aids to people and entities. In spite of, it was verified countless difficulties faced by the public power when of the structuring and execution of initiatives public incentive innovators and support to the development of the set of furniture, since the decade of 1980.

Key words: Family business. Local development. Entrepreneurship. Small business. Localdevelopment policy.


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

Referências

ALDRICH, H. E.; ELAM, A. B. Um guia para se surfar nas redes sociais. In: BIRLEY, S.; MUSYKA, D. F. (Org.). Dominando os desafios do empreendedor. São Paulo: Pearson Makron Books, 2001. p.120125.         [ Links ]

ANDRADE, D. M.; REZENDE, C. F.; REZENDE, D. C. Gestão e sucessão em empresas familiares: um estudo de caso no ramo de laticínios. In: ENCONTRO DE ESTUDOS SOBRE EMPREENDEDORISMO E GESTÃO DE PEQUENAS EMPRESAS –EGEPE, 3., 2003, Brasília. Anais... Brasília: UEM/UEL/UnB, 2003.         [ Links ]

ASTRACHAN, J. H.; SHANKER, M. C. Family businesses' contribution to the U.S. economy: a closer look. Family Business Review, Hoboken, NJ, USA, v.16, n.3, p.211-219, sept., 2003.         [ Links ]

AUKEN, H. V.; WERBEL, J. Family dynamic and family business financial performance: spousal commitment. Family Business Review, Hoboken, NJ, v.19, n.1, p.49-63, mar., 2006.         [ Links ]

ÁVILA, V. F. Pressupostos para formação educacional em desenvolvimento local.Interações: Revista Internacional de Desenvolvimento Local, Campo Grande, MS, v.1, n.1, p.6376, set., 2000.         [ Links ]

BARBOSA, A. F. et al. Desenvolvimento econômico e inclusão social. In: POCHMANN, M. (Org.) Reestruturação produtiva: perspectivas de desenvolvimento local com inclusão social. Petrópolis: Vozes, 2004. p.263-321.         [ Links ]

BAUER, M. W.; GASKELL, G. Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som: um manual prático. 5.ed. Petrópolis: Vozes, 2000.         [ Links ]

BELARDINELLI, S. The evolution of family institution and its impact on business and society. Family Business Review, Hoboken, NJ, USA, v.15, n.3, p.169-173, sept., 2002.         [ Links ]

BERNHOEFT, R. Empresa familiar: sucessão profissionalizada ou sobrevivênciacomprometida. São Paulo: Nobel, 1989.         [ Links ]

BIRD, B. et al. Family business research: the evolution of an academic field. Family Business Review, Hoboken, NJ, USA, v.15, n. 4, p.337-350, dec., 2002.         [ Links ]

BLUMENTRITT, T. The relationship between boards and planning in family businesses. Family Business Review, Hoboken, NJ, USA, v.19, n.1, p.65-72, mar., 2006.         [ Links ]

BRASIL. Lei n.10.257, de 10 de julho de 2001 (Estatuto da Cidade). Regulamenta os artigos 182 e 183 da Constituição Federal, estabelece diretrizes gerais da política urbana e dá outras providências. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil. Brasília, DF.         [ Links ]

BROSTOLIN, M. R. Desenvolvimento e educação em comunidades indígenas: uma parceria necessária. Interações: Revista Internacional de Desenvolvimento Local,Campo Grande,MS, v.3, n.5, p.21-24, sept., 2002.         [ Links ]

CASTELLS, M. A sociedade em rede. 6.ed. São Paulo: Paz e Terra, 1999.         [ Links ]

COSTA, F. J.; BATISTA, P. C. S. Profissionalização da empresa familiar: um estudo de caso numa escola privada. In: ENCONTRO DE ESTUDOS SOBREEMPREENDEDORISMO E GESTÃO DE PEQUENAS EMPRESAS – EGEPE, 3., 2003,Brasília. Anais... Brasília: UEM/UEL/UnB, 2003.         [ Links ]

CÔTÉ, S. L'insularité: ses atouts pour lê developpement local. Revue Organisations et Territoires, Québec, CA, v. 9, n.1, p.69-72, 2000.         [ Links ]

DANES, S. M.; OLSON, P. D. Women's role involvement in family businesses, business tensions, and business success. Family Business Review, Hoboken, NJ, USA, v.16, n.1, p.53-68, mar., 2003.         [ Links ]

DAVEL, E.; SILVA, J. C. S.; FISCHER, T. Desenvolvimento tridimensional das organizações familiares: avanços e desafios teóricos a partir de um estudo de caso, Organizações e Sociedade, Salvador, v.7, n.18, p.99-115, maio/ago., 2000.         [ Links ]

DONNELLEY, R. G. A empresa familiar. Revista de Administração de Empresas, São Paulo, v.7, n.23, p.161-198, out./dez., 1967.         [ Links ]

ECCEL, C. S.; CAVEDON, N. R.; CRAID, A. A empresa familiar Cachorro Quente do Rosário: entre a antropologia e a administração. In: ENCONTRO ANUAL DA ANPAD, 29., 2005, Brasília. Anais... Brasília: ANPAD, 2005.         [ Links ]

FISCHER, T. Está na hora de o Estado se fortalecer. Portal Gestão Social.11.12.2006. Disponível em: <http://www.gestaosocial.org.br/conteudo/noticias/entrevistas/entrevista. 20070104.400655 1156>. Acesso em: 06 jan. 2007.         [ Links ]

FRANCO, A. Questões em debate. Carta Rede Social n.106. 2006a. Disponível em: <http://augustodefranco.locaweb.com.br/cartas_comments.php?id=28_0_2_0_C>. Acesso em: 14 jan. 2007.         [ Links ]

FRITZ, R. Empresa familiar: uma visão empreendedora. São Paulo: Makon Books, 1993.         [ Links ]

FROEHLICH, J. M. O "local" na atribuição de sentido ao desenvolvimento. Revista Paranaense de Desenvolvimento, Curitiba, n.94, p.87-96, maio/dez., 1998.         [ Links ]

GERSICK, K. E. et al. De geração para geração: ciclos de vida das empresas familiares. Rio de Janeiro: Elsevier, 2006.         [ Links ]

GONZÁLEZ, R. R. Similitudes y diferencias de los programas de desarrollo local en Europa y América Latina. ¿Es posible establecer comparaciones? Interações:Revista Internacional de Desenvolvimento Local, Campo Grande, MS, v.1, n.1, p.712, set., 2000.         [ Links ]

GRZESZCZESZYN, G.; MACHADO, H. V. Empreendedorismo e empresas familiares: reflexões sobre a pesquisa. In: SEMINÁRIOS EM ADMINISTRAÇÃO – SEMEAD, 9., 2006, São Paulo. Anais... São Paulo: USP, 2006.         [ Links ]

GRZYBOVSKI, D. Plataforma de conhecimentos e aprendizagem transgeracional em empresas familiares. Lavras, MG: Universidade Federal de Lavras. 2007.         [ Links ]

______; LIMA, J. B. O conceito de família e o dilema metodológico nos estudos sobre empresas familiares. In: ENCONTRO NACIONAL DE ESTUDOSORGANIZACIONAIS ENEO, 3., 2004, São Paulo. Anais... São Paulo: ENEO, 2004.         [ Links ]

GUEIROS, M. M. B. Organizações familiares e o aprendizado gerencial: considerações sobre a contribuição dos processos de mentoria. In: ENCONTRO DE ESTUDOS SOBRE EMPREENDEDORISMO E GESTÃO DE PEQUENAS EMPRESAS – EGEPE,4., 2005, Curitiba, Anais... Curitiba, 2005.         [ Links ]

HAIR JR. et al. Fundamentos de métodos de pesquisa em administração. Porto Alegre: Bookman, 2005.         [ Links ]

HOFFMAN, J.; HOELSCHER, M.; SORENSON, R. Achieving sustained competitive advantage: a family capital theory. Family Business Review, Hoboken, NJ, USA, v.19, n.2, p.135-145, june., 2006.         [ Links ]

HUBLER, T. M. Forgiveness as an intervention in family – owned business: a new beginning. Family Business Review, Hoboken, NJ, USA, v.18, n.2, p.95-103, june., 2005.         [ Links ]

IFERA. International Family Enterprise Research Academy. Family businesses dominate. Family Business Review, Hoboken, NJ, USA,. v.16, n. 4, p. 235-240, dec., 2003.         [ Links ]

LANK, A. G. Pessoas, famílias e equipes: como evitar que a dinastia vire um episódio de Dallas. In: BIRLEY, S.; MUSYKA, D. F. (Org.). Dominando os desafios do empreendedor. São Paulo: Pearson Makron Books, 2001. p.130-135.         [ Links ]

LEE, J. Family firm performance: further evidence. Family Business Review, Hoboken,NJ, USA, v.19, n.2, p.103-114, june., 2006.         [ Links ]

LEONE, N. M. C. P. G. Sucessão na empresa familiar: preparando as mudanças para garantir sobrevivência no mercado globalizado. São Paulo: Atlas, 2005.         [ Links ]

LIGHTFOOT, G.; FOURNIER, V. As condições do cotidiano: organizando rotinas em negócios familiares. Organizações e Sociedade, Salvador, v.7, n.18, p.81-98, maio/ ago., 2000.         [ Links ]

LIMA, A. L. C. Abordagens teóricas sobre o desenvolvimento econômico local:idéias inovadoras no debate sobre essa antiga questão? Organizações e Sociedade, Salvador, v.7, n.18, p. 159182, maio/ago. 2000.         [ Links ]

LODI, J. B. A empresa familiar. 5.ed. São Paulo: Pioneira, 1998.         [ Links ]

MACHADO, H. V. Reflexões sobre concepções de família e empresas familiares. Psicologia em Estudo, Maringá, PR, v.10, n.2, p.317-323, maio/ago., 2005.         [ Links ]

MACHADO, H. P. V. Sucessão familiar e gênero: implicações para estudos sobre empresas familiares. In: ENCONTRO DE ESTUDOS SOBRE EMPREENDEDORISMO EGESTÃO DE PEQUENAS EMPRESAS – EGEPE, 3., 2003, Brasília. Anais... Brasília: UEM/UEL/ UnB, 2003.         [ Links ]

_____; NOGUEIRA, L. I.; GRZESZCZESZYN, G. Percepções do processosucessório pela visão de um sucedido: um estudo de caso. In: SEMANA DO ADMINISTRADOR/UEM e SEMINÁRIO PARANAENSE DE JOVENS EMPRESÁRIOS E EMPREENDEDORES, 24/5., 2004, Maringá. Anais... Maringá, PR, 2004.         [ Links ]

MARTÍN, J. C. Desarrollo local para un nuevo desarrollo rural. Interações: Revista Internacional de Desenvolvimento Local, Campo Grande, MS, v. 2, n.3, p.57-66, set., 2001.         [ Links ]

MARTINELLI, D. P.; JOYAL, A. Desenvolvimento local e o papel das pequenas e médias empresas. São Paulo: Manole, 2004.         [ Links ]

MARTINS, S. R. O. Desenvolvimento local: questões conceituais e metodológicas. Interações: Revista Internacional de Desenvolvimento Local, Campo Grande, MS, v.3, n.5, p.51-59, set., 2002.         [ Links ]

MATA, D. O sucesso de algumas cidades. Revista Desafios do Desenvolvimento.Ed. 22. Disponível em <http://www.desafios.org.br/edicoes/22/artigo177221.asp?o=r.>. Acesso em: 17 jan. 2007.         [ Links ]

MURPHY, D. L. Understanding the complexities of private family firms: an empiricalinvestigation. Family Business Review, Hoboken,NJ, USA, v.18, n.2, p.123-133, june., 2005.         [ Links ]

OLIVEIRA, D. P. R. Empresa familiar: como fortalecer o empreendimento e otimizar o processo sucessório. São Paulo: Atlas, 1999.         [ Links ]

PAIVA, K.C.M.P., OLIVEIRA, M.C.S.M. Metaanálise da produção científica brasileira sobre empresa familiar. In: ENCONTRO DE ESTUDOS ORGANIZACIONAIS DAANPAD, 5., 2008, Belo Horizonte, Anais... Belo Horizonte, 2008.         [ Links ]

PEREIRA, F. I.; GONDIM, A. M. C. Tais empresas, tais fundadores: há futuro para essas empresas? In: EGEPE ENCONTRO DE ESTUDOS SOBREEMPREENDEDORISMO E GESTÃO DE PEQUENAS EMPRESAS, 2., 2001, Londrina. Anais... Londrina, PR: UEM/UEL, 2001.         [ Links ]

POCHMANN, M. (Org.). Reestruturação produtiva: perspectivas de desenvolvimento local com inclusão social. Rio de Janeiro: Vozes, 2004.         [ Links ]

PUTNAM, R. D. Comunidade e democracia: a experiência da Itália moderna. 5.ed. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2007.         [ Links ]

RICHARDSON, R. J. Pesquisa social: métodos e técnicas. 3. ed. São Paulo: Atlas, 1999.         [ Links ]

ROSSATO NETO, F. J.; CAVEDON, N. R. Empresas familiares desfilando seus processos sucessórios. In: ENCONTRO DE ESTUDOS SOBRE EMPREENDEDORISMO EGESTÃO DE PEQUENAS EMPRESAS – EGEPE,3., 2003, Brasília. Anais... Brasília: UEM/UEL/ UnB, 2003.         [ Links ]

SILVA JÚNIOR, A.; MUNIZ, R. M. Poder e sucessão: ascensão, declínio e falênciade uma gestão familiar em uma empresa capixaba. Organizações e Sociedade, Salvador, v.10, n.26, p.57-75, jan./abr., 2003.         [ Links ]

SILVEIRA, C. M. Desenvolvimento local: marcos conceituais. Disponível em <http://www.cooperaremportugues.org/apcaacooperaremportugues/home/acervotodasshtml>. Acesso em: 12 dez. 2006.         [ Links ]

SOUZA, N. J. Desenvolvimento econômico. São Paulo: Atlas, 2005.         [ Links ]

TENÓRIO, F. G.; DUTRA, J. L. A.; MAGALHÃES, C. M. R. Gestão social e desenvolvimento local: uma perspectiva a partir da cidadania deliberativa. In: ENCONTRO ANUAL DA ANPAD, 2004, 28., Curitiba. Anais... Curitiba: ANPAD, 2004.         [ Links ]

TILLMANN, C.; GRZYBOVSKI, D. Sucessão de dirigentes da empresa familiar: estratégias observadas na família empresária. Organizações e Sociedade, Salvador, v.12, n. 32, p. 4561, jan./mar. 2005.         [ Links ]

WAIANDT, C.; JUNQUILHO, G. S. Representações familiares em transição: a experiência da gestão em uma organização capixaba de bebidas. In: ENCONTRO ANUAL DA ANPAD, 29., 2005, Brasília. Anais... Brasília: ANPAD, 2005.         [ Links ]

WELSH, D. H. B.; RAVEN, P. R. Family business in the middle east: an exploratory study retail management in Kwait and Lebanon. Family Business Review, Hoboken, NJ, USA, v.19, n. 1, p. 29-48, mar. 2006.         [ Links ]

WERNER, R. Família & negócios: um caminho para o sucesso. São Paulo: Manole, 2004.         [ Links ]

 

 

Artigo recebido em 18/08/2008. Artigo aprovado, na sua versão final, em 13/11/2009.

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons