SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 número4Spatial and seasonal distribution of chromophoric dissolved organic matter in the Upper Paraná River floodplain environments ( Brazil) índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Acta Limnologica Brasiliensia

versión On-line ISSN 2179-975X

Acta Limnol. Bras. vol.23 no.4 Rio Claro oct./dic. 2011

http://dx.doi.org/10.1590/S2179-975X2011000400001 

EDITORIAL

 

 

O número 4, volume 23 de Acta Limnologica Brasiliensia é composto por dez artigos desenvolvidos em diferentes regiões geográficas e estudando diferentes ambientes e comunidades aquáticas. Este tem sido um padrão da Acta Limnologica Brasiliensia, o que atesta a diversificação de assuntos limnológicos publicados. Este número é composto por um trabalho que aborda a matéria orgânica dissolvida em uma planície de inundação, dois trabalhos sobre a comunidade de macroinvertebrados, dois artigos sobre zooplâncton em sistemas de piscicultura, dois artigos sobre macrófitas aquáticas, um artigo sobre tricópteros, um sobre oligoquetas e um sobre a comunidade fitoplanctônica. Os locais estudados também são diversificados e incluem um estudo na Argentina, um no estado da Paraíba, um em reservatório no estado de Santa Catarina, dentre outros locais, além de estudos experimentais. Eu considero que a Acta Limnologica Brasiliensia continua cumprindo com seu objetivo de divulgar o conhecimento limnológico que é a sua principal função. Pode parecer longínquo, mas a revista de nossa Associação está contribuindo efetivamente para a sustentabilidade. Certamente mais do que na conferência Rio+20 na qual várias discussões sobre a sustentabilidade ocorreram e em que documentos foram produzidos, chefes de estado se reuniram, ONGs protestaram e informações na mídia foram freqüentes. O conhecimento científico, base para as discussões e decisões tem que continuar a ser aprimorado. Assim, a Acta Limnologica Brasiliensia continua a prestar seu serviço divulgando conhecimento científico que é a essência para que nos aproximemos da sustentabilidade.

Antonio Fernando Monteiro Camargo
Chief Editor