SciELO - Scientific Electronic Library Online

SciELO - Scientific Electronic Library Online

PRESS RELEASE

CANELLA, Daniela Silva; SILVA, Ana Carolina Feldenheimer da  e  JAIME, Patrícia Constante. Produção científica sobre nutrição no âmbito da Atenção Primária à Saúde no Brasil: uma revisão de literatura. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2013, vol.18, n.2, pp. 297-308. ISSN 1413-8123.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232013000200002.



 

Artigo faz revisão bibliográfica da produção científica sobre a Nutrição na Atenção Primária à Saúde no Brasil

 

 

A edição do mês de fevereiro tem como tema principal a obesidade, contemplando vários importantes aspectos relativos ao papel da área de Nutrição, trazendo debates, pesquisas e revisões. Os autores ressaltam o papel da nutrição na atenção primária à saúde, a percepção da obesidade, a segurança alimentar e a alimentação saudável. Da-se destaque ao artigo "Produção científica sobre nutrição no âmbito da Atenção Primária à Saúde no Brasil", uma revisão de literatura de autoria de Daniela Silva Canella, Ana Carolina Feldenheimer da Silva e Patrícia Constante Jaime. A pesquisa constou de um levantamento no PubMed e no Lilacs de textos produzidos no Brasil com profissionais ou população atendida pelo SUS na APS e publicados até março de 2011. Ainda, foram consultadas as referências dos artigos selecionados, a fim de que fossem identificadas outras referências. Foram 117 artigos analisados. em sua maioria frutos de pesquisas originais, que utilizaram métodos quantitativos, sendo a maioria de autores do Estado de SP e da USP. Tais artigos estão voltados prioritariamente à realização de diagnóstico, com foco na avaliação do estado nutricional e envolvem principalmente a situação das crianças. Porém, segundo os autores há um aumento na produção referente à terapêutica, protocolos de atendimento e modelos de intervenção.

As autoras descrevem que a literatura mostra a efetividade das Ações de Nutrição na Atenção Primária (APS) para a promoção da saúde e a prevenção e tratamento de agravos. A Atenção Primária à Saúde é definida como os cuidados básicos e essenciais, para os quais há métodos, tecnologias e evidências científicas, ao alcance universal de indivíduos e famílias e contando com sua participação.

Segundo as autoras, no âmbito da APS no país, as ações de alimentação e nutrição e do cuidado nutricional compreendem atividades como a vigilância alimentar e nutricional, promoção da alimentação saudável e programas de prevenção e controle de distúrbios nutricionais, tais como anemia ferropriva e hipovitaminose A, além do acompanhamento das condicionalidades de programas governamentais, como o Programa Bolsa Família. Atualmente, tais ações são sistematizadas e organizadas numa Matriz de Ações de Alimentação e Nutrição na Atenção Básica de Saúde, representando um esforço convergente e complementar a diversos programas públicos de saúde.

As autoras salientam que estudo conduzido no Canadá aponta que um modelo de serviço de nutrição interdisciplinar, com diferentes e complementares serviços de apoio é mais prático e acessível à população, com melhor custo-efetividade e sustentabilidade do que um modelo de serviço de nutrição disciplinar. Assim, entende-se que as ações de alimentação e nutrição vão além das atividades desempenhadas por nutricionistas e têm importante papel na promoção da saúde da população e na prevenção e tratamento de agravos.

Com esta revisão sistemática de literatura, os autores concluíram também que a produção na área é crescente, porém identificaram que há necessidade de se redirecionarem as abordagens e os objetos de futuros estudos, focando-se mais em modelos de intervenção e em avaliação de programas.

 

O artigo "Produção científica sobre nutrição no âmbito da Atenção Primária à Saúde no Brasil: uma revisão de literatura" foi publicado na Revista Científica Ciência & Saúde Coletiva (Vol.18, Nº 2, Rio de Janeiro, fevereiro 2012) e editada pela Associação Brasileira de Pós-Graduação em Saúde Coletiva (ABRASCO).

 

Contato: dcanella@usp.br
Departamento de Nutrição. Faculdade de Saúde Pública. Universidade de São Paulo