SciELO - Scientific Electronic Library Online

SciELO - Scientific Electronic Library Online

Article References

BANDEIRA, Denise Ruschel; ALVES, Irai Cristina Boccato; GIACOMEL, Angélica Elisa  and  LORENZATTO, Luciano. Matrizes progressivas coloridas de Raven - escala especial: normas para Porto Alegre, RS. Psicol. estud. [online]. 2004, vol.9, n.3, pp.479-486. ISSN 1413-7372.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-73722004000300016.

    Alves, I.C.B. (s/d). Plano de coleta de dados para obtenção de normas para o Teste das Matrizes Progressivas Coloridas de Raven. (Manuscrito Não-Publicado.) [ Links ]

    Alves, I.C.B. & Duarte, J.L.M.  (1993). Padronização Brasileira da Escala de Maturidade Mental Colúmbia. Em Burgemeister, B.B.; Burgemeister, L.H. & Lorge, I., Escala de Maturidade Mental Colúmbia: manual para aplicação e interpretação. (3ª ed.) (pp. 24-32).  São Paulo: Casa do Psicólogo. [ Links ]

    Alves, I. C. B. (1998). Variáveis significativas na avaliação da inteligência. Psicologia Escolar e Educacional, 2(2), 109-114. [ Links ]

    Angelini, A.L.; Rosamilha, N. & Almeida, R.M. (1966).  Normas Brasileiras do Teste de Matrizes Progressivas. Ciência e Cultura, 18(2), 113-114. [ Links ]

    Angelini, A.L., Alves, I.C.B.; Custódio, E.M.; Duarte, W.F. & Duarte, J.L.M. (1999). Matrizes Progressivas Coloridas de Raven: Escala Especial. Manual. São Paulo: CETEPP. [ Links ]

    Bandeira, D.R. & Hutz, C.S.  (1994). A contribuição dos testes DFH, Bender e Raven na predição do rendimento escolar na primeira série. Psicologia: Teoria e Pesquisa, 10(1), 59-72. [ Links ]

    Campos, F. (1979). O Teste de Raven (Escala Geral) no Brasil. En: Raven, J.C., Testes das Matrizes Progressivas — Escala Geral: Séries A, B, C, D e E. Rio de Janeiro: CEPA. [ Links ]

    Cunha, J.A., Carvalho, L.C, Moraes, I.B.& Maraninchi, S. (1968). Nível intelectual dos estudantes de escolas médias de Porto Alegre. Arquivos Brasileiros de Psicotécnica, 20(3), 39-44. [ Links ]

    Davidoff, L.L. (1983). Introdução à Psicologia. São Paulo: McGraw-Hill do Brasil. [ Links ]

    Figueiredo, V.L.M. (2002). Adaptação e Padronização Brasileira da Escala de Inteligência Wechsler para Crianças, Terceira Edição — WISC-III. São Paulo: Casa do Psicólogo. [ Links ]

    Fynn, J.R.  (1999). Searching for justice. The Discovery of IQ gains over time. American Psychologist, 54(1), 5-20. [ Links ]

    Jacquemin, A. & Xavier, M.A. (1982). O Teste das Matrizes Progressivas de Raven — Escala Especial. Estudo normativo em crianças de  5 a 11 anos. Ciência e Cultura, 34(4), 524-529. [ Links ]

    Jacquemin, A. & Xavier, M.A. (1984). O Teste das Matrizes Progressivas de Raven — Escala Especial. Estudo de  sua fidedignidade. Ciência e Cultura, 36 (1), 77-79. [ Links ]

    Pasquali, L.; Wechsler, S.M. & Bensusan,  E. (2002). Matrizes Progressivas do Raven Infantil: um estudo de validação para o Brasil. Avaliação Psicológica, 1(2), 95-110. [ Links ]

    Raven, J.C.; Court, J.H & Raven, J. (1995). Manual for Raven's Progressive Matrices and Vocabulary Scales. Section 2. Coloured Progressive Matrices. (1995 edition). Oxford: Oxford Psychologists Press. [ Links ]

    Raven, J.C; Raven, J. & Court, J.H. (1988). Matrizes Progressivas Coloridas de Raven. Manual. São Paulo: Casa do Psicólogo. [ Links ]

    Raven, J.C.; Court, J.H & Raven, J. (1998). General overview (1999 edition). Oxford: Oxford Psychologists Press. [ Links ]

    Rosa, H.R. & Alves, I.C.B. (2000). R-2: Teste Não Verbal de Inteligência para Crianças. Manual. São Paulo: Vetor. [ Links ]