SciELO - Scientific Electronic Library Online

SciELO - Scientific Electronic Library Online

PRESS RELEASE

BARROS, Camila Monteiro de  and  CAFE, Lígia Maria Arruda. The relevance of music information representation metadata from the perspective of expert users. Transinformação [online]. 2013, vol.25, n.3, pp. 213-223. ISSN 0103-3786.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-37862013000300004.



 

Características de identificação e responsabilidade autoral da música são as mais relevantes para os usuários de bibliotecas

 

 

Pesquisadoras da Universidade Federal de Santa Catarina mapearam que, dentre 47 diferentes características da música, 18 são apontadas como de maior relevância para os especialistas em música no momento de realizar a busca pelo documento musical em bases de dados e bibliotecas.

O artigo de Camila Monteiro de Barros e Lígia Café (ambas professoras do Departamento de Ciência da Informação da Universidade Federal de Santa Catarina), publicado na revista Transinformação, v.25, n.3, p.213-223, mostra que a comunidade usuária da informação musical é heterogênea no que tange às características de cada indivíduo, na relação que tem com a música (lazer, profissional, pesquisa) e, portanto, nas possibilidades de abordagem desse tipo de informação. Assim, cada grupo de usuários, no momento de realizar a busca pela informação musical (como registros sonoros e partituras) em bases de dados e bibliotecas, se interessa por aspectos distintos da música.

A pesquisa mostra que os especialistas em música dão maior relevância aos aspectos de responsabilidades de autoria (como nome do compositor e do intérprete) e de identificação (como título e dados originais), sendo que as informações relativas à dimensão emocional e social da música foram apontadas como menos relevantes. Ainda entre os especialistas em música, os resultados mostram que ocorrem variações de interesse, dependendo da área de pesquisa do usuário. Os especialistas das áreas de pesquisa Composição e Práticas Interpretativas confirma esse resultado, enquanto aqueles das áreas de Musicologia/Etnomusicologia e Educação Musical conferem relevância também às características da música que se referem ao contexto histórico de composição. A pesquisa foi realizada em 2010 envolvendo alunos e professores de um Programa de Pós-Graduação em Música.

"Estudos desta natureza, que permitem conhecer o perfil dos usuários dos mais diversos tipos de informação, contribui para a especialização do trabalho do bibliotecário e, consequentemente, para uma maior agilidade e precisão no fluxo das informações - uma noção fundamental na sociedade atual", afirmam as autoras.

 

 

Contato:
Camila Monteiro de Barros
Universidade Federal de Santa Catarina
camila.c.m.b@ufsc.br

Lígia Maria Arruda Café
Universidade Federal de Santa Catarina
ligia.cafe@ufsc.br