Daldinia eschscholzii (Ascomycota, Xylariaceae) isolado na Amazônia brasileira: características taxonômicas e condições de crescimento micelial

A Amazônia apresenta alta diversidade de fungos, incluindo Daldinia (Ascomycota, Xylariaceae), cujas espécies produzem metabólitos secundários com reconhecida atividade antimicrobiana e nematicida. O papel ecológico é importante, visto que estromas servem de abrigo para muitos insetos e artrópodes, além de contribuir na degradação da matéria orgânica vegetal. O objetivo desse estudo foi analizar as características taxonômicas e as condições do crescimento micelial in vitro de um espécime de Daldinia coletado na Amazônia brasileira. Estudos morfológicos e moleculares do fungo o indetificaram como D. eschscholtzii. Para avaliação do crescimento micelial o fungo foi cultivado nas temperaturas de 20, 25, 30, 35 e 40 °C e nos meios de cultura extrato de malte-peptona ágar (EMPA), extrato de malte-peptona (EMP), batata dextrose (BD) e meio mínimo (MM). O melhor crescimento micelial ocorreu a 35 °C, entretanto, a maior quantidade de biomassa foi obtida a 25 e 30 °C. O meio BD provou ser o melhor meio para produção de biomassa.

Daldinia eschscholzii; diversidade fúngica; macrofungos; ocorrência


Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia Av. André Araujo, 2936 Aleixo, 69060-001 Manaus AM Brasil, Tel.: +55 92 3643-3030, Fax: +55 92 643-3223 - Manaus - AM - Brazil
E-mail: acta@inpa.gov.br