Correlações fenotípicas, genéticas e ambientais entre descritores Morfológicos e Químicos em frutos de Cubiu (Solanum sessiliflorum Dunal) da Amazônia1

Phenotypic, genetic and environmental correlations between Morphological and chemical descriptors in fruits of Cubiu (Solanum sessiliflorum Dunal) in Amazonia

Resumos

O cubiu (Solanum sessiliflorum Dunal) é uma hortaliça da Amazônia, domesticada pelos índios, que pode produzir até 100 t/ha de frutos ricos em sais minerais e vitaminas. Os frutos são utilizados pelas populações tradicionais da região nas formas de sucos, sorvetes, doces e molhos para carnes bovina, de frango e de peixes. Treze caracteres morfológicos e químicos dos frutos de 24 etnovariedades da Amazônia brasileira, peruana e colombiana foram utilizadas para estimar os coeficientes de correlações fenotípica (rf), genética (rg) e de ambiente (ra) entre pares de caracteres. Na maioria dos casos, as correlações genéticas apresentaram valores superiores aos das fenotípicas e de ambientes, indicando que o ambiente teve pouca influência. Entre os caracteres morfológicos, as dimensões dos frutos são estreitamente relacionadas com o teor de umidade. Não foram observadas correlações entre caracteres morfológicos e químicos que pudessem ser úteis ao melhoramento do cubiu. Entre os caracteres químicos, as correlações entre brix e acidez e açúcares redutores e açúcares totais foram altas e positivas (rg = 0,62 e rg = 0,83), respectivamente. Entre vários caracteres químicos será difícil praticar seleção simultânea sem perda de genótipos.

Solanaceae; hortaliça amazônica; etnovariedades; genótipos; melhoramento genético


The cubiu (Solanum sessiliflorum Dunal) is a fruiting shrub domesticated by indians in Amazonia, and produces 40 to 100 t/ha of fruit rich in minerals and vitamins. The fruits are traditionally used for juices, ice-creams, sweets and in sauces for meat, chicken and fish. Thirteen chemical and morphological characters of 24 etnovarieties of cubiu from Brazilian, Peruvian and Colombian Amazonia were used to estimate the coefficients of phenotypic (r), genetic (rg) and environmental (rc) correlation between pairs of characters. In most cases, the genetic correlations were higher than the phenotypic and environmental correlations, indicating that the environment had less influence. Among the morphological characters, fruit dimensions were closely correlated with moisture. There were no correlations between morphological and chemical characters that could be useful in cubiu improvement. Among the chemical characters, the correlations between brix and acidity and reducing sugars and total sugars were high and positive (r = 0,62 and rg = 0,83, respectively). Thus, it will be difficult to simultaneously select for these without losing genotypes.

Orinoco apple; Solanaceae; Amazonian fruit; ethnovarieties; genotypes; genetic improvement


Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    Dez 1999
Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia Av. André Araujo, 2936 Aleixo, 69060-001 Manaus AM Brasil, Tel.: +55 92 3643-3030, Fax: +55 92 643-3223 - Manaus - AM - Brazil
E-mail: acta@inpa.gov.br