SciELO - Scientific Electronic Library Online

SciELO - Scientific Electronic Library Online

Article References

VENDRAMINI, Claudette Maria Medeiros; SILVA, Marjorie Cristina da  and  CANALE, Michelle. Análise de itens de uma prova de raciocínio estatístico. Psicol. estud. [online]. 2004, vol.9, n.3, pp.487-498. ISSN 1413-7372.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-73722004000300017.

    Andrade, D. F. (2001). Comparando desempenhos de grupos de alunos por intermédio da teoria da resposta ao item. Estudos em Avaliação Educacional, 23, 31-69. [ Links ]

    Andrade, D. F., & Valle, R. C. (1998). Introdução à teoria da resposta ao item. Estudos em Avaliação Educacional, 18, 13-32. [ Links ]

    Andrade, D. F., Tavares. H. R., & Valle, R. C. (2000). Teoria da resposta ao item: conceitos e aplicações. São Paulo: ABE. [ Links ]

    Andriola, W. B. (1998). Avaliação da aprendizagem: uma análise descritiva segundo a teoria de resposta ao item (TRI). Educação em Debate, 20(36), 93-102. [ Links ]

    Assessment System Corporation (1995a). User's manual for the RASCAL-Rasch Analysis Program. 2nd ed., Windows version 3.50e, St. Paul, MN: Author. [ Links ]

    Assessment System Corporation (1995b). User's manual for the XCALIBRE-Marginal Maximum-Likelihood IRT Parameter Estimation Program. (2nd ed.), Windows 3.x/95/NT version, St. Paul, MN: Author. [ Links ]

    Assessment System Corporation (1998). User's manual for the ITEMAN-Conventional Item  Analysis Program. 2nd ed., Windows 3.x/95/NT version, St. Paul, MN: Author. [ Links ]

    Bock, R. D., Gibbons, R., & Muraki, E. (1988). Full information item factor analysis. Applied Psychological measurement, 12(3), 261-280. [ Links ]

    Embretson, S. E. (1999). Generating items during testing: Psychometric issues and models. Psychometrika, 64(4), 407-433. [ Links ]

    Fletcher, P. (1994). A teoria da resposta ao item: medidas invariantes do desempenho escolar. Ensaio: avaliação e políticas públicas em educação, 1(2), 21-28. [ Links ]

    Garfield, J. (2002).The Challenge of Developing Statistical Reasoning. Journal of Statistics Education 10(3). Disponível em: <http://www.amstat.org/publications/jse/v10n3/garfield.html> (Acessado em 21/04/2003) [ Links ]

    Garfield, J., & Gal, I. (1999). Teaching and assessing statistical reasoning. In L. Stiff (Ed.). Developing mathematical reasoning in grades K-12. (pp. 207-219). Reston, VA: National Council Teachers of Mathematics. [ Links ]

    Hambleton, R. K., Swaminathan, H., & Rogers, H. J. (1991). Fundamentals of item response theory. Newbury Park: Sage Publishers. [ Links ]

    Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP (2002). Sistema nacional de avaliação da educação básica: relatório nacional 2001. Brasília: INEP. [ Links ]

    Lalonde, R. N., & Gardner, R. C. (1993). Statistics as a second language? A model for predicting performance in psychology students. Canadian Journal Behavioral Science, 25(1), 108-125. [ Links ]

    Pasquali, L. (1999). Instrumentos psicológicos: manual prático de elaboração. Brasília: Laboratório de Pesquisa em Avaliação e Medida — LabPAM. [ Links ]

    Pasquali, L. (2002). Provão (ENC) de Psicologia 2000 e 2001: Análise dos parâmetros psicométricos. Em R. Primi  (Org.). Temas em avaliação psicológica (pp.152-178). Campinas: Instituto Brasileiro de Avaliação Psicológica. [ Links ]

    Primi, R. (1998). Desenvolvimento de um instrumento informatizado para a avaliação do raciocínio analítico. Tese Doutorado Não-Publicada. Instituto de Psicologia. Universidade de São Paulo. [ Links ]

    Primi, R., Almeida, L. S. (2001). Teoria de Resposta ao Item. Em: E. M. Fernandes & L. S. Almeida (Orgs.).Métodos e técnicas de avaliação: contributos para a prática e investigação psicológicas. (pp. 205-232). Braga: Centro de Estudos em Educação e Psicologia, Universidade do Minho. [ Links ]

    Vendramini, C. M. M. (2000). Implicações das atitudes e das habilidades matemáticas na aprendizagem dos conceitos de Estatística. Tese de Doutorado Não-Publicada. Faculdade de Educação. Universidade Estadual de Campinas. [ Links ]

    Vendramini, C. M. M. (2002). Aplicação da teoria de resposta ao item na avaliação educacional. Em Primi R. (Org.). Temas em avaliação psicológica (pp.116-130). Campinas: Instituto Brasileiro de Avaliação Psicológica. [ Links ]

    Wilson, D. T., Wood, R., & Gibbons, R. (1998). TESTFACT 2 - test scoring, item statistics, and item factor. Chicago: Scientific Software International. [ Links ]

    Ziviani, C., & Primi, R. (2002). Teoria de resposta ao item e o modelo Rasch de mensuração: uma análise do provão de Psicologia. Em R. Primi (Org.). Temas em avaliação psicológica (pp.131-151). Campinas: Instituto Brasileiro de Avaliação Psicológica. [ Links ]