SciELO - Scientific Electronic Library Online

SciELO - Scientific Electronic Library Online

Article References

BONELLI, Maria da Gloria; CUNHA, Luciana G.; OLIVEIRA, Fabiana L. de  and  SILVEIRA, Maria Natália B. da. Profissionalização por gênero em escritórios paulistas de advocacia. Tempo soc. [online]. 2008, vol.20, n.1, pp. 265-290. ISSN 0103-2070.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-20702008000100013.

    BARBALHO, Rennê M. (2008), A feminização das carreiras jurídicas e seus reflexos no profissionalismo. São Carlos. Tese de doutorado. Universidade Federal de São Carlos. [ Links ]

    BERGOGLIO, Maria Inês. (2007), "Llegar a sócia? La movilidad ocupacional em las grandes empresas jurídicas: análisis de gênero". Centro de Investigaciones Jurídicas y Sociales. Argentina, Faculdad de Derecho, Universidad Nacional de Córdoba. [ Links ]

    BONELLI, Maria da Gloria. (2004), "Arlie Russell Hochschild e a sociologia das emo ções". Cadernos Pagu, Campinas, 22: 357-372, jan.-jun. [ Links ]

    _____. (2002) Profissionalismo e política no mundo do Direito. São Paulo, EdUFSCar. [ Links ]

    BOURDIEU, Pierre. (1999), A dominação masculina. Rio de Janeiro, Bertrand Brasil. [ Links ]

    BRUSCHINI, Cristina & LOMBARDI, Maria Rosa. (2000), "A bi-polaridade do trabalho feminino no Brasil: o emprego doméstico e as 'novas ocupações'". Cadernos de Pesquisa da Fundação Carlos Chagas, São Paulo, 110 (1): 67-104. [ Links ]

    BUTLER, Judith (2003). Problemas de gênero: feminismo e subversão da identidade. Rio de Janeiro, Civilização Brasileira. [ Links ]

    CUNHA, Luciana G. et al. (2007), "Sociedade de advogados e tendências profissionais". Revista Direito GV, 6: 111-138, São Paulo. [ Links ]

    DAVID, René. (1996), Os grandes sistemas do direito internacional. São Paulo, Martins Fontes. [ Links ]

    DEZALAY, Yves e GARTH, Bryant (2002), The internationalization of palace wars: lawyers, economists, and the contest to transform latin american states. Chicago, The University of Chicago Press. [ Links ]

    GALANTER, Marc & PALAY, Thomas. (1991), Tournament of lawyers: the transformation of the big law firm. Chicago, The University of Chicago Press. [ Links ]

    GALINDO, Bruno. (2004), "A teoria da constituição da Common Law: reflexões teóricas sobre o peculiar constitucionalismo britânico". Revista de Informação Legislativa, 164: 303-316, Brasília. [ Links ]

    GRANFIELD, Robert. (1992), Making elite lawyers. Nova York, Routledge. [ Links ]

    GUILLAUME, Cécile. (2007), Les femmes changent-elles le travail? Paris, Presses Universitaires de France. [ Links ]

    HEINZ, John & LAUMANN, Edward. (1982), Chicago Lawyers: the social structure of the Bar. Nova York, Russell Sage Foundation e Chicago, American Bar Foundation. [ Links ]

    HIRATA, Helena & KERGOAT, Danièle. (2003), "A divisão sexual do trabalho revisitada". In: MARUANI Margareth & HIRATA, Helena (orgs.). As novas fronteiras da desigualdade: homens e mulheres no mercado de trabalho. São Paulo, Senac. [ Links ]

    JUNQUEIRA, Eliane B. (1999), A profissionalização da mulher na advocacia. Rio de Janeiro, Fundação Carlos Chagas. [ Links ]

    LE FEUVRE, Nicky Le & LAPEYERE, Nathalie. (2005), "Les 'scripts sexués' de carrière dans les professions juridiques en France". Knowledge, Work & Society, 1 (3): 101126, The feminization of the professions: thematic issue. (org. Mirella Giannini). [ Links ]

    LEITHÄUSER, Thomas. (2007), "Dominação e reconhecimento nas relações sociais". Conferência apresentada no XIII Congresso Brasileiro de Sociologia. Recife, UFPE. [ Links ]

    LEUWEN, Leny E. de Groot-van. (2003), "Women in the Dutch legal profession (19502000)". In: SCHULTZ, Ulrike & SHAW, Gisela (orgs.). Women in the world's legal profession. Oxford, Hart Publishing, pp. 341-351. [ Links ]

    NELKEN, David & FEEST, Johannes. (2001), Adapting Legal Cultures. Oxford, Hart Publishing. [ Links ]

    ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL. (1996), Perfil dos advogados brasileiros. Brasília, Comissão de Ensino Jurídico, OAB. [ Links ]

    PISCITELLI, Adriana. (2002), "Re-criando a (categoria) mulher?". In: ALGRANTI, Leila Mezan (org.). A prática feminista e o conceito de gênero. Campinas, Unicamp (col. Textos Didáticos, n. 48), pp. 7-42. [ Links ]

    RUBIN, Gayle. (2006), "The traffic in women: notes on the 'political economy' of sex". Feminist Anthropology: a reader, no site http://books.google.com. [ Links ]

    SCAVONE, Lucila et al. (2006), O legado de Foucault. São Paulo, Unesp. [ Links ]

    SCOTT, Joan. (1990), "Gênero: uma categoria útil para a análise histórica". Revista de Educação e Realidade (Gênero e Mulheres), 2 (16): 5-22, Porto Alegre. [ Links ]

    SCHULTZ, Ulrike & SHAW, Gisela (orgs.). (2003), Women in the world's legal professions. Oxford, Hart Publishing. [ Links ]