Observação da germinação de sementes de araçá-pêra (Psidium acutangillum D. C.) 1 1 — Financiado pelo Convênio POLAMAZÔNIA/INPA/CNPq.

Sidney Alberto do Nascimento Ferreira Sobre o autor

Resumo

Este ensaio tem por objetivo apresentar dados referentes ao. período de germinação de sementes de araçá-pêra (Psidium acutangulum D.C.) ao mesmo tempo em que compara a utilização de diferentes substratos: areia, terriço e serragem. O delineamento estatístico foi de experimento inteiramente casualizado com três repetições. Os parâmetros avaliados foram: início e estabilização da germinação; porcentagem fina! de germinação; índice de velocidade de germinação; e altura total das plântulas no final do experimento. Os resultados obtidos foram: o início e a estabilização da germinação ocorreram aos 30 e 100 dias, respectivamente, em todos substratos; a porcentagem final da germinação mostrou efeito significativo para tratamento com a média em terriço superior aos demais; índice de velocidade de germinação não mostrou efeito significativo para tratamento; e em altura total das plântulas, observou-se um efeito altamente significativo com a média em terriço superior aos demais tratamentos. Diante desses resultados, verificou-se que independente dos substratos utilizados o início e a estabilização da germinação de sementes de araçá-pêra ocorreram aos 30 e 100 dias, respectivamente, e que a utilização de terriço favorece a germinação e o desenvolvimento de plântulas dessa espécie.

Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia Av. André Araujo, 2936 Aleixo, 69060-001 Manaus AM Brasil, Tel.: +55 92 3643-3030, Fax: +55 92 643-3223 - Manaus - AM - Brazil
E-mail: acta@inpa.gov.br