Primeiro registro da composição química de óleos essenciais de Piper bellidifolium, Piper durilignum, Piper acutilimbum e Piper consanguineum da Floresta Amazônica no Brasil

Carolina Alves de ARAUJO Claudio Augusto Gomes da CAMARA Marcilio Martins de MORAES Geraldo José Nascimento de VASCONCELOS Marta Regina Silva PEREIRA Charles Eugene ZARTMAN Sobre os autores

RESUMO

Piper bellidifolium, Piper durilignum, Piper acutilimbum e Piper consanguineum são arbustos que ocorrem na Amazônia e são morfologicamente similares. Com o intuito de analisar o perfil químico dos constituintes voláteis dessas espécies, óleos essenciais das folhas foram obtidos por hidrodestilação e analisados por cromatografia gasosa - detector por ionização de chama (CG-FID) e cromatografia gasosa acoplada a espectrometria de massa (CG-EM). A análise química permitiu identificar 95 compostos, representando 96.3 ± 0.6% do óleo de P. bellidifolium; 95.5 ± 0.71% de P. durilignum; 98.0 ± 1.0% de P. acutilimbum e 96.1 ± 2.1% de P. consanguineum. Apesar dos óleos das quatro espécies terem sesquiterpeno como classe química predominante, diferenças qualitativas e quantitativas em sua composição química foram observadas. Os principais componentes encontrados foram: (E)-nerolidol (20.3 ± 0.4%) em P. bellidifolium; germacreno D (11.1 ± 0.3%) em P. durilignum; e γ-eudesmol nos óleos de P. consanguineum (18.6 ± 0.5%) e P. acutilimbum (7.5 ± 0.4%). Apesar da similaridade morfológica entre as espécies, uma análise de componentes principais (PCA) dos dados de CG-EM claramente separou as quatro espécies quanto ao perfil químico do óleo essencial extríado de suas folhas.

Palavras-chave:
bioma Amazônia; Piper ssp; (E)-Nerolidol; Germacreno D; γ-Eudesmol

Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia Av. André Araujo, 2936 Aleixo, 69060-001 Manaus AM Brasil, Tel.: +55 92 3643-3030, Fax: +55 92 643-3223 - Manaus - AM - Brazil
E-mail: acta@inpa.gov.br