Observação da germinação de sementes de araçá-pêra (Psidium acutangillum D. C.) 1 1 — Financiado pelo Convênio POLAMAZÔNIA/INPA/CNPq.

Sidney Alberto do Nascimento Ferreira Sobre o autor

Resumo

Este ensaio tem por objetivo apresentar dados referentes ao. período de germinação de sementes de araçá-pêra (Psidium acutangulum D.C.) ao mesmo tempo em que compara a utilização de diferentes substratos: areia, terriço e serragem. O delineamento estatístico foi de experimento inteiramente casualizado com três repetições. Os parâmetros avaliados foram: início e estabilização da germinação; porcentagem fina! de germinação; índice de velocidade de germinação; e altura total das plântulas no final do experimento. Os resultados obtidos foram: o início e a estabilização da germinação ocorreram aos 30 e 100 dias, respectivamente, em todos substratos; a porcentagem final da germinação mostrou efeito significativo para tratamento com a média em terriço superior aos demais; índice de velocidade de germinação não mostrou efeito significativo para tratamento; e em altura total das plântulas, observou-se um efeito altamente significativo com a média em terriço superior aos demais tratamentos. Diante desses resultados, verificou-se que independente dos substratos utilizados o início e a estabilização da germinação de sementes de araçá-pêra ocorreram aos 30 e 100 dias, respectivamente, e que a utilização de terriço favorece a germinação e o desenvolvimento de plântulas dessa espécie.

Summary

This paper presents information about the germination of the seeds of araçá-pera (Psidium acutangulum D.C.), at the same time comparing the effect of different substrates: sand, loam and sawdust. The statistical design used was that for a completely randomized experiment, with three repetitions. The evaluated parameters were: germination iniciation and stabilization; final germination percentage; germination velocity index; and total plant height at the end of the experiment. The following results were obtained: iniciation and stabilization occured at 30 and 100 days, respectively, in all substrates; for final germination percentage there was a significant (5%) effect of treatment, with the loam average superior to the others; for germination velocity index there was no significant effect of treatment; and for total plant height there was a significant (1%) effect of treatment, with the loam average superior to the others. From these results one may conclude that germination iniciation and stabilization occurs at 30 and 100 days, respectively, independent of substrate and that loam favors the germination and development process in araçá-pera.

Texto disponível apenas em PDF

  • 1
    — Financiado pelo Convênio POLAMAZÔNIA/INPA/CNPq.

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    Jul-Sep 1982
Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia Av. André Araujo, 2936 Aleixo, 69060-001 Manaus AM Brasil, Tel.: +55 92 3643-3030, Fax: +55 92 643-3223 - Manaus - AM - Brazil
E-mail: acta@inpa.gov.br