SciELO - Scientific Electronic Library Online

SciELO - Scientific Electronic Library Online

Referencias del artículo

CASTRO, Cleudson; PRATA, Aluizio  y  MACEDO, Vanize. Estudo clínico durante 13 anos de 190 chagásicos crônicos de Mambaí, Goiás, Brasil. Rev. Soc. Bras. Med. Trop. [online]. 2001, vol.34, n.4, pp.309-318. ISSN 1678-9849.  http://dx.doi.org/10.1590/S0037-86822001000400001.

    1. Alcantara A, Baruffa G, Aquino Neto JO, Olintho A, Savoldi T, Lassen C. Epidemiologia da doença de Chagas no RS. Revisão de pacientes após dez anos de evolução. I metodologia. II Grupo chagásico. III Grupo Controle. In: Resumos do XIX Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical. Rio de Janeiro p.35-36, 1983. [ Links ]

    2. Borges-Pereira J. Doença de Chagas humana: estudo da infecção crônica, morbidade e mortalidade em Virgem da Lapa, MG, Brasil (1976-1996). Tese de Doutorado, Instituto Oswaldo Cruz-Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, RJ 1997. [ Links ]

    3. Borges-Pereira J, Cunha RV, Willcox HPF, Coura JR. Evolução da cardiopatia chagásica crônica no sertão do Estado da Paraiba, Brasil, no período de 4,5 anos. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical 23: 141-147, 1990. [ Links ]

    4. Borges-Pereira J, Willcox HP, Coura JR. Morbidade da doença de Chagas. III Estudo longitudinal de seis anos, em Virgem da Lapa, MG, Brasil. Memórias do Instituto Oswaldo Cruz 80: 63-71, 1985. [ Links ]

    5. Calderon C, Aldana M. Estudio del colon en 150 pacientes con enfermedad de Chagas. Parasitologia Al Dia 9:79, 1985. [ Links ]

    6. Castro C. Influência da parasitemia no quadro clínico da doença de Chagas. Revista de Patologia Tropical 9:73-136, 1980. [ Links ]

    7. Castro C. Estudo longitudinal da parasitemia na doença de Chagas e sua correlação com a evolução clínica. Revista de Patologia Tropical 24:323-432, 1995. [ Links ]

    8. Castro C, Macêdo V, Rezende JM, Prata A. Estudo radiológico longitudinal do esôfago, em área endêmica de doença de Chagas, em um período de seis anos. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical 25:225-230, 1992. [ Links ]

    9. Castro C, Macêdo V, Rezende JM, Prata A. Estudo radiológico longitudinal do esôfago em área endêmica de doença de Chagas, em um período de 13 anos. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical 27:227-233, 1994. [ Links ]

    10. Chagas C. Nova trypanozomiase humana. Estudos sobre a morfologia e o ciclo evolutivo do Schizotrypanum cruzi n.gen. n.sp., ajente etiológico de nova entidade morbida no homem. Memórias do Instituto Oswaldo Cruz 1:159-218, 1909. [ Links ]

    11. Chagas C. Nova entidade morbida do homem. Rezumo geral dos estudos etiolójicos e clínicos. Memórias do Instituto Oswaldo Cruz 3:219-275, 1911. [ Links ]

    12. Conselho Nacional de Pesquisa (Brasil). Epidemiologia da doença de Chagas. Objetivos e metodologia dos estudos longitudinais. Relatório técnico número 1, Rio de Janeiro 1974. [ Links ]

    13. Coura JR, Abreu LL, Borges-Pereira J, Willcox HP. Morbidade da doença de Chagas. IV. Estudo longitudinal de dez anos em Pains e Iguatama, Minas Gerais, Brasil. Memórias do Instituto Oswaldo Cruz 80:73-80, 1985. [ Links ]

    14. Coura JR, Abreu LL, Dubois LEG, Correia-Lima F, Arruda Jr ER, Willcox HPF, Anunziato N, Petana W. Morbidade da doença de Chagas. II Estudos seccionais em quatro áreas de campo no Brasil. Memórias do Instituto Oswaldo Cruz 79:101-124, 1984. [ Links ]

    15. Dias E, Pelegrino J. Alguns ensaios com o "gammexane" no combate aos transmissores da doença de Chagas. Brasil Médico 62:185-191, 1948. [ Links ]

    16. Dias JCP. Doença de Chagas em Bambuí, Minas Gerais, Brasil. Estudo clínico epidemiológico a partir da fase aguda, entre 1940-1982. Tese de Doutorado, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, MG, 1982. [ Links ]

    17. Laranja FS, Dias E, Nóbrega GC, Miranda A. Chagas' disease. A clinical, epidemiological and pathologic study. Circulation 14:1035-1060, 1956. [ Links ]

    18. Macêdo V. Influência da exposição à reinfecção na evolução da doença de Chagas. Revista de Patologia Tropical 5:33-116, 1976. [ Links ]

    19. Maguire JH, Mott KE, Hoff R, Guimarães A, Franca JT, Souza JAAA, Ramos MB, Sherlock IA. A three-year follow-up study of infection with Trypanosoma cruzi and electrocardiographic abnormalities in a rural community in Northeast Brazil. The American Journal of Tropical Medicine and Hygiene 31:42-47, 1982. [ Links ]

    20. Mota ELA, Guimarães AC, Santana OO, Sherlock I, Hoff R e Weller TH. A nine-year prospective study of Chagas' disease in a defined rural population in northeast Brazil. American Journal of Tropical Medicine and Hygiene 42:429-440, 1990. [ Links ]

    21. New York Heart Association. Nomenclature and criteria for diagnosis of diseases of the heart and great vessels. Little Brown and company, Boston, 1973. [ Links ]

    22. Padgett-Moncada DD. Estudo do transito intestinal em uma área endêmica de doença de Chagas. (Mambaí, Goiás, Brasil). Tese de Mestrado, Universidade de Brasília, Brasília, DF, 1990. [ Links ]

    23. Pompeu FR. Estudo longitudinal da doença de Chagas em trabalhadores rurais do município de Luz, Minas Gerais (1976- 1985). Tese de Mestrado, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, MG 1990. [ Links ]

    24. Rassi A, Rezende JM, Moreira H, Ximenes CA, Luquetti AO, Lousa L, Ferriioli Filho F. Associação da cardiopatia, megaesôfago e megacolon na fase crônica da doença de Chagas. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical 19 (supl II):29, 1986. [ Links ]

    25. Rezende JM, Lauar KM, Oliveira AR. Aspectos clínicos e radiológicos da aperistálse do esôfago. Revista Brasileira de Gastroenterologia 12:247-262, 1960. [ Links ]

    26. Rose GA, Blackburn H, Gillum RF, Prineas RJ. Métodos de encuesta sobre enfermedades cardiovasculares. 2a ed. Ginebra, Organizacion Mundial de la Salud, 1982. [ Links ]

    27. Ximenes CA, Rezende JM, Moreira H, Vaz MGM. Técnica simplificada para o diagnóstico radiológico do megacolon chagásico. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical 17(supl): 23, 1984. [ Links ]