SciELO - Scientific Electronic Library Online

SciELO - Scientific Electronic Library Online

Article References

CARNEIRO, Maria José  and  DANTON, Thais. Agricultura e biodiversidade nas Ciências Sociais brasileiras: alimentando a comunicação entre ciência e políticas públicas. Sociologias [online]. 2012, vol.14, n.30, pp. 252-289. ISSN 1517-4522.  http://dx.doi.org/10.1590/S1517-45222012000200009.

    BALÉE, W. Indigenous Adaptation to Amazonian Palm Forests. Principles, v. 32, n. 2, p. 47-54, 1988. [ Links ]

    BALÉE, W. Cultura na vegetação da Amazônia brasileira. In: NEVES, W. (org.) Biologia e ecologia humana na Amazônia: avaliação e perspectivas. Belém: SCT/PR/Cnpq - Museu Paraense Emílio Goeldi. Coleção Eduardo Galvão, p. 95-109, 1989. [ Links ]

    CARNEIRO, M.J., Política pública e agricultura familiar: uma leitura do Pronaf. Estudos, Sociedade e Agricultura, n. 8, p.70-81, 1997. [ Links ]

    CARNEIRO, M .J., GUEDES-BRUNI, R., LEITE, S. Conhecimento científico e políticas públicas: mobilização e apropriação do saber em medidas de conservação da Mata Atlântica. Estudos Sociedade e Agricultura, v.17, n. 2, p. 254-303, 2009. [ Links ]

    CENTRE FOR EVIDENCE-BASED CONSERVATION. Guidelines for Systematic Review in Conservation and Environmental Management. School of the Environment & Natural Resources. Bangor University, 2009. [ Links ]

    DA-SILVA-ROSA, T., CARNEIRO, M .J.  O acesso livre à produção acadêmica como subsídios para políticas públicas: um exercício sobre o Banco de Teses da CAPES. História, Ciências, Saúde, v.17, n. 4, p.955-974, 2010. [ Links ]

    DA-SILVA-ROSA, T., CARNEIRO, M .J., GUEDES-BRUNI, R., SILVA, A. (in press). Natural Sciences and Social Sciences: Dialogues on knowledge production concerning biodiversity conservation and agriculture in Brazil. In: BUREL, F., LAURENT, C., Plurality of science for interdisciplinarity and policy making: Theoretical findings from analyses of sustainable development in agriculture. London: Bentham E-books. [ Links ]

    DAVIES, H. T. O., NUTLEY, S. M.,  Evidence-based policy and practice: moving from rhetoric to reality. Third International, Inter-disciplinary Evidence-Based Policies and Indicator Systems Conference, 2001. [ Links ]

    DIEGUES, A. C. O mito moderno da natureza intocada. São Paulo: Hucitec, 1996. [ Links ]

    FERREIRA, L. Idéias para uma sociologia da questão ambiental: teoria social, sociologia ambiental e interdisciplinaridade. Desenvolvimento e Meio Ambiente, n. 10, p. 77-89, 2004a. [ Links ]

    FLORIANI, N. O planejamento do espaço rural periurbano:da abordagem funcional do tyerritório às territorialidades da autonomia. Desenvolvimento e Meio Ambiente. n. 16, PP. 55-68 jul-dez, 2007 [ Links ]

    Funtowics, S., Ravetz, J.  Ciência pós-normal e comunidades ampliadas de pares face aos desafios ambientais. História, Ciências, Saúde. Rio de Janeiro, v. IV, n. 2, p. 219-330, 1997. [ Links ]

    GERHARDT, C. H., Pesquisadores, Populações Locais e Áreas Protegidas: entre a instabilidade dos "lados" e a multiplicidade estrutural das "posições". Tese (Doutorado em Ciências Sociais em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade), CPDA/UFRRJ, Rio de Janeiro. 2008. [ Links ]

    GOMESZ-POMPA, KAUS, A. Traditional management of tropical forest in México. In: ANDERSON, A. B (ed). Alternative to deforestation: steps to ward sustainable use of the Amazon rain. New York: Columbia University Press, p. 45-64, 1990. [ Links ]

    HARDIN, G. The tragedy of the commons. Science, n.162, p. 1243-1248, 1968. [ Links ]

    HARWOOD, R. Development pathways toward sustainable systems following slash-and-burn. Agricultural Systems & Environment , n. 58, p. 75-86, 1996. [ Links ]

    HOLMES, J., CLARK, R. Enhancing the use of science in environmental policy-making and regulation. Environmental Sicence & Policy, v. II, p. 702-711, 2008. [ Links ]

    HOPPE, R., Rethink the science-policy nexus: from knowledge utilization and science technology studies to types of boundary arrangements. Poiesis Prax. n. 3, p. 199-215, 2005. [ Links ]

    LAURENT, C., LABARTHE, P., TROUVÉ, A., BERRIET-SOLLIEC, M., BONNAFOUS, P. Les connaissances scientifiques et techniques : une ressource de plus en plus rare pour la décision publique ? Communication for the Forum of the Regulation. Paris: École Normale Supérieure/Maison des Sciences Economiques Paris-Sorbonne, 2009a. [ Links ]

    LAURENT, C., TROUVÉ, A, PERRAUD, D. A emergência do debate sobre as abordagens Evidence-based ou Evidence-aware policy no campo da agricultura.  Estudos Sociedade e Agricultura, v. 17, n. 2, p. 193-226, 2009b. [ Links ]

    LAURENT, C. Validité des connaissances scientifiques et intervention publique : le cas de l'agriculture dans le développement durable (EBP-BIOSOC).  Paris: ANR Research Project, INRA, 2006. [ Links ]

    LEFF, E. Epistemologia Ambiental. São Paulo: Cortez, 2001. [ Links ]

    LEONARD, E., BONNAL, P., FOYER, J., LEITE, S.P. La construction normative Du développement durable dans les contexts de sa "mise en politiques". Une analyse par les dépendances de sentier au Brésil e au Mexique. Mondes em Développement, v. 37, n. 148, 2009. [ Links ]

    NEVES, F. O. C. Os guaranis invadem o Parque Estadual Intervales : como destruir a biodiversidade sendo politicamente correto. ADCOAS-IBAP Revista de Direitos Difusos, v. 20 Ocupação territorial e meio ambiente I, p. 2719-2748, jul/ago. 2003. [ Links ]

    NUTLEY, D. et all. Evidence Based Policy and Practice: cross sector lessons from the UK. ESRC UK Centre for Evidence Based Policy and Practice: Working Paper 9, 2002. [ Links ]

    OSTROM, E. Governing the commons: the evolution of institutions for collective action. New York: Cambridge University Press, 1990. [ Links ]

    POSEY, D. A. 1986. Manejo da floresta secundária, capoeiras e cerrados (Kayapó). In: Ribeiro, B. (org). Suma Etnológica Brasileira (1): Etnobiologia. Petrópolis: FINEP/Vozes, 1986. [ Links ]

    PULLIN, A. S., STEWART, G. B., Guidelines for Systematic Review in Conservation and Environmental Management. Conservation Biology., v. 20, n. 6, p. 1647-1656, 2006. [ Links ]

    SUTHERLAND, W.; PULLIN, A.S.; DOLMAN, P.M.; KNIGHT, T.M. The need for evidence based conservation. Trends in Ecology and Evolution, v.19, n.6, june, 2004. [ Links ]

    UNESCO. 2010. World Social Science Report. Disponível em: <http://www.unesco.org/new/en/social-and-human-sciences/resources/reports/world-social-science-report>. Acesso em: 30  ago 2010. [ Links ]

    WANDERLEY, M. N. Agricultura familiar e campesinato: rupturas e continuidade. Estudos, Sociedade e Agricultura, v. 21, p. 42-61, out. 2003. [ Links ]

    ALLEGRETTI, M. A construção social de políticas públicas. Chico Mendes e o movimento dos seringueiros.  Desenv. e Meio Amb. n. 18,  p. 39-59, jul/dez.  2008. [ Links ]

    ALMEIDA, L. Elementos para pensar a transição agroambiental: as lógicas da mudança técnica na agricultura familiar.  Desenv. e Meio Amb. n.14, p. 33-45, jul/dec. 2006. [ Links ]

    ARRUDA, R., "Populações tradicionais" e a proteção dos recursos naturais em unidades de conservação. Ambient. Soc.,  n. 5, p. 79-92, jul-dec. 1999. [ Links ]

    AZEVEDO, A.I., MARTINS, H.T., DRUMMOND, J.A., A dinâmica institucional de uso comunitário dos produtos nativos do cerrado no município de Japonvar (Minas Gerais). Brasília, v. 24, n. 1, p. 193-228, jan./abr. 2009. [ Links ]

    BRANDENBURG, A., FERREIRA, A. D. D., SANTOS, L. J. C., Dimensões socioambientais do rural contemporâneo. Desenv. e Meio Amb. n. 10, p. 119-125, jul/dez. 2004. [ Links ]

    CASTRO, F., SIQUEIRA, A. D., BRONDIZIO, E. S., FERREIRA, L., Uso e abuso dos conceitos de tradição e direitos de propriedade na conservação de recursos naturais na Mata Atlântica, Brasil. Ambient. Soc., v. 9, n. 1, p. 23-39, 2006. [ Links ]

    DUMORA, C. Viver e sobreviver numa Área de Proteção Ambiental: o caso da pequena agricultura familiar em uma das comunidades rurais da APA de Guaraqueçaba. Desenv. e Meio Amb. n. 14, p. 47-67, jul/dec. 2006. [ Links ]

    FERREIRA, L. C. Dimensões humanas da biodiversidade: mudanças sociais e conflitos em torno de áreas protegidas no Vale do Ribeira, SP, Brasil. Ambient. Soc., v.7, n. 1, p. 47-66, 2004b. [ Links ]

    LIMA, D., POZZOBON, J., Amazônia socioambiental: sustentabilidade ecológica e diversidade social. Estud. av. v. 19, n. 54, p. 45-76, 2005. [ Links ]

    MARTINS, P. Dinâmica evolutiva em roças de caboclos amazônicos. Estud. av., v. 19, n. 53, p. 209-220, 2005. [ Links ]

    MOREIRA, R. Agricultura familiar e sustentabilidade: valorização e desvalorização econômica e cultural das técnicas.  Est. Soc. e Agric., n. 8, 1997. [ Links ]

    MOTA, D. M. J., SANTOS, V. Uso e conservação dos remanescentes de mangabeira por populações extrativistas em Barra dos Coqueiros, Estado de Sergipe. Acta Scientiarium. Human and Social Sciences. Maringá, v. 30, n. 2, p. 173-180, 2008. [ Links ]

    PATERNIANI, E.  Agricultura sustentável nos trópicos. Estud. av., v. 15, n.  43, p. 303-326, 2001. [ Links ]

    PEDLOWSKI, M.; DALE,V.; MATRICARDI,G. A criação de área protegidas e os limites da conservação ambiental em Rondônia. Ambiente & Sociedade - Ano II – n. 5 – 2 Semestre de 1999. [ Links ]

    PIMENTA, J.  Desenvolvimento sustentável e povos indígenas: os paradoxos de um exemplo amazônico. Anuário Antropológico, 2002/2003, 2004. [ Links ]

    QUEIROZ, H. L. A reserva de desenvolvimento sustentável Mamirauá. Estud. av., v.19, n. 54, p. 183-203, 2005. [ Links ]

    RODRIGUES, A., TOMMASINO, H., FOLADORI, G. É correto pensar a sustentabilidade em nível local? Uma análise metodológica de um estudo de caso em uma Área de Proteção Ambiental no litoral sul do Brasil. Ambient. soc., v. 6, n. 1, p. 109-127, 2003. [ Links ]

    SILVA, C. E. M. Ordenamento Territorial no Cerrado brasileiro: da fronteira monocultora a modelos baseados na sociobiodiversidade. Desenv. e Meio Amb. n.19, p. 189-109, jan/jun. 2009. [ Links ]

    TEIXEIRA, C. O desenvolvimento sustentável em unidade de conservação: a "naturalização" do social. Rev. bras. Ci. Soc., v.20, n. 59, p. 51-66, 2005. [ Links ]