Novos relatos de casos de leishmaniose cutânea por Leishmania (Viannia) naiffi na região amazônica, Brasil

Luanda de Paula FIGUEIRA Fabiane Veloso SOARES Roberto Daibes NAIFF JÚNIOR Alana Cristina VINHOTE-SILVA Susi Simas da SILVA Thaís Tibery ESPIR Maricleide de Farias NAIFF Luis Henrique Monteiro GOMES Flávia Regina Almeida Campos Naief MOREIRA Antonia Maria Ramos FRANCO Sobre os autores

RESUMO

Poucos casos de leishmaniose cutânea humana (LC) causada por Leishmania naiffi foram descritos na literatura médica. Assim, o objetivo deste estudo foi relatar e analisar novos casos de infecção por L. naiffi no período compreendido entre os anos de 1992 a 2011. As cepas foram caracterizadas por análise de isoenzimas. Todos os pacientes atendidos apresentavam lesões pequenas; variando entre 1,0x1,0 mm e 13,5x11,5 mm. As lesões observadas foram amplamente distribuídas: 55,5% no membro inferior, 5,5% na área abdominal, 16,6% no membro superior e 22,2% no membro superior e para trás. Setenta e dois por cento dos pacientes tiveram lesões ulceradas. O curso clínico da doença variou de 1 a 10 meses. De acordo com o sexo, a maioria dos indivíduos infectados eram homens (83,3%). Os pacientes vieram de Amazonas (10), Pará (01) e Rondônia (01), estados do norte do Brasil. Cinco pacientes foram infectados em estações experimentais do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA). Embora os resultados encontrados neste estudo fossem semelhantes às outras descrições na literatura, alguns dos pacientes apresentavam mais de uma lesão cutânea. Também é relatado o primeiro caso de LC causada por L. naiffi no Estado de Rondônia e identificada uma área de transmissão da doença na estação experimental do INPA.

PALAVRAS-CHAVE:
Leishmaniose Tegumentar Americana; Leishmania naiffi; Caracterização; Estação experimental; Lutzomyia

Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia Av. André Araujo, 2936 Aleixo, 69060-001 Manaus AM Brasil, Tel.: +55 92 3643-3030, Fax: +55 92 643-3223 - Manaus - AM - Brazil
E-mail: acta@inpa.gov.br