SciELO - Scientific Electronic Library Online

SciELO - Scientific Electronic Library Online

Article References

BANDEIRA, Fábio et al. Pode a termografia auxiliar no diagnóstico de lesões musculares em atletas de futebol?. Rev Bras Med Esporte [online]. 2012, vol.18, n.4, pp. 246-251. ISSN 1517-8692.  http://dx.doi.org/10.1590/S1517-86922012000400006.

    1. Leite MAOST. Efeitos da crioterapia na recuperação das alterações na performance física e de indicadores lesão muscular induzida por um único jogo de futebol, 2009. Dissertação (Mestrado em Ciências do Desporto) - Faculdade de Desporto, Universidade do Porto, Porto, Portugal, 2009. [ Links ]

    2. Zoppi CC, Antunes-Neto J, Catanho FO, Goulart LF, Moura NM, Macedo DV Alterações em biomarcadores de estresse oxidativo, defesa antioxidante e lesão muscular em jogadores de futebol durante uma temporada competitiva. Rev. paul. educ. fís., 2003;17:119-30. [ Links ]

    3. Bangsbo J. Fitness Training in Soccer - A Scientific Approach. Auburn, Michigan: Data Reproductions, 2003. [ Links ]

    4. Bosco C. Aspectos Fisiológicos de la Preparación Física del Futbolista. Barcelona: 3 Ed. Editorial Paidotribo, 1993. [ Links ]

    5. Garrett Jr WE, Kirkendall DT. A Ciência do Exercício e dos Esportes. Porto Alegre: Artmed, 2003. [ Links ]

    6. Weineck J. Treinamento Ideal. São Paulo: 9 Ed. Editora Manole, 1999. [ Links ]

    7. Weineck J. Futebol Total - O treinamento Físico no Futebol. Guarulhos: Phorte Editora, 2004. [ Links ]

    8. Verkhoshanski YV. Treinamento Desportivo: Teoria e Metodologia. Porto Alegre: Artmed, 2001. [ Links ]

    9. Cruzat VF, Rogero MM, Borges MC, Tirapegui J. Current aspects about oxidative stress, physical exercise and supplementation. Rev Bras Med Esporte 2007;13:304e-10e. [ Links ]

    10. Mäkinen TM, Rintamäki H, Karpakka J, Komulainen J, Hissa R. Submaximal exercise in the cold: does cooling potentiate the development of muscle injuries in the rat? Comp. Biochem. Physiol., Part A: Mol. Integr. Phys., 1998;121:273-8. [ Links ]

    11. Ascensão A, Rebelo A, Oliveira E, Marques F, Pereira L, Magalhães J. Biochemical impact of a soccer match - Analysis of oxidative stress and muscle damage markers throughout recovery. Clin. Biochem. 2008;41:841-51. [ Links ]

    12. Lazarim FL, Antunes-Neto JMF, Silva FOC, Nunes LAS, Bassini-Cameron A, Cameron LC et al. The upper values of plasma creatine kinase of professional soccer players during the Brazilian National Championship. j. sci. med. sport. 2009;12:85-90. [ Links ]

    13. Silva ASR, Santhiago V, Papoti M, Gobatto CA. Psychological, biochemical and physiological responses of Brazilian soccer players during a training program. Sci. sports. 2008;23:66-72. [ Links ]

    14. Wilmore JH, Costill DL. Fisiologia do Esporte e do Exercício. São Paulo: Editora Manole, 2001. [ Links ]

    15. Suzuki K, Totsuka M, Nakaji S, Yamada M, Kudoh S, Liu Q et al. Endurance exercise causes interaction among stress hormones, cytokines, neutrophil dynamics, and muscle damage. J. appl. physiol. 1999;87:1360-7. [ Links ]

    16. Mougios V. Reference intervals for serum creatine kinase in athletes. Br. j. sports med. 2007;41:674-8. [ Links ]

    17. Mcardle WD, Katch FI, Katch VL. Fisiologia do Exercício - Energia, Nutrição e Desempenho Humano. Rio de Janeiro: 5 Ed. Editora Guanabara Koogan, 2003. [ Links ]

    18. Brancaccio P, Limongelli FM, Maffulli. Monitoring of serum enzymes in sport. Br. j. sports med. 2006;40:96-7. [ Links ]

    19. Machado M, Antunes WD, Tamy ALM, Azevedo PG, Barreto JG, Hackney AC. Effect of a single dose of caffeine supplementation and intermittent-interval exercise on muscle damage markers in soccer players. JESF 2009;2:91-7. [ Links ]

    20. Martins FSB. Alterações bioquímicas induzidas por diferentes tipos de provas de triatlo. 2010. Dissertação (Doutorado em Ciências do Desporto) - Universidade do Porto, Porto, Portugal, 2010. [ Links ]

    21. Kitchem S, Young S. Princípios Eletrofísicos. In: Kitchem S, Bazim S. Eletroterapia de Clayton. São Paulo: Manole. 1998, p.46-58. [ Links ]

    22. Tan J-H, Ng EYK, Acharya UR, Chee C. Infrared thermography on ocular surface temperature: A review. Infrared Phys. Technol. 2009;52:97-108. [ Links ]

    23. Brioschi ML, Yeng LT, Pastor EMH, Teixeira MJ. Utilização da imagem infravermelha em reumatologia. Rev Bras Reumatol 2007;47:42-51. [ Links ]

    24. Balbinot LF. Termografia computadorizada na identificação de trigger points miofasciais. Santa Catarina: UDESC, 2006. 126 p. Dissertação (Mestrado) - Programa de Pós-Graduação em Ciências do movimento humano - biomecânica, Florianópolis, 2006. [ Links ]

    25. Guedes DP, Guedes JERP. Controle do peso corporal. Rio de Janeiro: 2 Ed. Shape Editora, 2003. [ Links ]

    26. Heyward VH. Avaliação física e prescrição de exercício: técnicas avançadas. Porto Alegre: 4 Ed. Artmed, 2004. [ Links ]

    27. Mauad PJ, Foster C. Avaliação fisiológica do condicionamento humano. São Paulo: Phorte Editora, 2009. [ Links ]

    28. Pitanga FJG. Testes, medidas e avaliação em educação física e esportes. São Paulo: 3 Ed. Phorte Editora, 2004. [ Links ]

    29. Martins B, Veloso J, França JB, Bottaro M. Efeitos do intervalo de recuperação entre séries de exercícios resistidos no hormônio do crescimento em mulheres jovens. Rev Bras Med Esporte 2008;14:171-5. [ Links ]

    30. Foschini D; Prestes J, Charro MA. Relação entre exercício físico, dano muscular e dor muscular de início tardio. Rev. bras cineantropom. desempenho hum. 2007;9:101-6. [ Links ]

    31. Pazikas MGA, Curi A, Aoki MS. Comportamento de variáveis fisiológicas em atletas de nado sincronizado durante uma sessão de treinamento na fase de preparação para as Olimpíadas de Atenas 2004. Rev Bras Med Esporte 2005;11:357-62. [ Links ]

    32. Tricoli V. Mecanismos envolvidos na etiologia da dor muscular tardia. Rev. bras. ciênc. mov. 2001;9:39-44. [ Links ]

    33. FLIR Systems Inc., ThermaCAM Researcher Professional Edition User's Manual. Version 2.8 SR-3, Publ. N 1 558 071 Rev. A196, December 2006. Disponível em: http://maeresearch.ucsd.edu/kleissl/papers/IR/research.pdf (acessado em 21/07/2009) [ Links ]

    34. Brancaccio P, Maffulli N, Limongelli FM. Creatine kinase monitoring in sport medicine. Br. med. bull. 2007;81,82:209-30. [ Links ]

    35. Balnave CD, Thompson MW. Effect of training on eccentric exercise induced muscle damage. J Appl Physiol 1993;75:1545-51. [ Links ]

    36. Souza CT, Medeiros C, Silva LA, Silveira TC, Silveira PC, Pinho CA, et al. Avaliação sérica de danos musculares e oxidativos em atletas após partida de futsal. Rev. bras cineantropom. desempenho hum.2010;12:269-74. [ Links ]

    37. Guyton AC, Hall JE. Tratado de Fisiologia Médica. Rio de Janeiro: 11 Ed. Elsevier, 2006. [ Links ]

    38. Savastano DM, Gorbach AM, Eden HS, Brady SM, Reynolds JC, Yanovski JA. Adiposity and human regional body temperature. Am. J. Clin. Nutr.2009;90:1124-31. [ Links ]

    39. Havenith G; Smith C, Fukazawa T. The Skin Interface - Meeting Point of Physiology and Clothing Science. J. Fiber Bioeng. Inform. 2008;1:93-8. [ Links ]

    40. Sehl PL. Respostas termoeregulatórias de meninos púberes obesos e não-obesos durante pedalada no calor. Porto Alegre: UFRGS, 2010. 83 p. Dissertação (Mestrado) - Programa de Pós-Graduação em Ciências do movimento humano, Escola de Educação Física, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2010. [ Links ]

    41. Knifis FW, Santos LC, Corrêa CA, Albuquerque AC, Filho JF, Dantas EHM. Características antropométricas e sua relação com microlesões induzidas pelo exercício. Braz. J. Biomotricity 2008;2:122-31. [ Links ]

    42. Córdova A, Navas FJ. Os radicais livres e o dano muscular produzido pelo exercício: papel dos antioxidantes. Rev Bras Med Esporte 2000;6:204-8. [ Links ]

    43. Fornaziero AM. Efeitos de um jogo de futebol sobre marcadores fisiológicos, bioquímicos e de performance. Curitiba: Universidade Federal do Paraná, 2009. 124 p. Dissertação (Mestrado) - Programa de Pós-Graduação em Fisiologia, Curitiba, 2009. [ Links ]

    44. Eston R, Byrne C, Twist C. Muscle function after exercise-induced muscle damage: Considerations for athletic performance in children and adults. JESF 2003;1:85-96. [ Links ]

    45. Fonseca CER. Atividade da creatina quinase e lactato desidrogenase e o nível de citocinas no plasma de atletas de elite após 4-5 dias de duração em uma corrida de aventura (444 km). São Paulo: Universidade Cruzeiro do Sul, 2008. 74 p. Dissertação (Mestrado) - Programa de Pós-Graduação em Educação Física, São Paulo, 2008. [ Links ]

    46. Rogero MM, Mendes RR, Tirapegui J. Aspectos Neuroendócrinos e Nutricionais em Atletas Com Overtraining. Arq. bras. endocrinol. metabol. 2005;49:359-68. [ Links ]

    47. Koikawa N, Nakamura A, Ngaoka I, Aoki K, Sawaki K, Suzuki Y. Delayed-onset muscle injury and its modification by wheat gluten hydrolysate. Appl. Nutr. Invest. 2009;25:493-8. [ Links ]

    48. Garcia DR. Validação da termografia no diagnóstico de lesões por esforços repetitivos/distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho, 2004. Dissertação (Mestrado em Ciências do Movimento Humano), Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2004. [ Links ]

    49. Rosenblum J, Liebeskind M. Thermography and the legal field. In: Lee MHM, Cohen JM. Rehabilitation Medicine and Thermography. Wilsonville: 2008. [ Links ]