PATOLOGIA DE PEIXES DA AMAZÔNIA BRASILEIRA, ALTERAÇÕES HISTOLÓGICAS EM BRÂNQUIAS PROVOCADAS POR ERGASILUS, BRASERGASILUS E ACUSICOLA (CRUSTÁCEA: CYCLOPOIDA: ERGASILIDAE)

Vernon E. Thatcher Walter A. Boeger Sobre os autores

Resumo

É descrita a patologia de Ergasilus, Brasergasilus e Acusicola (Crustacea: Cyclopoida: Ergasilidae) em peixes amazônicos. Esses ergasilídeos provocam hiperplasia e metaplasia epitelial e também fusão e destruição lemelar nos filamentos branquiais dos seus respectivos hospedeiros. O dano causado por Ergasilus varia consideravelmente, dependendo da espécie. Os outros dois gêneros são mais patogênicos ainda. As variações na patologia entre os três gêneros são principalmente relacionadas às diferentes maneiras de fixação que utilizam. Ergasilus tende a enlaçar o filamento branquial, mas pode também furar os tecidos com a garra da antena (quarto segmento antenal). Brasergasilus introduz completamente a garra dentro dos tecidos branquiais, enquanto Acusicola enlaça o filamento, utilizando as garras para juntar firmemente as duas antenas. Devido ao impedimento na circulação do sangue causado pelas antenas deste gênero, ocorre inevitavelmente necrose na extremidade do filamento infestado. Em relação à piscicultura, os ergasilídeos provavelmente se mostrarão como um problema ainda maior na Amazônia do que já são na Europa e na América do Norte. Todos estes ergasilídeos tendem a reduzir a capacidade respiratória do peixe o que pode, a sua vez, limitar a taxa de crescimento, além de provocar a morte por asfixia durante momentos de carência de oxigênio.

SUMMARY

The pathology of Ergasilus, Brasergasilus and Acusicola (Crustacea: Cyclopoida: Ergasilidae) on Amazonian fishes is described. These ergasilids cause epithelial hyperplasia and metaplasia, as well as lamellar fusion and destruction in the gill filaments of their hosts. The damage caused by Ergasilus is found to vary considerably, depending on the species, and the other two genera are shown to be even more pathogenic. The variations in the pathology among the three genera are largely the result of different attachment strategies. Ergasilus tends to embrace the gill filament, but may also perforate the tissue with its antennal claw (4th antennal segment). Brasergasilus completely inserts the antennal claw into the gill tissue while Acusicola embraces the filament and uses the claws to latch the antennae together. Because of the tourniquet effect of the antennae of this genus, necrosis in the tip of the invaded filament inevitably occurs. In relation to piscicultura, ergasilids will likely prove to be even more of a problem in the Amazon than they have already been shown to be in Europe and North America. All of these ergasilids reduce the respiratory capacity of the fish which, in turn, can lower the growth rate and provoke death from asphixiation in moments of oxygen scarcity.

Texto completo disponível apenas em PDF.

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    Abr 1983
Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia Av. André Araujo, 2936 Aleixo, 69060-001 Manaus AM Brasil, Tel.: +55 92 3643-3030, Fax: +55 92 643-3223 - Manaus - AM - Brazil
E-mail: acta@inpa.gov.br