SciELO - Scientific Electronic Library Online

SciELO - Scientific Electronic Library Online

Article References

FREITAS, Simone Tupinambá et al. Conhecimento tradicional das marisqueiras de Barra Grande, área de proteção ambiental do delta do Rio Parnaíba, Piauí, Brasil. Ambient. soc. [online]. 2012, vol.15, n.2, pp. 91-112. ISSN 1809-4422.  http://dx.doi.org/10.1590/S1414-753X2012000200006.

    ARAÚJO, M. L. R.; ROCHA-BARREIRA, C. A. Distribuição espacial de Anomalocardia brasiliana (GMELIN, 1971) (Mollusca, Bivalvia, Veneridae) na praia do Canto da Barra, Fortim, Ceará, Brasil. Boletim Técnico Científico do CEPENE, v.12, p. 11-21, 2004. [ Links ]

    BAPTISTA, E. M. C. Caracterização e importância ecológica e econômica dos recifes da zona costeira do estado do Piauí. 2004. 288f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente) Universidade Federal do Piauí, Teresina. [ Links ]

    BARREIRA, C. A. R.; ARAÚJO, M. L. R. Ciclo reprodutivo de Anomalocardia brasiliana (Gmelin, 1791) (Mollusca, Bivalvia, Veneridae) na praia do Canto da Barra, Fortim, Ceará, Brasil. Boletim do Instituto de Pesca, v. 31, n.1, p. 9-20, 2005. [ Links ]

    BELÚCIO, L. F. Comunidade bênticas de moluscos da zona estuarina da região do Araça, São Sebastião, SP. 1995. 144f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) Universidade Estadual de Campinas. [ Links ]

    BERNARD, H. R. Research methods in cultural anthropology. Newbury Park, California: Sage, 1988. [ Links ]

    BOEHS, G.; ABSHER, T. M.; CRUZ-KALED, A. C. Ecologia populacional de Anomalocardia brasiliana (GMELIN, 1791) (Bivalvia, Veneridae) na baía de Paranaguá, Paraná, Brasil. Boletim do Instituto de Pesca, v. 34, n. 2, p. 259-270, 2008. [ Links ]

    BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado Federal, 1988. [ Links ]

    CARQUEIJA, C. R. G.; GOUVÊA, E. P. Hábito alimentar de Callinectes larvatus (Crustacea, Decapoda, Portunidae) no manguezal de Jiribatuba, Baía de Todos os Santos, Bahia. Revista Brasileira de Zoologia, v. 15, n.1, p. 273-278, 1998. [ Links ]

    CASTRO, F. T. C.; ARAUJO, R. C. P.; SOUZA, H. C. Valoração econômica dos usos diretos do ecossistema manguezal: o caso da foz do rio Jaguaribe. In: Congresso da Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia (SOBER), 48., 2009, Campo Grande, Palestra. Disponível em: <http://www.sober.org.br/palestra/15/893.pdf> Acesso em: 28 abr. 2010. [ Links ]

    CAVALCANTI, A. P. B. Impactos e condições ambientais da zona costeira do estado do Piauí. 2000. 356f. Rio Claro: UNESP. Tese (Doutorado em Geografia). Universidade Estadual Paulista, Rio Claro. [ Links ]

    COSTA, F. A. P. Cronologia Histórica do Estado do Piauí. Rio de Janeiro: Artenova, 1974. [ Links ]

    COSTA-NETO, E. M. Os moluscos na zooterapia: medicina tradicional e importância clínico-farmacológica. Revista Biotemas, v. 19, n. 3, p. 71-78, 2006. [ Links ]

    D´ANTONA, A. O. Tempos e lugares nos Lençóis Maranhenses: Considerações sobre o modo de vida de comunidades residentes junto a um Parque Nacional. In: DIEGUES, A. C. (Org.). A imagem das águas. NUPAUB-USP, São Paulo, Brasil, 2000, p.111-141. [ Links ]

    DIAS, T. L. P.; ROSA, R. S.; DAMASCENO, L. C. P. Aspectos socioeconômicos, percepção ambiental e perspectivas das mulheres marisqueiras da Reserva de Desenvolvimento Sustentável Ponta do Tubarão (Rio Grande do Norte, Brasil). Gaia Scientia, v. 1, n. 1, p. 25-35, 2007. [ Links ]

    DIEGUES, A.C.S. Etnoconser vação da natureza: enfoques alternativos. In: DIEGUES, A.C. S. (Org.) Etnoconservação: novos rumos para a proteção da natureza nos trópicos. São Paulo: HUCITEC/NUPAUB, 2000. [ Links ]

    DREW, J. A. Traditional ecological knowledge in marine conservation. Conservation Biology, v. 19, n. 4, p. 1286-1293, 2005. [ Links ]

    EL-DEIR, S. G. Estudo da mariscagem de Anomalocardia brasiliana (Mollusca: Bivalvia) nos bancos de coroa do Avião, Ramalho e Mangue Seco (Igarassu-Pernambuco, Brasil). 2009. 123f. Tese (Doutorado em Oceanografia) Universidade Federal de Pernambuco, Recife. [ Links ]

    FELEPPA, R. Emics, ethics, and social objectivity. Current Anthropology, v. 27, n. 3, p. 243-254, 1986. [ Links ]

    GROTTA, M.; LUNETTA, J.E. Ciclo sexual de Anomalocardia brasiliana (Gmelin, 1791) (Mollusca - Bivalvia) do litoral do estado da Paraíba. Revista Nordestina de Biologia, v. 3, p. 5-55, 1980. [ Links ]

    IBAMA. Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis. Documento Legal. Disponível em: < www.ibama.gov.br/siucweb/mostraDocLegal.php>. Acesso em: 13 dez. 2010. [ Links ]

    IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Disponível em:< http://www.ibge.gov.br/cidadesat/topwindow.htm?1> Acesso em: 30 jul. 2010. [ Links ]

    INMET. Instituto Nacional de Meteorologia. Gráficos das normais climatológicas. Disponível em: <http://www.inmet.gov.br/html/clima/graficos/plotGraf.php?chklist=2%2C4%2C&capita=teresina%2C&peri=99%2C&per6190=99& precipitacao=2&tempmed=4&teresina=38&Enviar=Visualizar>. Acesso em: 02 fev. 2011. [ Links ]

    LINHARES, J. C. S.; GOES, L. C. F.; GOES, J. M.; LEGAT, J. F. A. Perfil socioeconômico e saber etnobiológico do catador de caranguejo-uçá, Ucides cordatus (Linnaeus, 1763) da Área de Proteção Ambiental do Delta do Rio Parnaíba. Sitientibus, Série Ciências Biológicas, v. 8, n. 2, p. 135-141, 2008. [ Links ]

    MALDONADO, S. C. Pescadores do mar. São Paulo: Ática, 1986. [ Links ]

    MANZONI, G. C.; LACOVA, L. A. Crescimento dos gástropodes Thais (Stramonita) Haemastoma e Cymatium parthessopeum em cultivo experimental na enseada da armação do Itapocoray (26° 475'-4°36'w) (Penha-SC). Notas técnicas Facimar, v. 2, p. 167-173, 1998. [ Links ]

    MARTINS, V. S.; SOUTO, F. J. B. Uma análise biométrica de bivalves coletados por marisqueiras no manguezal de Acupe, Santo Amaro, Bahia: uma abordagem etnoconservacionista. Sitientibus, Série Ciências Biológicas, v. 6, p. 98-105, 2006. [ Links ]

    MONTI, D.; FRENKIEL, L.; MOUËZA, M. Demography and growth of Anomalocardia brasiliana (Gmelin) (Bivalvia: Veneridae) in a mangrove, in Guadaloupe (French West Indies). Journal of Molluscan Studies, v.57, p. 249-257, 1991. [ Links ]

    MOUËZA, M.; GROS, O.; FRENKIEL, L. Embryonic, larval and postlarval development of the tropical clam, Anomalocardia brasiliana (Bivalvia, Veneridae). Journal of Molluscan Studies, v. 65, p. 73-88, 1999. [ Links ]

    MOURÃO, J.S.; NORDI, N. Pescadores, peixes, espaço e tempo: uma abordagem etnoecológica. Interciencia, v. 31, p. 358-363, 2006. [ Links ]

    NARCHI, W. Aspectos ecológicos e adaptativos de alguns bivalves do litoral paulista. Papéis Avulsos Zool., v. 27, p. 235-262, 1974. [ Links ]

    ______. Ciclo anual da gametogênese de Anomalocardia brasiliana (Gmelin, 1791) (Mollusca Bivalvia). Boletim de Zoologia da Universidade de São Paulo, v.1, p. 331-350, 1976. [ Links ]

    NISHIDA, A. K. A.; NORDI, N.; ALVES, R. R. D. N. Abordagem etnoecológica da coleta de moluscos no litoral Paraibano. Tropical Oceanography, v. 32, n.1, p. 53-68, 2004. [ Links ]

    ______.The lunar-tide cycle viewed by crustacean and mollusc gatherers in the State of Paraiba, Northeast Brazil and their influence in collection attitudes. Journal of Ethnobiology and Ethnomedicine, v. 2, n. 1, p. 1-12, 2006. [ Links ]

    ______. Aspectos socioeconômicos dos catadores de moluscos do litoral paraibano, Nordeste do Brasil. Revista de Biologia e Ciências da Terra, v. 8, n. 1, p. 207-215, 2008. [ Links ]

    OLIVEIRA, I. B. Estudo da estrutura populacional da Anomalocardia brasiliana (Gmelin, 1791) na praia do Mangue Seco, litoral Norte de Pernambuco, Brasil. 2010. 66f. Dissertação, (Mestrado em Recursos Pesqueiros e Aquicultura) Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife. [ Links ]

    OLSSON, P.; FOLKE, C. Local ecological knowledge and institutional dynamics for ecosystem management: A study of lake Racken Watershed, Sweden. Ecosystems, v. 4, p.85-104, 2001. [ Links ]

    PDITS, Polo Costa do Delta. Disponível em: <http://www.bnb.gov.br/content/aplicacao/prodetur/downloads/gerados/pdits_piaui.asp> Acesso em: 30 jul. 2010. [ Links ]

    POLI, C. R.; POLI, A. T. B.; ANDREATTA, E.; BELTRAME, E. A. (Orgs.). Aquicultura: experiências Brasileiras. Florianópolis: Multitarefa, 2004. [ Links ]

    RESGALLA, JR.; PIOVEZAN, A. C. Fisiologia alimentar do berbigão Anomalocardia brasiliana (Gmelin, 1791). Atlântica, v. 3, n.1, p. 69-78, 2009. [ Links ]

    SCHAEFFER-NOVELLI, Y. Perfil dos ecossistemas litorâneos brasileiros, com especial ênfase sobre o ecossistema manguezal. Publicação Especial do Instituto Oceanográfico, v.7, p. 1-16, 1989. [ Links ]

    ______. Manguezal: ecossistema entre a terra e o mar. Caribbean Ecological Research, São Paulo, Brasil, 1995. [ Links ]

    SICK, H. Ornitologia brasileira. 2. ed. Rio de Janeiro: Nova Franteira, 1997. [ Links ]

    SILVANO, A. M. R.; VALBO-JØRGENSEN, J. Beyond ûshermen's tales: contributions of ûshers' local ecological knowledge to ûsh ecology and ûsheries management. Environment, Development and Sustainability, v. 10, p.657-675, 2008. [ Links ]

    SOUTO, F. J. B.; MARQUES, J. G. W. "A vida do grande é comer o pequeno":Conhecimento sobre interações tróficas por pescadores artesanais no Manguezal de Acupe, Santo Amaro, Bahia. Revista de Gestão Costeira Integrada, n. 2 Manguezais do Brasil, 2009. [ Links ]

    ______. MARTINS, V. S. Conhecimentos etnoecológicos na mariscagem de moluscos bivalves no manguezal do distrito de Acupe, Santo Amaro-BA. Biotemas, v. 22, n. 4, p. 207-218, 2009. [ Links ]

    STRAHLER, A. N. Geografia física. Barcelona: Omega, 1974. [ Links ]

    VALBO-JØRGENSEN, J.; POULSEN, A. F. Using local knowledge as a research tool in the study of river ûsh biology: experiences from the Mekong. Environment, Development and Sustainability , v. 2, p. 253 - 276, 2000. [ Links ]

    VASCONCELLOS, M.; DIEGUES, A.; SALES, R. Limites e possibilidades na gestão da pesca artesanal costeira. In: Costa, A. (Org.). Nas redes da pesca artesanal. Brasília:IBAMA/PNUD, 2007. v. 1, n.1, p. 16-83. [ Links ]

    VASCONCELOS-FILHO, A. L.; SILVA, K. C.; ACIOLI, F. D. Hábitos alimentares de Sphoeroides testudineus (Linnaeus, 1758). (Teleostei: Tetraodontidae) no canal de Santa Cruz, Itamaracá (PE). Trabalhos Oceanográficos da Universidade Federal de Pernambuco, v. 26, n.1, p.145-152, 1998. [ Links ]