SUSCEPTIBILIDADE DE Anopheles triannulatus (NEIVA & PINTO, 1922) E ESPÉCIES NÃO ALVO A LARVICIDAS À BASE DE TEMEPHOS E DE Bacillus thuringiensia H-14

Resumos

O presente trabalho foi desenvolvido em uma área com ríeco de malária do Projeto Carajás (Carajás, PA). Foi avaliado um larvicida químico amplamente utilizado, o temephos, e um formulado a base da bactéria Bacillus thuringiensis H-14 (Bti), isoladamente ou em conjunto, contra larvae de Anopheles triannulatus; vetor da malária. A susceptibilidade foi expressa em termos do TL50 e da mortandade final. A mistura dos dois larvicidas mostrou sinergismo temporal, larvas de Culex rorotaensis e notonectideos também tiveram sua susceptibilidade avaliada respectivamente ao Bti e ao temephos. Discute-se a relevância dos resultados no manejo integrado de A. triannulatus.


The present work was conducted in a malaria risk area of the Carajás Project (Carajás, PA). Temephos, a widely weed chemical larvicide, as well as a Bacillus thuringiensis H-14 (Bti) based product were evaluated alone or in combination against the malaria vector Anopheles triannulatus. Larval susceptibility was evaluated in terme of LT50and final mortality. The mixture of the two larvicides showed temporal synergism. The susceptibility of Culex rorotaensis larvae and notonectlds was also evaluated to Bti and Temephos respectively. The relevance of the present results is discussed in view of the integrated management of A. triannulatus.


Texto disponível apenas em PDF

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    Oct-Dec 1992
Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia Av. André Araujo, 2936 Aleixo, 69060-001 Manaus AM Brasil, Tel.: +55 92 3643-3030, Fax: +55 92 643-3223 - Manaus - AM - Brazil
E-mail: acta@inpa.gov.br