SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 issue52The drama of being two: a tie-toting sociologist author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Organizações & Sociedade

On-line version ISSN 1984-9230

Organ. Soc. vol.17 no.52 Salvador Jan./Mar. 2010

http://dx.doi.org/10.1590/S1984-92302010000100001 

ARTIGOS

 

O longo caminho: Guerreiro Ramos e a sociologia da administração antes de a nova ciência das organizações

 

The long way: Guerreiro Ramos and sociology of management before the new science of organizations

 

 

Edison Bariani

Doutor em Sociologia pela Faculdade de Ciências e Letras da Universidade Estadual Paulista – UNESP. Professor da Faculdade de Itápolis. Endereço: Av. Fouad Mucari, 1225, Jd. Campestre. Itápolis/ SP. CEP: 149000-000. E-mail: edsnb@ig.com.br

 

 


RESUMO

Antes de se exilar nos EUA e elaborar suas construções teóricas em torno da administração na sociedade contemporânea – que culminou com a publicação de A nova ciência das organizações (em 1981) – Guerreiro Ramos percorreu longo caminho. Desde seus primeiros trabalhos sobre administração (no Departamento de Administração do Serviço Público, DASP, na década de 1940), até sua obra que precedeu o exílio, Administração e estratégia do desenvolvimento (em 1966), Guerreiro refletiu sobre a administração, racionalidade e burocracia num contexto de busca pela modernização. Tais reflexões (e frustrações) subsidiaram sua formação intelectual, sua crítica posterior à racionalidade (instrumental) e suas considerações para uma visão humanista da administração, questão central nos seus esforços teóricos empreendidos em A nova ciência das organizações.

Palavras-chave: Guerreiro Ramos. Administração. Burocracia. Modernização.


ABSTRACT

Before exiling to the U.S.A. and elaborating his theoretical constructions around the administration in contemporary society, which culminated with the publication of The new science of the organizations (in 1981), Guerreiro Ramos had already accomplished much. From his early works on administration (in the Department of Administration of the Public Service, DASP, in the 1940's) to his work that preceded his exile, Administration and strategy of the development (in 1966), he reflected on administration, rationality and bureaucracy in a context of searching for modernization. Such reflections (and frustrations) characterized his intellectual development, his criticisms of rationality (instrumental) and his considerations about a humanistic view of administration, a central issue in his theoretical work in The new science of the organizations.

Keywords: Guerreiro Ramos. Administration. Bureaucracy. Modernization.


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

Referências

D'ARAUJO, Maria Celina Soares. O segundo Governo Vargas 1951 – 1954: democracia, partidos e crise política. 2ª ed. São Paulo: Ática, 1992. (Fundamentos, 90).         [ Links ]

BRASIL. Decreto-lei nº. 579, de 30 de julho de 1938.         [ Links ]

FREYRE, Gilberto. Casa grande e senzala. 22ª ed. Rio de Janeiro: José Olympio, 1983.         [ Links ]

FREYER, Hans. Introducción a la sociología. Madrid: Aguilar, 1944.         [ Links ]

LIMA, Medeiros (Org.). Petróleo, energia elétrica, siderurgia: a luta pela emancipação; um depoimento de Jesus Soares Pereira sobre a política de Vargas. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1975. (Estudos brasileiros, 7).         [ Links ]

MANNHEIM, Karl. Ideologia e utopia. 2ª ed. Rio de Janeiro: Zahar, 1972.         [ Links ]

MARCUSE, Herbert. Razão e revolução: Hegel e o advento da teoria social. 2ª ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1978. (O mundo, hoje, 28).         [ Links ] MICHELS, Robert. Os partidos políticos. São Paulo: Senzala, 1968.         [ Links ] OLIVEIRA, Lucia Lippi de. A sociologia do Guerreiro. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 1995.         [ Links ] PIERSON, Donald. (Org.). Estudos de ecologia humana. São Paulo: Livraria Martins

Editora, 1948. ______ (Org.). Estudos de organização social. São Paulo, Livraria Martins Editora, 1970. (Biblioteca de ciências sociais, IX).         [ Links ]

______. Teoria e pesquisa em sociologia. 14ª ed. São Paulo: Melhoramentos, 1972.         [ Links ]

RAMOS, Alberto Guerreiro. A sociologia de Max Weber; sua importância para a teoria e a prática da Administração. Revista do Serviço Público, Rio de Janeiro, DASP, v. 3, n. 2/3, p. 129-39, ago./set., 1946a.         [ Links ]

______. A divisão do trabalho social. Revista do Serviço Público, Rio de Janeiro, DASP, v. 4, n. 1/2, p. 161-8, out./nov., 1946b.         [ Links ]

______. Notas sobre a planificação social. Revista do Serviço Público, Rio de Janeiro, DASP, v. 4, n. 3, p. 163-6, dez., 1946c.         [ Links ]

______. A pesquisa e os "surveys" sociais. Revista do Serviço Público, Rio de Janeiro, DASP, v. 1, n. 3/4, p. 147-51, mar./abr., 1947.         [ Links ]

______. Uma introdução ao histórico da organização racional do trabalho: ensaio de sociologia do conhecimento. Tese apresentada ao concurso para provimento em cargo da carreira de Técnico em Administração do quadro permanente do Departamento Administrativo do Serviço Público em 1949. Rio de Janeiro: Departamento de Imprensa Nacional, 1950.         [ Links ]

______. O processo da sociologia no Brasil: esquema de uma história das idéias. Rio de Janeiro: Andes, 1953.         [ Links ]

______. Administração e estratégia do desenvolvimento: elementos de uma sociologia especial da administração. Rio de Janeiro: FGV, 1966.         [ Links ]

______. A nova ciência das organizações: uma reconceituação da riqueza das nações. 2ª ed. Rio de Janeiro: FGV, 1989.         [ Links ]

SOARES, Luiz Antonio Alves. Guerreiro Ramos: considerações críticas a respeito da sociedade centrada no mercado. Rio de Janeiro: Conselho Regional de Administração do Rio de Janeiro, 2005.         [ Links ]

VIANNA, Oliveira. Problemas de política objetiva. São Paulo: Cia. Editora Nacional, 1930.         [ Links ]

WEBER, Max. Ensaios de sociologia. 5ª ed. Rio de Janeiro: Zahar, 1982, organizado por Hans Gerth e C. Wright Mills.         [ Links ]

______. A ética protestante e o espírito do capitalismo. 6ª ed. São Paulo: Pioneira, 1989.         [ Links ]

______. Economia y sociedad. 2ª ed., 11ª reimpressão. Mexico, DF: Fondo de Cultura Economica, 1997.         [ Links ]

 

 

Artigo recebido em 20/05/2009. Artigo, aprovado, na sua versão final, em 20/10/2009.

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License