Composição química e percentual de adequação da dieta dos servidores do instituto nacional de pesquisas da Amazônia, Manaus, AM, Brasil

Chemical composition and adequacy percentile of the servers feeding of the national Institute of Amazonia research, Manaus, AM., Brazil

Dionisia NAGAHAMA Lúcia K. O. YUYAMA Jaime P. L. AGUIAR Sonja Η. M. MACEDO Lina YONEKURA Fernando H. ALENCAR Deborah I. T. FÁVARO Claudia AFONSO Marina B. A. VASCONCELOS Sobre os autores

Resumos

Foi avaliada a composição química e percentual de adequação das dietas coletadas por meio da porção em duplicata de 36 servidores do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA). De acordo com os resultados obtidos, verificou-se uma diversificação de alimentos frequentemente consumidos, dentre eles: açúcar (91,7%), arroz (80,6%), café (77,8%), leite (72,3%), carne bovina e pão (63,9%), farinha de mandioca (58,4%), batata inglesa (55,6%), feijão (50,04%), aves (38,9%), banana, cenoura e embutidos (33,4%), ovo, refrigerantes e tomate (30,6%). Considerando as recomendações nutricionais para a faixa etária de 25 a 50 anos, as adequações calóricas foram 40% e 52,7% para homens e mulheres respectivamente, protéica 76,4% (homens) e 96,3% (mulheres). Os minerais Ca, Mg e Zn (homens) apresentaram adequação inferior a 50%, enquanto que o Fe apresentou adequação de 89,1% (homens) e 59.4% (mulheres). Os minerais Na, Cu, Cl, Cr e I apresentaram valores acima do recomendado em ambos os sexos. Apesar da grande variedade de alimentos ingeridos por esta população, verificou-se valores limitantes para a maioria dos nutrientes, independentemente do sexo. Mesmo pertencendo a um nível sócio-cultural mais privilegiado, fica patente a importância da orientação alimentar a esse grupo populacional, pois é um dos pontos principais no que concerne as condições de saúde e nutrição da população.

dieta; adulto; composição química; avaliação nutricional


The chemical composition of the duplicate food collections obtained from 36 servers of the National Institute of Researches of Amazônia (INPA) was evaluated and as percentage of recommended intake. The most frequently food consumed they were: sugar (91.7%), rice (80.6%), coffee (77.8%), milk (72.3%), bovine meat and bread (63.9%), cassava flour (58.4%), potato (55.6%), bean (50.0%), birds (38.9%), banana, carrot and sausages (33.4%), egg, sodas and tomato (30.6%). The results obtained showed the caloric deficiency of 40% and 52,7% respectively for adult men and adult women (25 to 50 years), protein of 76,4% (men) and 96,3% (women). The minerals Ca, Mg and Zn (men) were deficient whit an adequacy of about 50%. When compared with the recommended intakes, Fe was deficient for the adult women (59.4%). The minerals Na, Cu, Cl, Cr and I values were very high. Although of the great variety of foods ingested by this population, it was verified values are near the lowest limited set by RDA for most of the nutrients. Same belonging at a more privileged socio-economic living conditions, it is patent the importance of the alimentary orientation to that population group, because it is one of the main points in what it concerns the conditions of health and nutrition of the population.

diet; adult; chemical composition; nutritional assessment


Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    Jun 2002
Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia Av. André Araujo, 2936 Aleixo, 69060-001 Manaus AM Brasil, Tel.: +55 92 3643-3030, Fax: +55 92 643-3223 - Manaus - AM - Brazil
E-mail: acta@inpa.gov.br