SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.59 issue4Palynotaxonomic study of southeastern Brazilian species of Schefflera (Araliaceae)Meriania (Melastomataceae) in Rio de Janeiro, Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Rodriguésia

Print version ISSN 0370-6583On-line version ISSN 2175-7860

Rodriguésia vol.59 no.4 Rio de Janeiro Oct./Dec. 2008

https://doi.org/10.1590/2175-7860200859416 

Articles

HENRIETTEA E HENRIETTELLA (MELASTOMATACEAE, MICONIEAE) NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, BRASIL

Henriettea and Henriettella (Melastomataceae; Miconieae) in Rio de Janeiro State, Brazil

Kelly Cristina da Silva1  2 

José Fernando A. Baumgratz1  3 

1Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro, R. Pacheco Leão 915, 22460-030, Rio de Janeiro, RJ, Brasil.

2Bolsista PIBIC; Graduanda UFRRJ, Curso de Ciências Agrícolas.


RESUMO

É apresentado o tratamento taxonômico dos gêneros Henriettea e Henriettella na flora do estado do Rio de Janeiro. Cada gênero está representado por uma só espécie: Henriettea saldanhaei e Henriettella glabra, Os dois táxons ocorrem em floresta atlântica. Apresenta-se uma chave para identificação dos gêneros que integram a tribo Miconieae e as espécies estudadas, além de descrições, ilustrações, dados de distribuição geográfica e comentários sobre particularidades nomenclaturais e morfológicas. São propostos três lectótipos e Henriettea glazioviana, H. glazioviana var. verruculosa e Henriettella glazioviana são sinonimizadas. Registra-se a nova ocorrência de Henriettea saladanhaei e Henriettella glabra no estado do Espírito Santo.

Palavras-chave: flora; Miconieae; Atlantic forest; taxonomy

ABSTRACT

A taxonomic study of the genera Henriettea and Henriettella in the flora of Rio de Janeiro State is presented. Each genera is represented by only one species - Henriettea saldanhaei and Henriettella glabra, that are found in the Atlantic forest. A key to identify the genera of the tribe Miconieae and the species studied is presented, as well as descriptions, illustrations, geographical distribution data and comments about nomenclatural and morphological particularities are provided. Three lectotypes are proposed and Henriettea glazioviana, H. glazioviana var. verruculosa and Henriettella glazioviana are accepted as synonyms. The occurrence of Henriettea saladanhaei and Henriettella glabra to the Espírito Santo State is pointed out for the first time.

Key words: flora; Miconieae; Mata Atlântica; taxonomia

Texto completo disponível apenas em PDF.

AGRADECIMENTOS

Ao Chefe da Reserva Biológica de Poço das Antas e IBAMA, pelo apoio e autorização de coleta. Aos curadores dos herbários citados, pelo empréstimo do material e envio de imagens digitalizadas. Aos ilustradores botânicos Maria Alice de Rezende e Paulo Ormindo, pela confecção das pranchas a nanquim. Ao CNPq, pela Bolsa PIBIC concedida ao primeiro autor e de Produtividade em Pesquisa, ao segundo autor. A FAPERJ, pelo apoio concedido à pesquisa.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Barberena, F. F. V. A., Baumgratz, J. F. A. & Chiavegatto, B. 2008. Melastomataceae no Parque Nacional do Itatiaia, Rio de Janeiro, Brasil: Tribos Bertolonieae e Merianieae. Rodriguésia 59(2): 381-392. [ Links ]

Baumgratz, J. F. A. 1980. Miconias do Município do Rio de Janeiro. Seção Miconia DC. (Melastomataceae). Rodriguésia 32(55): 73-95. [ Links ]

______. 1982. Miconias do estado do Rio de Janeiro. Seção Tamonea (Aubl.) Cogniaux (Melastomataceae). Arquivos do Jardim Botânico do Rio de Janeiro 26: 69-86. [ Links ]

______. 1984. Miconias do estado do Rio de Janeiro. Seção Chaenanthera Naud. (Melastomataceae). Rodriguésia 36(60): 47-58. [ Links ]

______. 1985. Morfologia dos frutos e sementes de Melastomataceae brasileiras. Arquivos do Jardim Botânico do Rio Janeiro 27: 113-155. [ Links ]

______. 1996. Melastomataceae. In: Marques, M. C. M. (org.). Espécies coletadas no estado do Rio de Janeiro, depositadas no Herbário RB. Ed. Imprinta, Rio de Janeiro. Pp. 56-59. [ Links ]

______. 1997a. Melastomataceae. In: Lima, H. C. & Guedes-Bruni, R. R. (eds.). Serra de Macaé de Cima: diversidade florística e conservação em Mata Atlântica. Jardim Botânico do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro. Pp. 331-332. [ Links ]

______. 1997b. Melastomataceae. In: Marques, M. C. M. (org.). Mapeamento da cobertura vegetal e listagem das espécies ocorrentes na Área de Proteção Ambiental de Cairuçu, Município de Parati, RJ. Série Estudos e Contribuições 13: 69-70. [ Links ]

______. 2000. Melastomataceae. In: Di Maio, F. R. & Silva, M. B. R. (coords.). Espécies ameaçadas de extinção no município do Rio de Janeiro: flora e fauna. Secretaria Municipal do Meio Ambiente, Rio de Janeiro. Pp. 30-31. [ Links ]

______ & Ferreira, G. L. 1980. Estudo da nervação e epiderme foliar das Melastomataceae do Município do Rio de Janeiro. Gênero Miconia. Seção Miconia. Rodriguésia 32(54): 161-169. [ Links ]

______ & Ferreira, G. L. 1984. Nervação e epiderme foliar das Melastomataceae do estado do Rio de Janeiro. Gênero Miconia Ruiz et Pavon. Seção Tamonea (Aubl.) Cogniaux. Rodriguésia 36(58): 89-94. [ Links ]

______; Silva, S. A. S. & Menezes, M. O. P. 2001. Melastomataceae. In: Costa, A. F.& Dias, I. C. A. (orgs.). Flora do Parque Nacional da Restinga de Jurubatiba e arredores, Rio de Janeiro, Brasil: listagem, florística e fitogeografia: angiospermas, pteridófitas, algas continentais. Rio de Janeiro, Museu Nacional, Universidade Federal do Rio de Janeiro. Pp. 93-95. [ Links ]

______; Souza, M. L. D. R.; Carraça, D. C. & Abbas, B. A. 2006. Melastomataceae na Reserva Biológica de Poço das Antas, Silva Jardim, Rio de Janeiro, Brasil: aspectos florísticos e taxonômicos. Rodriguésia 57(3): 591-646. [ Links ]

______; Souza, M. L. D. R. & Tavares, R. A. M. 2004. Bisglaziovia Cogn. (Merianieae: Melastomataceae): considerações taxonômicas e biogeográficas. Bradea 10(2): 75-80. [ Links ]

______; Souza, M. L. D. R. & Tavares, R. A. M. 2007. Melastomataceae na Reserva Ecológica de Macaé de Cima, Nova Friburgo, Rio de Janeiro, Brasil. I -Tribos Bertolonieae, Merianieae e Microlicieae. Rodriguésia 58(4): 797-822. [ Links ]

Berry, P. E. 2001. Henriettella Naudin. In: Berry, P. E.; Yatskievych, K. & Holst, B. K. (eds.). Flora of the Venezuelan Guayana. Vol. 6. Timber Press, Oregon. Pp. 346-349. [ Links ]

Brade, A. C. 1935. Melastomataceae novae. Arquivos do Instituto de Biologia Vegetal 2(1): 13-17. [ Links ]

______. 1938. Melastomataceae novae II. Arquivos do Jardim Botânico do Rio de Janeiro 4(1): 71-77. [ Links ]

______. 1945. Melastomataceae novae III. Rodriguésia 9(18): 3-7. [ Links ]

______. 1956a. Melastomataceae novae IV. Arquivos do Jardim Botânico do Rio de Janeiro 14: 211-228. [ Links ]

______. 1956b. Algumas espécies novas do gênero Leandra (Melastomataceae novae V). Arquivos do Jardim Botânico do Rio de Janeiro 14: 241-255. [ Links ]

______. 1956c. A flora do Parque Nacional do Itatiaia. Boletim do Parque Nacional do Itatiaia 14: 213-228. [ Links ]

Briggs, B. G. & Johnson, L. A. S. 1979. Evolution in the Myrtaceae-evidence from inflorescence structure. Proceedings of the Linnean Society of New South Wales 102(4): 157-256. [ Links ]

Clausing, G. & Renner, S. S. 2001. Molecular Phyllogenetics of Melastomataceae and Memecylaceae: implications for character evolution. American Journal of Botany 88(3): 486-498. [ Links ]

Cogniaux, A. 1883-88. Melastomaceae. In: Martius, C. F. P. Von; Eichler, A. G. & Urban, I. Flora brasiliensis. Munchen, Wien, Leipzig, 14(3): 1-510; 14(4): 1-656. [ Links ]

______. 1888a. Henriettea DC. In: Martius, C. F. P. Von; Eichler, A. G. & Urban, I. Flora brasiliensis. Munchen, Wien, Leipzig, 14(4): 525-536. [ Links ]

______. 1888b. Henriettella DC. In: Martius, C. F. P. Von; Eichler, A. G. & Urban, I. Flora brasiliensis. Munchen, Wien, Leipzig, 14(4): 537-541. [ Links ]

______. 1891. Melastomaceae. In: Candolle, A. de & Candolle, C. de. Monographiae phanerogamarum. Paris 7: 1-1256. [ Links ]

Dusén, P. 1905. Sur la flore de la serra do Itatiaya au Brésil. Arquivos do Museu Nacional 13: 1-96. [ Links ]

Holmgren, P. K. & Holmgren, N. H. (eds.). 1998 onwards (continuously updated). Index Herbariorum. New York Botanical Garden. Disponível em: http://sciweb.nybg.org/ science2/IndexHerbariorum.asp. Acesso em: mar. 2008. [ Links ]

IBGE (Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). 2007. Disponível em: http://www.ibge.gov.br. Acesso em: maio 2007. [ Links ]

IUCN. 2007. Red List Categories and Criteria v. 3.1. The world Conservation Union. Disponível em: http://iucn.org/themes/ssc/redlists/RLcats2001booklet.html. Acesso em: maio 2007. [ Links ]

Luckana, N. G. & Berry, P. E. 2001. Henriettea DC. In: Berry, P. E.; Yatskievych, K. & Holst, B. K. (eds.). Flora of the Venezuelan Guayana. Vol. 6. Timber Press, Oregon. Pp. 338-346. [ Links ]

Martins, V. L. C. 1997. Tipos das plantas vasculares do herbário do Museu Nacional (R) - XV: Melastomataceae. Boletim do Museu Nacional 100: 1-47. [ Links ]

Oliveira, R. R.; Zaú, A. S.; Lima, D. F.; Silva, M. B. R.; Vianna, M. C.; Sodré, D. O. & Sampaio, P. D. 1995. Significado ecológico da orientação de encostas no maciço da Tijuca, Rio de Janeiro. In: Esteves, F. A. (ed.). Oecologia Brasiliensis: Estrutura, funcionamento e manejo de ecossistemas brasileiros. Vol. 1. Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro. Pp. 523-541. [ Links ]

Pereira, E. 1961a. Contribuição ao conhecimento das Melastomataceae brasileiras. Arquivos do Jardim Botânico do Rio Janeiro 17: 125-169. [ Links ]

______. 1961b. Flora do estado da Guanabara III. Melastomataceae I - Tibouchineae. Rodriguésia 23-24(35-36): 155-188. [ Links ]

______. 1964. Flora do estado da Guanabara IV. Melastomataceae II - Miconieae. Gênero Miconia. Arquivos do Jardim Botânico do Rio Janeiro 18: 183-214. [ Links ]

______. 1966. Flora da Guanabara V. Melastomataceae III (Final). Tribos: Miconieae, Merianieae, Bertolonieae e Microlicieae. Rodriguésia 25(37): 181-202. [ Links ]

Radford, A. E.; Dickison, W. C.; Massey, J. R. & Bell, C. R. 1974. Vascular plant systematics. Harper & Row, New York, 891p. Renner, S. S. 1993. Phylogeny and classification of the Melastomataceae and Memecylaceae. Nordic Journal of Botany 13(5): 519-540. [ Links ]

Rizzini, C. T. 1954. Flora Organensis. Lista preliminar dos Cormophyta da Serra dos Órgãos. Arquivos do Jardim Botânico do Rio Janeiro 13: 117-246. [ Links ]

Santos, N. 1976. Plantas existentes no Parque Nacional da Tijuca. Brasil Florestal 7(26):1-12. [ Links ]

Santos Filho, L. A. F. & Baumgratz, J. F. A. 2008. Melastomataceae. In: Programa Diversidade Taxonômica/JBRJ (org.). Checklist da flora do Rio de Janeiro. Disponível em: http://www.jbrj.gov.br/pesquisa/div_tax/ acessobd.php. Acesso em: mar. 2008. [ Links ]

Ule, E. 1895. Relatório de uma excursão botânica feita na serra do Itatiaia. Arquivos do Museu Nacional 9: 185-223. [ Links ]

Veloso, H. P. 1992. Sistema fitogeográfico. In: Manuais técnicos em geociências: manual técnico da vegetação brasileira. Vol. 1. Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, Rio de Janeiro Pp. 9-38. [ Links ]

Vellozo, J. M. C. 1829 (1825). Melastoma glabra. In: Florae fluminensis, texto. Rio de Janeiro. P. 171. [ Links ]

______. 1831 (1827). Melastoma glabra. In: Florae fluminensis, icones. Paris, t. 4, tab. 121. [ Links ]

Weberling, F. 1988. The architeture of inflorescences in the Myrtales. Annals of Missouri Botanical Garden 75(1): 226-310. [ Links ]

Recebido: Abril de 2008; Aceito: Outubro de 2008

3Autor para correspondência: jbaumgra@jbrj.gov.br

Creative Commons License Este é um artigo publicado em acesso aberto (Open Access) sob a licença Creative Commons Attribution, que permite uso, distribuição e reprodução em qualquer meio, sem restrições desde que o trabalho original seja corretamente citado.