SciELO - Scientific Electronic Library Online

SciELO - Scientific Electronic Library Online

Article References

CARVALHO, Vânia Carneiro de. Cultura material, espaço doméstico e musealização. Varia hist. [online]. 2011, vol.27, n.46, pp. 443-469. ISSN 0104-8775.  http://dx.doi.org/10.1590/S0104-87752011000200003.


    1 CARVALHO, Vânia Carneiro de. Gênero e artefato: o sistema doméstico na perspectiva da cultura material. São Paulo, 1870-1920. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo/Fapesp, 2008; [ Links ]

    CARVALHO, Vânia Carneiro de e LIMA, Solange Ferraz de. Individuo, género y ornamento en los retratos fotográficos, 1870-1920. In: AGUAYO, Fernando e ROCA, Lourdes. (orgs.) Imágenes e investigación social. 1. ed. México: Instituto Mora, 2005, v.1, p.271-291. [ Links ]


    2 Em 25 de agosto de 1893 o Monumento do Ypiranga é destinado a abrigar o Museu do Estado, criado em 1890 e em 28 de agosto, o Museu do Estado passa a ser denominado Museu Paulista. Ver cronologia em Às margens do Ipiranga, 1890-1990: exposição do centenário do edifício do Museu Paulista da USP. São Paulo: Museu Paulista, 1990. Sobre a trajetória do Museu Paulista ver Moraes, Fábio Rodrigo de. Uma coleção de história em um museu de ciências naturais: o Museu Paulista de Hermann Von Ihering. Anais do Museu Paulista: história e cultura material, São Paulo, Nova Série, janeiro-junho, v.16, n.1, p.203-233, 2008; [ Links ]

    BREFE, Ana Cláudia Fonseca. O Museu Paulista: Affonso de Taunay e a memória nacional, 1917-1945. Anais do Museu Paulista: história e cultura material, São Paulo, Nova Série, v.10/11, 2005; [ Links ]

    MAKINO, Miyoko. A construção da identidade nacional: Afonso de E. Taunay e a decoração do Museu Paulista (1917-1937). Anais do Museu Paulista: história e cultura material, São Paulo, Nova Série, v.10/11, 2003; [ Links ]

    ELIAS, Maria José. Museu Paulista: memória e história. São Paulo: USP, 1996. (História, Tese de doutorado); [ Links ]

    O historiador Ulpiano Bezerra de Meneses, professor emérito do departamento de História da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, foi o responsável pela reformulação do perfil e funções do Museu Paulista a partir de sua direção em 1989. Ver seu plano diretor em MENESES, Ulpiano Toledo Bezerra de. Plano Diretor. São Paulo: Museu Paulista, 1990 (ms). [ Links ]


    4 BOURDIEU, Pierre. The Berber house. In: LAWRENCE-ZÚÑIGA, Denise e LOW, Setha M. The anthropology of space and place: locating culture. New Jersey: Blackwell Publishing, 2003, p.131-141. [ Links ]


    5 MILLER, Daniel. (ed.) Materiality. London: Duke University Press, 2005, p.1-50. [ Links ]


    7 BOIVIN, Nicole. Material cultures, material minds. The impact of things on human thought, society, and evolution. Cambridge: Cambridge University Press, 2008, p.10. [ Links ]


    8 LAYTON, Robert. Structuralism and Semiotics. In: TILLEY, Chris et alii. (eds.) Handbook of material culture. London: Sage, 2008, p.35. [ Links ]


    9 BUCHLI, Victor. The material culture reader. Oxford, New York: Berg, 2002. [ Links ]


    10 SAHLINS, Marshall. Cultura e razão prática. Rio de Janeiro: Zahar, 1979, p.199; [ Links ]

    BAUDRILLARD, Jean. O sistema de objetos. São Paulo: Perspectiva, 1993; [ Links ]

    DOUGLAS, Mary. Food as a system of communication. In: In the active voice. London: Routledge, 1982, p.82-124. [ Links ]


    11 TILLEY, Christopher. Objectification. In: TILLEY, Chris et al. (eds.) Handbook of material culture, p.9; [ Links ]

    BOIVIN, Nicole. Material cultures, material minds, p.31-81. [ Links ]


    12 THOMAS, Julian. Phenomenology and material culture. In: TILLEY, Chris et alli. (eds.) Handbook of material culture, p.47-49. [ Links ]


    13 TILLEY, Christopher. Metaphor and material culture. Oxford: Blackwell, 1999; [ Links ]

    BOIVIN, Nicole. Material cultures, material mind, p.38. [ Links ]


    14 GELL, Alfred. Art and agency. Oxford: Oxford University Press, 1998; [ Links ]

    LATOUR, Bruno. The Berlin key or how to do words with things. In: GRAVES-BROWN, Paul. (ed.) Matter, materiality and modern culture. London, New York: Routledge, 2000, p.10-21. [ Links ]


    15 GRAVES-BROWN, Paul. (ed.) Matter, materiality and modern culture, p.4. [ Links ]


    18 Rowlands segundo MILLER, Daniel. (ed.) Materiality. London: Duke University Press, 2005, p.9. [ Links ]


    19 TILLEY, Christopher. Objectification. In: TILLEY, Chris et al. (eds.) Handbook of material culture, p.60. [ Links ]


    20 Latour and Gell segundo MILLER, Daniel (ed.). Materiality, p.11. [ Links ]


    21 WARNIER, Jean-Pierre. Culture matérielle et subjectivation. In: PARLEBAS, Pierre. (coord.) Le corps et le langage: parcours accidentés. Actes de la Journée de L'École doctorale Éducation, langage, societé. Paris: Université Paris V - René Descartes/L'Harmattan, 1999, p.107-117; [ Links ]

    WARNIER, Jean-Pierre. Construire la culture matérielle. L'homme qui pensait avec ses doigts. Paris: Presses Universitaires de France, 1999. [ Links ]


    23 WARNIER, Jean-Pierre. Culture matérielle et subjectivation, p.107-117; [ Links ]

    WARNIER, Jean-Pierre. Construire la culture matérielle; [ Links ]

    FOUCAULT, Michel. Os corpos dóceis. In: Vigiar e punir: história da violência nas prisões. Rio de Janeiro: Vozes, 1977, p.125-152; [ Links ]

    BOURDIEU, Pierre. A economia das trocas simbólicas. São Paulo: Perspectiva, 1974. [ Links ]


    25 WARNIER, Jean-Pierre. Culture matérielle et subjectivation, p.107-117; [ Links ]

    WARNIER, Jean-Pierre. Construire la culture matérielle. [ Links ]


    26 BUCHLI, Victor. The material culture reader. Oxford, New York: Berg, 2002; [ Links ]

    CLIVE, Wainwright. The romantic interior: the British collector at home. 1750-1850. London: Paul Mellon Centre for Studies in British Art, New Haven: Yale University Press, 1989. [ Links ]


    27 GEORGE, Robert St. Home Furnishing and Domestic Interiors. Structuralism and Semiotics. In: TILLEY, Chris et alli. (eds.) Handbook of material culture, p.221-229. [ Links ]


    28 MILLER, Daniel. Consumo como cultura material. In: Horizontes Antropológicos, Porto Alegre, v.13, n.28, p.3, julho-dezembro 2007. [ Links ]


    29 Sobre os palacetes paulistanos ver CARVALHO, Maria Cristina Wolff de. Bem-morar em São Paulo, 1880-1910: Ramos de Azevedo e os modelos europeus. Anais do Museu Paulista, São Paulo, v.4, p.165-200, janeiro-dezembro 1996; [ Links ]

    CARVALHO, Maria Cristina Wolff de. Ramos de Azevedo. São Paulo: Edusp, 2000; [ Links ]

    HOMEM, Maria Cecília Naclério. O palacete paulistano e outras formas urbanas de morar da elite cafeeira: 1867-1918. São Paulo: Martins Fontes, 1996. [ Links ]


    30 A mercantilização dos objetos domésticos e a sua exibição privada e ostensiva marcaram um rompimento com as práticas coloniais, onde a demonstração de posição social privilegiada fazia-se em ocasiões públicas, momentos coletivos marcados pela religiosidade e por uma liberalidade "generosa" do consumo das riquezas individuais. Para a transição das práticas de ostentação ver MARINS, Paulo César Garcez. Através da rótula: sociedade e arquitetura no Brasil, séculos XVII a XX. 1.ed. São Paulo: Humanitas/FFLCH/USP, 2001; [ Links ]

    BORREGO, Maria Aparecida de Menezes. Laços familiares e aspectos materiais da dinâmica mercantil na cidade de São Paulo (séculos XVIII e XIX). Anais do Museu Paulista, São Paulo, v.18, n.1, p.11-41, junho-dezembro 2010; [ Links ]

    OLIVEIRA, Maria Luiza Ferreira de. Entre a casa e o armazém: relações sociais e experiência da urbanização. São Paulo, 1870-1900. São Paulo: Alameda Casa Editorial, 2005. [ Links ]


    31 Caracterizadas por uma baixa capacidade de expressar formalmente a situação social de seu proprietário. Com soluções locais criadas e transmitidas por profissionais anônimos, elas eram usualmente organizadas numa forma simplificada de distribuição frente-fundos e alinhadas com a rua. A diversidade entre as residências tradicionais dava-se muito mais na dimensão, volume e no número de portas e janelas do que nos seus aspectos formais ou tecnológicos ver em CARVALHO, Maria Cristina Wolff de. Bem-morar em São Paulo, 1880-1910: Ramos de Azevedo e os modelos europeus, p.165-200; [ Links ]

    CARVALHO, Maria Cristina Wolff de. Ramos de Azevedo; HOMEM, Maria Cecília Naclério. O palacete paulistano e outras formas urbanas de morar da elite cafeeira. 1867-1918, p.14. [ Links ]


    33 MENESES, Ulpiano T. Bezerra. O fogão da societé anonyme du gaz. Sugestões para uma leitura histórica de imagem publicitária. Projeto História. História e Imagem. Revista do Programa de Estudos de Pós-graduandos em História e do Departamento de História, PUC-SP, São Paulo, n.21, p.105-119, novembro 2000; [ Links ]

    SILVA, João Luís Máximo da. Cozinha modelo: o impacto do gás e da eletricidade na casa paulistana (1870-1930). São Paulo: EDUSP, 2008. [ Links ]


    34 LIMA, Solange Ferraz de. Ornamento e cidade: ferro, estuque e pintura mural em São Paulo, 1870 - 1930. São Paulo, USP, 2001. (História, Tese de doutorado). [ Links ]


    35 CARVALHO, Vânia Carneiro de. Gênero e artefato. [ Links ]


    37 ALENCAR, José de. Senhora. Porto Alegre: L&PM Pocket, 1997, p.27. [ Links ]


    38 GIEDION, Siegfried. La mecanización toma el mando. Barcelona: Gustavo Gilli, 1978, p.295. [ Links ]


    39 CÂNDIDO, Antônio. Os parceiros do rio Bonito: estudo sobre o caipira paulista e a transformação dos seus meios de vida. Rio de Janeiro: José Olympio, 1964, p.37. [ Links ]


    41 Para o conceito de síntese corporal ver: WARNIER, Jean-Pierre. Culture matérielle et subjectivation, p.9-15. [ Links ]


    42 GORDON, Beverly. Victorian fancywork in the American home: fantasy and accommodation. In: MOTZ, Marilyn F. e BROWNE, Pat. Making the American home. Middle-Class women & domestic material culture 1840-1940. Bowling Green/Ohio: Bowling Green State University Popular Press, 1988, p.50. [ Links ]


    43 KINCHIN, Juliet. Interiors: nineteenth-century essays on the masculine and the feminine room. In: KIRKHAM, Pat. (ed.) The gendered object. Manchester/New York: Manchester University Press, 1996, p.18. [ Links ]


    45 CARVALHO, Vânia Carneiro de e LIMA, Solange Ferraz de. Cultura material e coleção em um museu de história: as formas espontâneas de transcendência do privado. In: FIGUEIREDO, Betânia Gonçalves e VIDAL, Diana Gonçalves. (org.) Museus: dos gabinetes de curiosidades à museologia moderna. Belo Horizonte: Argvmentvm/CNPq, 2005, p.85-110. [ Links ]


    47 Lojas Boticão Universal e La Pendule Suisse - Relojoaria e Bijouteria Maurice Grumbach & Cia. Pranchas em MARTIN, Jules. Revista Industrial. São Paulo: s.c.p., 1900 (obra artesanal, acomodada em caixa de madeira, contendo fotografias originais e desenhos colorizados). Acervo do Museu Paulista da USP. [ Links ]


    51 SCHWARTZ, Hillel. Hearing aids: sweet nothings, or an ear for an ear. In: KIRKHAM, Pat. (ed.) The gendered object. Manchester: Manchester University Press, 1996, p.43-59. [ Links ]


    54 CARVALHO, Vânia Carneiro de e LIMA, Solange Ferraz de. Individuo, género y ornamento en los retratos fotográficos, p.271-291. [ Links ]


    56 ALVIN, Zuleika e PEIRÃO, Solange. Mappin, setenta anos. São Paulo: Ex-Libris, 1985, p.66-79. [ Links ]


    57 PADILHA, Márcia. A cidade como espetáculo: publicidade e vida urbana na São Paulo dos anos 20. São Paulo: Annablume, 2001, p.25. [ Links ]


    58 LOBATO, Nathalia Theophilo. Cultura material e consumo na cidade de São Paulo: a publicidade da loja Mappin, 1913-1920. Início: 2010; [ Links ]

    SANTOS, Tamires Martins dos. Cultura material e consumo na cidade de São Paulo: a publicidade da loja Mappin, 1921-1930. Início: 2011; [ Links ]

    SANTOS, Raissa Monteiro dos. Anúncios publicitários e consumo na cidade de São Paulo: Mappin Stores, 1931 e 1940. Início: 2011. São todas alunas de Iniciação Científica atuando no Programa de pesquisa em cultura material do Museu Paulista. [ Links ]


    60 ALENCAR, Michelle de Oliveira. Biografia de uma coleção: de objeto a documento histórico. Uma nova abordagem de doações de acervos familiares. São Paulo: Museu Paulista da USP, 2008. (Iniciação Científica, Programa de pesquisa em cultura material). [ Links ]


    61 ARRUDA, Márcia Bomfim de. Objetos turbulentos, territórios instáveis: uma história das representações dos aparelhos elétricos no espaço doméstico (1940-1960). São Paulo: PUC-SP, 2010. (História, Tese de doutorado). [ Links ]


    63 Michelle de Oliveira Alencar. Biografia de uma coleção. MACIEL, Ana Carolina. Cultura material. Percursos autobiográficos: entrevistas com doadores do Museu Paulista (USP). Pós-doutorado com bolsa Fapesp iniciado em 2010 (supervisão de Cecília Helena de Salles Oliveira). [ Links ]


    66 DEVALLON, Jean. Comunicação e sociedade: pensar a concepção da exposição. In: MAGALHÃES, Aline Montenegro e BEZERRA, Rafael Zamorano; BENCHETRIT, Sarah Fassa. (orgs.) Museus e comunicação: exposições como objeto de estudo. Rio de Janeiro: Museu Histórico Nacional, 2010, p.25. [ Links ]


    67 MENESES, Ulpiano T. Bezerra de. Do teatro da memória ao laboratório da História, p.39. [ Links ]


    68 ROQUE, Maria Isabel Rocha. Comunicação no museu. In: MAGALHÃES, Aline Montenegro; BEZERRA, Rafael Zamorano e BENCHETRIT, Sarah Fassa. (orgs.) Museus e comunicação, p.50. [ Links ]


    69 A curadoria conjunta com Solange Ferraz de Lima e Paulo César Garcez Marins foi pensada tendo em vista as afinidades de nossos trabalhos na área. LIMA, Solange. Ornamento e cidade; LIMA, Solange Ferraz de. O trânsito dos ornatos: modelos ornamentais da Europa para o Brasil, seus usos (e abusos?). Anais do Museu Paulista, v.16, p.145-192, 2008; [ Links ]

    MARINS, Paulo César Garcez. Habitação e vizinhança: limites da privacidade no surgimento das metrópoles brasileiras. In: SEVCENKO, Nicolau. (org.) NOVAIS, Fernando A. (dir.) História da vida privada no Brasil, v.3 (Da Belle Époque à Era do Rádio). São Paulo: Companhia das Letras, 1998, v.3, p.131-214; [ Links ]

    MARINS, Paulo César Garcez. Moradias dos paulistas: das fazendas às vilas operárias. São Paulo: Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (CENPEC), 2005; [ Links ]

    MARINS, Paulo César Garcez. Através da rótula; MARINS, Paulo César Garcez. Vida cotidiana entre os paulistas: moradias, alimentação, indumentária. In: SETUBAL, Maria Alice. (org.) Terra paulista: histórias, arte, costumes. São Paulo: CENPEC/IMESP, v.2, p.89-190, 2004. [ Links ]


    70 Há controvérsias sobre a eficácia de tais justaposições como em DEVALLON, Jean. Comunicação e sociedade: pensar a concepção da exposição, p.26. [ Links ]