SciELO - Scientific Electronic Library Online

SciELO - Scientific Electronic Library Online

PRESS RELEASE

Bol. Mus. Para. Emílio Goeldi. Ciênc. hum. vol.7 no.2 Belém maio/ago. 2012



 

Agriculturas Amazônicas

 

 

O novo número do Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi. Ciências Humanas publica dossiê sobre a diversidade e a complexidade de sistemas agrícolas tradicionais da Amazônia, e evidencia a importância dos povos indígenas e das populações tradicionais no manejo, na conservação e na construção da biodiversidade e agrobiodiversidade. Também procura discutir os atuais desafios na busca de alternativas sustentáveis capazes de preservar a multiplicidade de agriculturas amazônicas e avaliar as ferramentas jurídicas, econômicas ou culturais que podem contribuir para valorizar e proteger os conhecimentos tradicionais associados à biodiversidade e agrobiodiversidade. Organizado por Pascale de Robert (IRD/MNHN) e Claudia López Garcés (MPEG), o dossiê é composto por sete artigos de 19 autores, sediados em instituições do Brasil, da França, da Venezuela e da Colômbia, além de textos da seção Memória, que celebram o legado do antropólogo Darrell Posey, incluindo sua militância em defesa dos direitos indígenas, e a ressonância entre ciência antropológica e a arte fotográfica de Patrick Pardini (UFPA).

Na seção de Artigos Científicos, Helbert Medeiros Prado (USP) e colaboradores analisam a sustentabilidade das práticas de caça entre os Awá-Guajá; Isabel Maria Madaleno (Instituto de Investigação Científica Tropical, Portugal) escreve sobre a percepção que os ilhéus de Tuvalu têm das mudanças climáticas e as relações que fazem entre sustentabilidade e morte; Líliam Barros (UFPA) descreve um repertório musical associado à cosmologia Desana; André Strauss (Max Planck Institute for Evolutionary Anthropology, Alemanha) disserta sobre a aplicação de uma teoria da arqueologia processual na interpretação de práticas mortuárias; e Felipe Faria (UFSC) estuda a mudança de paradigmas na ciência paleontológica durante o século XIX, reflexão rica que aproxima processos epistemológicos e história de vida

 

 

Contatos:
Nelson Sanjad
Museu Paraense Emílio Goeldi/MCTI
e-mail: boletim@museu-goeldi.br